5 livros para ler ainda em 2021

Escrito por Miriã Caetano

Estamos na metade do ano, mas ainda tem muito livro incrível para você adicionar na sua TBR! Por isso, nós convidamos a Maria Ferreira, do Impressões de Maria, para indicar 5 livros que ela gostaria muito de ler e que não poderiam faltar em 2021!

Afastada dos tios desde a infância, Camila precisa voltar à casa vazia deles para procurar um álbum de fotografias a pedido da mãe, que está no leito de morte. Angustiada, ela atravessa a casa e a cada porta aberta é lembrada dos momentos alegres e dos pesadelos que viveu naquele lugar.

01

Com olhares atentos, os personagens de Gosto de Amora sobrevivem em ambientes conturbados. Para superar os obstáculos, eles são matreiros em captar cada aprendizado do mundo exterior. Nesta tentativa de permanecerem vivos, revelam, em grandes ou pequenos gestos, seus atos de resistência diária

02

Nascida e criada em uma das favelas mais miseráveis da África, Phiona Mutesi chamou a atenção do mundo todo ao se tornar campeã nacional da Uganda com apenas quatorze anos de idade. Com essa vitória, teve a chance de competir nas Olimpíadas de Xadrez, o evento de maior prestígio do jogo.

03

Bell Hooks - escritora, professora e intelectual negra insurgente - escreve sobre um novo tipo de educação, a educação como prática da liberdade. Para hooks, ensinar os alunos a "transgredir" as fronteiras raciais, sexuais e de classe a fim de alcançar o dom da liberdade é o objetivo mais importante do professor.

04

Entre nós mesmas apresenta um potente panorama da produção da poesia de Lorde, meio de expressão em que melhor refletiu sobre os temas da opressão social, a violência contra a população negra, a diáspora africana e as referências de sua cultura iorubá, o feminismo, filhos e o amor.

05

 e Quem é maria ferreira?

 e Quem é maria ferreira?

Maria Ferreira é formada em Letras-Espanhol pela Universidade Federal de São Paulo. Criou o site Impressões de Maria em 2013 e desde então publica resenhas de livros e filmes, propostas de reflexões raciais e relatos sobre eventos e exposições que visita. Atualmente tem um conto publicado no livro Vozes Negras, de 2019.