Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer – nos negócios e em tudo mais.No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda.Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão.Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade.Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma Noiva Para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.

Romance de época | 336 páginas | Editora Arqueiro 

Lady Helen Ravenel, a filha mais velha e a mais quieta das irmãs e Rhys Winterborne, o famoso proprietário da maior loja de departamentos do mundo tiveram um breve noivado no primeiro livro Um sedutor sem coração. Mas após ter assustado Helen com um beijo que rendeu muitas lágrimas e um mal entendido, Kathleen, sua cunhada, foi até a loja de Winterborne para desfazer o arranjo.
O problema é que Helen nunca quis isso, na verdade ela está disposta a resolver toda a situação indo desacompanhada conversar com Rhys. Após uma discussão, os dois entram em um acordo: ele casará com ela, mas em troca ela precisa lhe dar sua virtude, pois é o único jeito de Devon, primo de Helen, aceitar o casamento já que Rhys ofendeu Kathleen quando esta foi vê-lo antes.
Após terem feito amor, eles contam a notícia a família e é claro que Devon não aceita muito bem, mesmo assim, resolvem marcar a data do casamento para dali cinco meses. Enquanto isso, a família Ravenel volta ao Priorado Eversby e a distância entre Helen e Winterborne é longa demais para eles suportarem. Mesmo assim eles conseguem seguir as semanas contando os dias para estarem juntos. O problema é que Helen tem um segredo, este qual pode colocar todo seu noivado com Rhys a perder. Será que a melhor escolha seria contar logo ou fingir demência quando ele vier descobrir? Enquanto mais tempo ela demora para decidir, mais perto fica Rhys de descobrir tudo, e talvez já seja tarde demais.

Desde que terminei Um sedutor sem coração eu estava louca para ler a história de Rhys e Helen, isso porque o envolvimento deles começa nesse primeiro volume, então aconselho vocês a lerem a série na ordem. Helen desde o princípio se mostra uma garota dócil, um pouco retraída demais mas com uma alma bondosa. Em Uma noiva para Winterborne iremos conhecê-la melhor e a protagonista não somente mostrará o quanto tem potencial, mas o quanto é forte e ousada em alguns momentos. Ela é uma fofa e tem cenas que fica toda saliente quanto o assunto é Rhys, e o melhor de tudo é que a autora não deixou essa personalidade dócil deixar a personagem chata e sem graça, muito pelo contrário, a cada virar de página descobrirmos mais uma faceta de Helen que a deixa encantadora.
Rhys Winterborne é implacável. O fato dele ser um magnata diz muito sobre sua personalidade. Sendo galês, ele é bruto e rude mas consegue demonstrar uma gentileza impressionante quando está com Helen. Ele é todo amor e carinho com ela, o que o torna um espécime de homem maravilhoso. Mesmo parecendo ser arrogante ou impetuoso em alguns momentos, vemos que na verdade ele não é assim e são essas partes dele que me deixaram babando pelo personagem. Se eu tinha adorado Devon antes, eu com toda certeza amei o Rhys.

– Estamos ligados um ao outro – sussurrou ele. – Pelo tempo que o mundo existir. Lembra-se?

Os dois são muito fofos juntos. Eles são aquele tipo de casal recém-casado que quer ficar 24h sozinhos, saindo escondidos para namorar. É engraçado e muito cativante, porque os interlúdios entre os dois é regado a muita paixão e devoção entre ambas as partes. Impossível não shippar.
Confesso que não esperava muito do enredo porque a sinopse pouco fala sobre a trama, mas fiquei feliz com os acontecimentos que a autora resolveu dar a obra. E o segredo de Helen não é tão terrível assim, eu já suspeitava o que era, mas é algo que dá gás a história e dita os rumos que ela terá.
Pandora e Cassandra aparecem muito nesse livro porque irão começar a ir aos bailes para debutar, e já prevejo muitas risadas com essas duas. Aliás, a escrita da Keyplas continua incrível, eu já estou ansiosa pelos demais livros e olha que ela nem terminou de escrever toda a série! 
A autora abordou também as diferenças das classes sociais e o quanto os laços de sangue são importantes para a aristocracia, definem quem você é o que você será no futuro. Também conheceremos a Dra. Garret Gibson, a primeira médica mulher de toda Londres, protagonista do quarto livro da série. Imagina só as loucuras que a Keyplas vai preparar para a gente!

– Torço para que a aristocracia seja digna dele – respondeu Helen com determinação.

Uma noiva para Winterbone foi uma leitura muito gratificante. Eu fiquei completamente apaixonada pelos acontecimentos finais da obra, até chorei e muito com alguns diálogos e cenas, com toda certeza a autora não economizou no drama, e eu simplesmente amei. A série Os Ravenels ainda vai dar muito o que falar pela blogosfera e eu indico a trama para quem adora romances de época assim como eu.{só não gostei dessa capa, poderia ter sido melhorzinha, né?}
Posts criados 1379

22 comentários em “Uma noiva para Winterborne – Lisa Keyplas | Resenha

  1. Oi, Mika!
    Minha tia está com o primeiro livro dessa série. Estou esperando ela ler para poder pegar emprestado hahaha Apesar de fazer um bom tempo que não leio esse gênero, estou bem animada para essa série. Ainda mais com suas resenhas tão animadas haha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

  2. Oi Miriã, sua linda, tudo bem?
    Estou louca para ler essa nova série. Eu não sei como é o primeiro livro, mas acho que vou gostar mais desse, pelo enredo, acho que esse casal tem muito química, adorei quando ela foi atrás dele para desfazer o mal entendido. E isso deles quererem estar juntos o tempo todo, fugirem para namorar, é tão romântico, ah….. Amei!!! Não vejo a hora de ler. Adorei sua resenha!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

  3. Oi Miriã
    sou suspeita para falar porque amo esta autora. Concordo com sua opinião e me apaixonei perdidamente pelo Rhys. Gosto quando ela transforma personagem que a princípio era vilão em um mocinho apaixonante. E o fato dela dar atenção aos personagens secundários também me encanta. Aguardando ansiosa o livro da Pandora.
    abraços
    Gisela
    http://www.lerparadivertir.com

  4. Não entendi muito bem o acordo sobre "a virtude", mas okay. Hahaha.
    Confesso que não gosto de séries de livros e romances de época, mas eu fiquei com muita vtd de ler esse livro, achei sua resenha um amorzinho, sem contar que eu quero muito saber do que se trata o segredo da Helen. Quanto à capa, concordo com você, não gostei. Achei essa capa bem filme de terror, ela podia ser muito mais romântica.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

  5. Oi, Leslie
    É que quando uma mulher perde a virgindade antes do casamento, ela precisa casar antes que se torne um escândalo, ou ela estará arruinada pela sociedade.
    Eu detestei a capa, mas ao menos as demais são mais bonitas ushaush

Deixe um comentário para Kaila Garcia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends Spoiler: 3º ato de Arcane Músicas com representatividade LGBTQ+ Bully Romance: o que é + indicações