Indicação de livros safados, românticos e divertidos

Comédia romântica + Serial Killers? Trilogia The Ruinous Love

Rowan Kane é um renomado chefe de cozinha. Mas ele também é um serial killer no seu tempo livre, conhecido como o Açougueiro de Boston. Quando ele vai atrás de sua próxima vítima, ele acaba conhecendo Sloane Shunterland, a famosa Tecelão de Orbes, que por coincidência também é uma assassina em série. Com esse ponto em comum, Rowan propõe um jogo anual para Sloane: durante um determinado período de tempo, eles vão caçar a mesma vítima. Ganha quem encontrá-la e matá-la primeiro.

Anúncios

E assim acompanhamos Butcher e Blackbird se encontrando a cada ano à medida que a competição entre eles fica mais perigosa e acirrada. Mas o que eles não imaginavam é que dessa estranha amizade fosse nascer uma faísca que pode mudar completamente a relação entre eles.

Esse é o primeiro livro da série Runious Love e a autora já chegou com os dois pés na porta mostrando a que veio. O interessante desse livro é que ele passeia pelos clichês de uma boa comédia romântica, mas vai além do comum ao entregar uma história sombria repleta de cenas sangrentas e impactantes. Então se você tem o estomâgo fraco, eu sinceramente não te recomendo essa leitura, porque além de serem bem violentas, as cenas são muito gráficas e causam aquele desconforto no leitor.

E acho que é isso que faz esse livro ser tão diferente. Imagina um romance com dois serial killers, mas que não seja um romance dark? É isso que vamos encontrar em Butcher e Blackbird. Eu amei a construção da história e do relacionamento do casal. Rowan é aquele mocinho que cai primeiro e deixa seus sentimentos sempre à mostra, bem no estilo “quem fez isso com você?” e “vou matar todos que te fizeram chorar”. Eu amei a nuance dele ser um homem violento e sanguinário com suas presas mas ter a dose certa de suavidade e sensualidade para com a Sloane e seus irmãos. Já a mocinha é mais discreta e reservada. O romance por si só demora mais para acontecer por causa dela, que precisa primeiro trabalhar suas questões antes de se abrir para o amor. Eu gostei bastante dela, mas senti que a autora focou mais no Rowan e deixou ela sem tanto aprofundamento. Uma questão também que notei é a falta de respostas nessa história. A autora não deixa muito claro qual é o passado dos personagens e eu acho que para esse tipo de história, ela poderia ter se esforçado mais para explicar os porquês dos personagens serem quem são.

Anúncios

Outro detalhe relevante é que às vezes eu sentia que os personagens eram mais jovens do que a história queria fazer parecer. Algumas atitudes da Sloane quanto a seus sentimentos me soaram infantis e boa parte do tempo eu esquecia que os personagens estavam na casa dos 25 anos, e não na dos 16.

Fora os detalhes acima pertinentes, eu achei a sacada da autora para construir a trama bem interessante. É como se estivessemos vendo um romance no cenário de Dexter. É mórbido, perigoso mas também sensual, e as partes quentes desse livro foram também um grande ponto positivo. Eu tive um pouco de problema para visualizar algumas cenas do livro, principalmente nas quais eles matam outras pessoas, e eu não sei se isso foi porque eu não conseguia entender o contexto ou se foi a autora que não soube descrever bem. Mas para além disso, eu achei toda a experiência muito fascinante e com certeza é o tipo de história que vai despertar a curiosidade das pessoas. Recomendo!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Plugin WordPress Cookie by Real Cookie Banner
Rainha das Lágrimas, o novo drama coreano da Netflix Livros, aparelhos e kindle unlimited, confira algumas ofertas da Black Friday Vermelho, branco e sangue azul, o novo filme queridinho dos leitores Um livro para cada era da Taylor Swift Livros para quem amou a série Rainha Charlotte