Durante muito tempo estávamos acostumados a ler livros que vendiam a ideia de que homens possessivos eram demonstrações de afeto e que depender 100% deles era tirar a sorte grande. Mas hoje, felizmente, a gente percebe que a vida não é tão preto no branco assim. Homem que sente ciúme desenfreado e te faz dependente dele, são reflexos de pessoas machistas e que raramente vão te dar muita opção a não ser fazer o que ele queira. E se muitas vezes tivermos força o suficiente para ir contra, as chances desse relacionamento se tornar um feminicídio é grande.

Por isso, é importante trazer histórias que abordam esse tipo de relacionamento, não somente para entender o que é, mas também para quebrar a romantização absurda que muitas histórias fazem a respeito do assunto.

Lembrando: os livros citados podem ter cenas gráficas de violência doméstica e violência sexual. Por isso, respeite seus gatilhos.

Long Shot

August e Íris se conheceram em um bar e sentiram uma conexão imediata. August sentiu que Íris era a única garota que poderia lhe entender. Mas antes que pudesse avançar o sinal, ele descobre que ela já tem um namorado. E esse namorado é Caleb, um jogador de basquete que por sinal, é um rival de August há anos.

Caleb parece o menino de ouro, mas só parece mesmo. Seu afeto começa de maneira leve, mas aos poucos vemos que as concessões passam a se tornar ordens. Quando ele percebe que Íris se deixou envolver por August, ele arma uma cilada para prender a garota em sua vida, e é aí que Íris vive verdadeiramente um inferno.

É assim que acaba

Lily nasceu em um lar disfuncional e viveu boa parte da sua vida em um orfanato, juntamente com Atlas, que se tornou seu melhor amigo. Depois que Atlas foi embora e Lily atingiu a maioridade, ela acaba conhecendo Ryle, um jovem médico que parece ter saído dos seus mais profundos sonhos. Mas esse sonho logo se tornou um pesadelo…

Ryle começa a mostrar outro comportamento com Lily, e pelo fato dela ser carente e dependente emocionalmente dele, fica mais difícil perceber as nuances abusivas que ele tem.

Mil pedaços de mim

Liv estava vivendo um sonho quando conheceu Marco, um homem atencioso e que se importava profundamente com ela. Mas assim que seus pais faleceram, Marco se tornou o único na vida dela, e com o passar do tempo, ele começou a afastá-la de todos seus amigos, a obrigando a parar de trabalhar e a permanecer sempre em casa, no lugar em que podia controla-la e abusá-la quando lhe convinha.

Mas a sorte de Liv está para mudar quando ela consegue fugir de casa e vai parar em São Paulo, longe de Marco e sua violência. E lá ela conhece um novo homem, mas depois de tantos traumas, Liv não sabe se conseguirá abrir seu coração outra vez.

24 anos. Ama escrever e falar pelos cotovelos.
Posts criados 98

3 comentários em “Livros que abordam relacionamentos abusivos

  1. Olá…
    Realmente esse é um tema bem delicado e acho super importante esse tema ser tratado nos livros, pois, quanto mais conscientização melhor. Dos livros mencionados apenas li É assim que acaba, esse livro me destruiu… chorei muito lendo ele.
    Outros livros que conheço que fala sobre o assunto são: A Grande Solidão, Amor Amargo, Pequenas Grandes Mentiras, entre outros.
    Beijos

  2. Oi Mi,
    Li “Long Shot” e “É Assim que Acaba”, ambos foram socos no estômago.
    Um livro com essa temática também que mexeu comigo foi “O Desejo Secreto do Coração” da Bianca Briones, é parte da série Batidas Perdidas.
    Tem aquele ‘Romance Tóxico’ também da Editora Seguinte, que poderia ser um pouco melhor, mas também vale a leitura!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

  3. Olá Miriã.
    Infelizmente ainda existe muita mulher que ainda acredita que ciúmes e machismo é sinônimo de amor. Eu ainda não li nenhum dos citados, mas o primeiro está na minha lista.

    Prefácio

Deixe um comentário para Alessandra Salvia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro Conheça os contos de Blackout Review: Um amor desastroso