Search here...
TOP
new adult resenhas

Resenha: Devious Lies – Parker S. Huntington

156 Views

Oiii gente, como vai? Sim, eu sei que estou sumida mas é que a vontade de escrever no blog era zero, mas estou tentando contornar essa situação e tentar dar uma animada para voltar a escrever pra cá. Por isso, vou soltar algumas resenhas dos últimos livros que li, já que tem muita coisa legal e nem sempre estou comentando lá no instagram sobre minhas experiências. E vamos começar com esse livro gringo que eu simplesmente AMEI!

I had a plan to escape the friend zone.
Step one: sneak into Reed’s room.
Step two: sleep with him.

But when the lights turned on, it wasn’t familiar blue eyes I saw.
These were dark, angry, and full of demons.
And they belonged to Reed’s much older brother.

Four years later, Nash Prescott is no longer the help’s angry son.
I’m no longer the town’s prized princess.

At twenty-two, I’m broke, in need of a job.
At thirty-two, he’s a billionaire, in need of revenge.

Who cares if my family ruined his?
Who cares if he looks at me with pure loathing?
Who cares if every task he assigns me is designed to torture?

I need the money.
Simple as that.

I’ll suffer his cruelty in silence, knowing there’s one thing he wants more than revenge…
Me.

Emery Winthrop é a princesa da família que comanda a pequena cidade de Eastridge. Sendo seu pai dono da maior fábrica de tecidos que basicamente emprega 90% da cidade, não é a toa que todos os considerem a realeza. Exceto Nash Prescott, o irmão mais velho de Reed, seu melhor amigo (e também sua paixão secreta).

Nash sabe de um segredo que envolve a família Winthrop, mas ele está disposto a usá-lo somente quando lhe convir. Enquanto isso, precisa manter a pose e aguentar as festas e comentários depreciativos dos ricos e hipócritas de Eastridge. Só que uma noite tudo muda, e a ruína da família Winthrop começa de vez.

Anos se passam e Emery está mais necessitada de dinheiro que tudo. Tendo fugido da pequena cidade em que nasceu após o escândalo envolvendo a família, ela mal consegue sobreviver com os pequenos trocados que recebe no emprego de garçonete. E é por isso que ela desesperadamente aceita a oportunidade que Reed, seu ainda melhor amigo (mas não mais sua paixão), lhe dá. O problema? Ela teria que voltar à Carolina do Norte e trabalhar na empresa de seu irmão mais velho, Nash.

Quando Nash descobre que Emery está trabalhando em um de seus hóteis, ele acha que é o momento perfeito para dar cabo de seu plano e terminar sua vingança contra a família Winthrop. Mas convencer Emery a ajudá-lo vai ser mais difícil do que ele imaginava…

Devious Lies tem muito cara de Vicious, então se você gosta desse tipo de história envolvendo vingança + enemies to lovers, eu tenho certeza que você vai gostar desse livro. A história começa contanto o passado dos personagens para depois focar no presente, e quando tudo começa, Emery tem 15 anos e está desesperadamente apaixonada por seu melhor amigo, Reed. Só que infelizmente esse relacionamento mal teve tempo de fluir quando Emery, agora aos 18, acaba se envolvendo (não intencionalmente) com Nash. A ideia era revelar seus sentimentos a Reed, mas ela acabou se confundindo no caminho e indo parar na cama do irmão mais velho dele (é, louco assim).

A situação já não era das melhores e quando o escândalo sobre a família dela surge, tudo fica pior. A verdade é que seus pais estavam desviando dinheiro da fábrica de tecidos, e tendo todas as famílias de Eastridge investido em ações na empresa, todos acabam perdendo tudo quando a empresa faliu. Isso gerou a maior confusão certamente, e teve consequências gravíssimas para a família de Nash, e por esse motivo ele quer vingança contra ela (e isso não é spoiler porque está no primeiro capítulo).

Então Devious Lies segue muito a linha da vingança, culpa e muito slow burn. É aquele tipo de história que só temos duas ou três cenas quentes mas elas são o suficiente para incendiar você tamanha a intensidade que os personagens têm um com o outro. Emery é uma personagem que sofre bastante nas mãos de Nash, ENTÃO ESPEREM NÃO GOSTAR DELE, mas em alguns momentos você consegue ver a suavidade que o personagem emana, mostrando que ambos cometem erros e tudo bem se arrepender e correr atrás (e esperem bastante isso porque Nash vai pagar com a língua a forma como trata Emery).

Eu era a ruína da minha família e ela seria a ruína da dela.

O amor existe e é mais cruel do que a luxúria.

O livro é intenso, instigante e eu literalmente não consegui parar de ler até terminar porque ele tem personagens bem desenvolvidos, uma escrita cativante e segredos interessantes. É claro que segue um pouco o clichê de livros do tipo, mas a autora soube moldar a narrativa aqui de forma que isso não incomode.

Infelizmente a história não tem previsão de lançamento aqui no Brasi, ou seja, você só encontra ele em inglês, mas disponível no KU. E se você ama livros da L. J. Shen, Lily White e Saffron A. Kent, eu recomendo muito a leitura!

Devious Lies | 702 páginas | Editora PSH Publishing

Miriã Mikaely

Sou viciada em livros de romance e adoro falar pelos cotovelos. Tenho um canal no YouTube em que eu compartilho meus surtos literários.

«

»

1 COMMENT

  • Silvana Crepaldi

    Olá, Mika.
    Eu só consigo ver esses livros com esses protagonistas masculinos que fazem a garota de gato e sapato com muito bom humor e com aquela sensação de como essa mulher aceita isso e ainda consegue se apaixonar com o cara tratando ela assim hehe. Mas quem disse que a gente consegue ficar longe. Volta e meia eu pego um do tipo para ler.

    Prefácio

Deixe um comentário para Silvana Crepaldi Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.