Adolescente é uma coisa difícil de lidar, ainda mais quando eles tem algum problema dentro de casa, como pais negligentes ou uma família desestruturada. Tudo isso ajuda na hora de se rebelar, aquela fase horrível onde os adolescentes fazem tudo de errado e resolvem testar nossa paciência, mas eu confesso que tenho uma quedinha por esse lado mal deles e geralmente eles acabam me encantando de alguma forma. Abaixo vou trazer uma lista de cinco personagens rebeldes que já vi na literatura que mais me chamaram atenção.

Declan Murphy – Aos perdidos com amor, da Brigid Kemmerer

Declan é o típico garoto rebelde que todos desconfiam que vai fazer algo ilegal e que possivelmente já foi preso várias vezes, e não é isso mesmo que acontece? Ele está cumprindo pena prestando serviços comunitários no cemitério da cidade. Nem mesmo sua mãe confia nele, muito menos o marido dela, que por sinal é um dos que mais fazem a vida de Declan se tornar difícil. Com um pai preso, a vida do garoto no ensino médio não é nada fácil, até porque a fama que ele tem não é nada boa. Mas apesar disso, Declan é uma pessoa extremamente fiel a seus amigos, que sabe ouvir eles quando precisa e que não exita em protegê-los.

Reed Royal – Princesa de Papel, da Erin Watt

Essa série é muito conhecida aqui e não é a toa que os cinco filhos da família Royal roubam as cenas da trama. Reed é o líder deles, apesar de não ser o mais velho, e também um dos mais rebeldes. Tudo o que ele faz é para ir de contra ao que o pai, Callum, dita, já que ele o culpa pela morte da mãe. Ele se envolve com a namorada do pai, é um escroto com as garotas e muito mais com Ella, a nova tutelada de Callum que vai morar com eles. No início é difícil gostar do personagem porque ele consegue ser a perfeita definição de babaca, mas a medida que ele vai se apaixonando por Ella, vemos Reed mudar e tornar-se uma pessoa melhor, mesmo que não tanto.

Pietro Martelli – Romance em San Marino, da Lídia Rayanne

Pietro não é tão rebelde como todos os outros acima mas tem essa característica marcante em sua personalidade, o que faz com que ele constantemente se meta em problemas já que sempre deixa seu temperamento um pouco difícil falar mais alto. Além dos diversos sermões que sua melhor amiga Ângela dá ao garoto, é quando ele começa a trabalhar como criado de uma importante senhora que ele começa a moldar sua personalidade, e também através de seu súbito interesse pela prima de Ângela, Nelita, que com certeza vai capturar o coração desse moço.

Logan Silverstone – A chama dentro de nós, da Brittainy C. Cherry

Logan é um cara complicado, mais ainda devido ao fato de morar com uma mãe viciada em drogas e o pai ser o próprio traficante dela, além de bater nela quando esta lhe deve dinheiro. Tenso né? Se não bastasse isso, Logan também se envolve com drogas e o vício dele é muito difícil de lidar, mas ainda quando se descobre apaixonado por Alyssa Walters, uma garota completamente diferente deles. Mas até pra ficar com Alyssa, Logan precisa lidar com seus próprios problemas em casa e com o passar dos anos o personagem vai tentando deixar os vícios e tentando sair da casa desestruturada onde fora criado. Não é nada fácil mas vemos a força e a garra que ele tem ao longo das páginas.

Matteo Vitiello – Bound by Hatred, da Cora Reilly

Matteo tem mais uma personalidade muito forte e machista do que puramente rebelde, mas tudo isso se deve o fato dele ter nascido no mundo da máfia, e ser um dos braços direitos do capo, o que convenhamos, induz muito o personagem a ser como é. Ele está diposto a se casar com Gianna desde que colocou os olhos nela, mas a garota não vai deixar ser dominada tão facilmente e por isso Matteo passará muitas situações a procura dela, que por fim resolveu fugir. Eu amei o Matteo porque ele tem uma brutalidade crua e nua, tem um jeitinho rebelde e divertido, com um sarcasmo maravilhoso, mas quando se deixa mostrar, ele tem um coração bom, mesmo que no exterior ele não aparente nada disso, o que de alguma forma me fez gostar mais ainda dele.

E quais são os personagens rebeldes que vocês mais gostam?

Posts criados 1379

14 comentários em “Os personagens mais rebeldes da literatura

  1. Oi Mika,
    Adorei sua lista e ando numa fase que a maioria desses personagens andam me irritando, daí nem emendo muitas leituras assim pra não odiar de modo gratuito. Eu estou louca pra ler esse primeiro, vejo pessoal no Skoob comentando e avaliando super bem. E espero esse ano, finalmente ler algo da Brittainy!

    bjs
    Nana – Canto Cultzíneo

  2. Oi, Nana
    Pra ler livros jovem adulto precisa ter paciência e realmente gostar porque eles irritam mesmo.
    Aos perdidos com amor é um livro lindo, eu adorei ele!
    Todos os da Brittainy também são maravilhosos, super indico.

  3. Olá, Miriã.
    Estou numa fase que não suporto esse tipo de personagem. Até quando ele é bem construído ainda vai. Mas geralmente os que vejo não são assim. Da sua lista não conheço nenhum porque não li nenhum dos livros.

    Prefácio

  4. Ah, meu Deus! Como assim só estou vendo esse post agora? hahahah Amei a menção ao Pietro, que realmente tem um jeito rebelde de ser, mas vai amadurecendo no decorrer da narrativa.
    Não li nenhum dos outros livros, mas vejo muita gente elogiando Princesa de Papel e os livros da Brittainy e fico curiosa para ler.
    Bjs e obrigada pela lembrança :*

Deixe uma resposta para Miriã Mikaely Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

8 livros para ler no Halloween 6 livros para ler durante a infância Conhecendo termos literários Como limpar seus livros e a sua estante? 5 formas de ler e-books