Brooke Andreotti vive um inferno particular desde que seu pai falecera e deixara sua guarda e da irmã para Eric Carson, o diretor do colégio Elite Golden. Mas se ela acreditava que as coisas não poderiam piorar, ela estava bastante enganada. Assim que Drogo McAllister coloca os pés no colégio, Brooke sabe que sua vida tomará outro rumo.

Drogo quer vingança e está disposto a tudo para fazer Brooke sofrer. Mas ele tem uma carta na manga, e quando ele chega soltando a bomba de que é meio-irmão das Andreotti, é aí que o jogo dele começa a acontecer. Mas existem muitos lados dessa história e Brooke está cansada de apanhar sem revidar.

Diabolic Stepbrother é aquele tipo de livro que quando menos você sabe, mais você irá gostar. Por isso eu não quero me demorar muito no enredo, para que vocês possam ter uma experiência tão legal quanto a que eu tive.

Brooke Andreotti pode parecer somente uma filhinha de papai, mas ela esconde muito mais sob a superfície. Cheia de segredos em forma de cortes em suas pernas, a garota irá revelar um por um ao leitor, e quanto mais sabemos, mais chocados ficamos com essa história.

Drogo é bastante intenso e bem daquele personagem badboy que veio colocar banca no lugar. Só que a trama tem tanto plot, que ele fica bastante aquém dos demais personagens.

Inclusive a autora já nos apresenta todos os demais protagonistas da série. Basicamente são um grupo rico e mimado, que também esconde segredos (alguns bem tensos) e que basicamente se odeiam, mas que por algum motivo são amigos e se pegam.

Eu fiquei bastante animada com esses personagens, principalmente quando sabemos mais sobre suas histórias. Você fica louco para saber o que vai acontecer, mas triste porque o segundo livro ainda será lançado, então nosso coração de leitor sofre com a espera.

Luana escreve maravilhosamente bem, de um jeito que te fisga e se iguala muito a livros gringos com uma pegada mais dark (mesmo que não seja o gênero do livro). A obra tem vários plots twists que deixam a gente tombado porque você simplesmente não tem como prever algumas coisas, fiquei completamente abismada.

É um livro bastante intenso, muito quente também, mas tem alguns gatilhos que podem incomodar durante a leitura. Mesmo assim recomendo para quem gosta de histórias do tipo.

Série Diabolical #1 | 439 páginas | Publicação independente

24 anos. Ama escrever e falar pelos cotovelos.
Posts criados 82

5 comentários em “Diabolic Stepbrother – Luana Pessoa | Resenha

  1. Mês passado vi um post no meu explorar que as pessoas super citavam esse livro. E só existiam comentários positivos… pensei logo que deveria conhecer. Não leio muitos romances darks, então confesso que às vezes me assusto com algumas coisas kkkkk não foi diferente nesse, alguns momentos eu parei, respirei fundo, parava a leitura, porque como você falou, pode incomodar. Mas é uma leitura intensa, cheia de reviravoltas e muito, muito boa!

  2. Olá, Miriã.
    Eu não dou conta de ler tudo o que você indica por aqui. Se não vou ficar só lendo e-books e os físicos que estão parados na estante vão continuar lá hehe. Mais um que entra para a minha lista.

    Prefácio

Deixe uma resposta para Bruna Lago Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

8 livros para ler no Halloween 6 livros para ler durante a infância Conhecendo termos literários Como limpar seus livros e a sua estante? 5 formas de ler e-books