Faith está desesperada desde que seu irmão decidiu casá-la com um lorde que ela sequer conhece. A jovem até poderia considerar a possibilidade, se não estivesse perdidamente apaixonada pelo amigo do irmão, um sentimento escondido há muito tempo. O problema é que o Capitão Tristan não está nemum pouco interessado em mulheres, ainda ferido, com cicatrizes na alma desde que sua esposa e filho morreram há alguns anos.A jovem lady, no entanto, ainda acredita que pode fazer o coração do capitão voltar a bater por amor. Ela só precisa provar isso a ele, mesmo que para tanto tenha que fugir no meio da noite até sua casa, implorando-lhe que a ajude a se livrar do casamento, ou, como último recurso, seduzindo-o.O amor do Capitão é um spin-off de O primeiro amor de um Duque e conta a história da irmã de Aaron, a graciosa Faith, em um conto tão doce e cheio de bom humor quanto a personagem.

Romance de época | 119 páginas | Editora Independente 

Depois do final feliz que Emeline e Aaron tiveram em O primeiro amor de um duque, agora é a vez da irmã do duque encontrar o seu. Faith sempre fora apaixonada pelo Capitão Tristan, o melhor amigo de seu irmão, mas o mesmo acabou se casando pouco tempo depois. Quando achava que não havia mais esperança para seu sentimentos, Tristan acabou ficando viúvo e passou a morar perto de sua casa.
Agora ele constantemente vai a sua casa pois virou administrador de seu irmão, e com o intuito de Aaron lhe casar com o marquês de Leeds, a garota acha que não tem outra alternativa a não ser se declarar para o homem que realmente ama. Só que quando Faith faz isso, o Capitão não somente a rejeita, como diz ser impossível um dia amá-la. Tristan ainda é atormentado pela morte da esposa e do filho natimorto, e por isso fez a promessa de nunca mais se envolver com mulher alguma. Mas Faith é teimosa, e um tanto quanto desesperada, e ela só vai desistir quando ele entender que ela pode fazê-lo feliz.
Um amor para o capitão é basicamente um conto, devido as poucas páginas, que acabou acalentando o coração dos leitores que ansiaram pela história de Faith, já que a mesma é introduzida no primeiro livro. Sabemos que ela é apaixonada por Tristan mas ansiamos saber como isso se dará e se ela enfim terá seu final feliz. E pelas circunstâncias eu achei que ele não viria, mas a autora conseguiu me surpreender e segurar as boas surpresas até o final. 
Faith é a epítome da boa moça, bem recatada e do lar, sendo tudo aquilo que um dia fora ensinada a ser. Só que agora o desejo da moça é se rebelar. Está indignada com o fato de seu irmão querer vê-la casada, principalmente com alguém que não ama, e por isso fará de tudo para impedir seu iminente casamento. Tristan é um homem amargurado. Sabemos que ele perdeu a esposa no mesmo dia que ela deu a luz a seu filho natimorto, e a visão de ambos jazendo sem vida é algo que o amedronta mesmo quatro anos após a tragédia. Faith precisa quebrar as barreiras do coração desse homem que decidiu que não quer dar outra chance ao amor, ao mesmo tempo que precisa se fazer notar por ele, já que o mesmo só a enxerga como a irmãzinha de seu irmão.
Um clichê completo mas muito bem feito! Eu adoro esse tipo de trama em livros contemporâneos, mas no romance de época foi algo especial. Fiquei completamente enfeitiçada e apaixonada por esta história. Mais uma vez indico essa autora que tem uma narrativa tão gostosa e tão envolvente, e disponível no KU.
Posts criados 1379

5 comentários em “Um amor para o capitão – Elissande Tenebrarh | Resenha

Deixe um comentário para Miriã Mikaely Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends Spoiler: 3º ato de Arcane Músicas com representatividade LGBTQ+ Bully Romance: o que é + indicações