O príncipe leopardo – Elizabeth Hoyt | Resenha

 A única coisa que uma dama jamais deve fazer…
Lady Georgina Maitland não quer um marido, embora ela pudesse ter um bom administrador para cuidar de suas propriedades. Ao pôr os olhos em Harry Pye, Georgina percebeu que não estava lidando apenas com um criado, mas com um homem.
É se apaixonar…
Harry conheceu muitos aristocratas — incluindo um nobre que é seu inimigo mortal. Mas nunca conheceu uma dama tão independente, desinibida e ansiosa para estar em seus braços.
Por um criado.
Ainda assim, é impossível ter um relacionamento discreto quando ovelhas envenenadas, aldeões assassinados e um magistrado furioso tumultuam o condado. Os habitantes culpam Harry por tudo. Enquanto tenta sobreviver em meio à desconfiança e manter o pescoço de Harry longe da forca Georgina não quer perder outra noite de amor.

Romance | 350 páginas | Editora Record

O segundo livro da Trilogia dos Príncipes irá nos apresentar a história de Harry Pye, um administrador de terras e lady Georgina Maitlaid, a filha de um conde. Georgina é a dona de uma propriedade em Yorkshire desde que herdou a herança de uma tia, e lá ela conhece Harry Pye, um homem reservado mas que ao mesmo tempo parece ser encantador.
Há boatos rondando a pequena cidade, existe alguém que está envenenando as ovelhas do fazendeiro vizinho a Georgina, lorde Silas Granville, e tudo aponta para Harry, já que ele e Silas são inimigos desde muito tempo. Mas Georgina acredita piamente na inocência de seu criado e por isso, resolve ir com ele em busca do verdadeiro culpado, o que fará com que ela acabe se envolvendo cada vez mais na vida desse homem.
Minha autoria
Esse convívio irá resultar em uma avassaladora paixão. Mas é óbvio que uma lady, filha de condes, jamais poderia se casar com um simples administrador, e assim, os dois se vem presos ao ditames da sociedade, mas desejando um ao outro.

Eu gostei muito desse livro porque diferente do primeiro, me conectei melhor aos personagens. A narrativa também está maravilhosa, é ágil e mil coisas acontecem ao mesmo tempo, com vários pontos de vista diferentes para enriquecer o leitor durante a leitura. Georgina é uma personagem muito bem construída, adorei sua personalidade amistosa, suas conversas descaradas, foi muito divertido seus diálogos, ao mesmo tempo que amei Harry Pye. Tenho uma quedinha por personagens taciturnos e Harry não se livrou de ser assim. Há algo que ele esconde em seu passado, que acabou moldando sua vida, mas é através de Georgina que também vemos ele mudar de outra forma, se abrindo para o amor.
Minha autoria
Minha autoria
O livro tem de tudo, sério minha gente. Tem ação, mistério, é tiro, porrada e bomba pra todo lado, além de ter algumas revelações bem interessantes ao longo da narrativa. Há vários personagens que merecem destaque, mas gostei mesmo foi da Tiggle, a criada pessoal de lady Georgina, que sempre ajuda a dama com seus comentários mordazes e engraçados a respeito dos homens. Bennett Granville, que tem muito mais participação na história do que a princípio mostraria e Will, um garotinho que aparece para aquecer nosso coração e dar um pouco de leveza as páginas.
Também amei os três irmãos mais velho de Lady Georgina, até mesmo imaginei uma história para cada um deles, e bem que a autora poderia trabalhar isso pra gente né? Somente Violet, a irmã caçula de Georgina, que acabou me tirando do sério algumas vezes, mas fora isso, até que simpatizei com ela no final.

O Príncipe Leopardo se mostrou uma leitura super gostosa, foi impossível desgrudar do livro até ter finalizado suas páginas. Fiquei agora mais do que animada para ler o último da série, e conhecer melhor os outros personagens. 
Minha autoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 thoughts on “O príncipe leopardo – Elizabeth Hoyt | Resenha

@blogcapitulotreze

Livros baseados na história de Cinderela Por quê você precisa assinar o Amazon Prime? 8 motivos para assinar o Kindle Unlimited Todas as edições de Harry Potter publicadas no Brasil Como economizar na hora de comprar livros?