Nada melhor do que começar 2017 com chave de ouro escutando música. Isso mesmo! Música é vida, é arte e sempre deixa a gente melhor, e raramente enjoa. No ano de 2016, eu acabei ficando meio viciada em diversos gêneros e como sou bastante eclética, eu ouvi de tudo. Então, para começar o ano de 2017 lá em cima, irei indicar cinco musiquinhas que descobri no finalzinho do ano passado e que simplesmente viciei. Provavelmente vocês já devem ter ouvido alguma, e se sim, comente sobre ela aqui no blog.

Cherry Wine é cantada por Horzier, um cantor que fez muito sucesso com sua música Take me to Church em 2015/2016. Essa música descobri após ouvir a playlist da Cami, do blog Te conto Poesia ❤. Como eu gosto de músicas mais calmas e essa tem um significo especial, grudei nela e virou uma das minhas queridinhas.

Não sou daquelas de repente viram fã de um cantor só por causa de uma música, mas antes mesmo do Tiago Iorc ser bastante conhecido, eu já ouvia uma música dele aqui e acolá, e eu simplesmente amei essa música de tanto minhas irmãs escutarem do meu lado rsrs.

King é uma música cantada pela Lauren Aquilina. Acabei a escutando por acaso em uma AMV de um filme muito lindo e fofo, e claro, a música também é maravilhosa!

Sabe o que é viciar tanto em uma música ao ponto de ficar escutando ela todo santo dia? Pois é. Escutando algumas coisas no Youtube, A Noite, da cantora Tiê acabou passando e eu simplesmente não pude resistir as forças das palavras e a tranquilidade que a música me trouxe.

Somewhere only we know é outra música que eu simplesmente não conseguia parar de ouvir. Depois de ouvi-la tanto em comerciais e escutá-la no The Voice Brasil, resolvi procurar a música no Youtube (e olha que levou tempo). Depois disso, foi só risos e aplausos, sem contar que o clipe dela é muito fofo.
Estas foram as minhas escolhas para você começar o ano com chave de ouro. Não sei bem se percebeu mas esta minha play contém somente músicas mais calmas, porque é uma preferência minha. Espero que goste!
Posts criados 1379

35 comentários em “5 músicas para começar bem 2017!

  1. Oi Miriã, tudo bem?

    Eu amo ouvir música, é onde saio do meu mundo e entro em outro completamente particular. Amo essa música do Tiago, na verdade amo todas dele haha
    A música da Tiê também é maravilhosa, mexe muito comigo. As outras não conhecia, mas adorei!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

  2. Helloo, Miriã! Tudo numa nice?!
    Ah, estamos na mesma vibe. Eu amo músicas mais calmas e indie é o meu estilo favorito – depois vem o rock, é claro. As músicas que escrevo geralmente são indie alternativo mesmo ahaah, um pouco de folk no violão e um pianinho às vezes – mais lindo instrumento ever. Eu conheço só Take me to Church do Hozier e essa música nova que apresentou eu gostei bastante. *-* A versão de Somewhere Only We Know que mais gosto é cantada pelo MAX e a Elizabeth Gillies, essa versão me parece um pouco cortada as partes dos versos que gosto e não curto muito – acredito que porque me acostumei com uma versão por muitos anos e é a minha preferida ever -, mas a música é realmente boa. Gostei dessa música King. Vou salvar para ficar ouvindo depois. *-*
    Beijin…
    Pieces of Alana Gabriela

  3. Oi, Mi. Obrigada! Eu tento ouvir de tudo, não sou fissurada em um cantor só, mas sempre estou dando oportunidades a vários, então acabo gostando de cada música que na minha cabeça é maravilhosa rsrs

  4. Oie, tudo bom?
    Amei a seleção de músicas, estou nesta vibe ultimamente também. Não conhecia a primeira música do post, mas adorei. Adorei as músicas do Tiago no ano passado, principalmente a que ele canta com a Sandy, a música da Tiê é só amores não é?

    PS. Amei o blog, layout lindo! E você também está cursando administração? Bate aqui o/ (Se Deus quiser, e o governo deixar eu me formo este ano).

    Bjux 😉
    http://entrelinhasalways.blogspot.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

O que esperar da 3ª temporada de Sex Education 5 motivos para você ler O Inverno entre Nós A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro