[Resenha] Para todos os garotos que já amei – Jenny Han

Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

Romance | 320 páginas | Editora Intrínseca 

Lara Jean, uma jovem de 16 anos que está enfrentando a ida de sua irmã mais velha, Margot, à faculdade em outro país. É tudo muito novo para ela e sua irmã menor, Kitty, já que elas são as irmãs Song, sendo muito ligadas. Criadas apenas pelo pai desde que sua mãe morreu, elas tem uma cumplicidade incrível durante a trajetória do livro, mas é a relação entre Lara Jean e Kitty que nos chama mais a atenção porque percebemos como Lara Jean tenta se tornar um modelo a ser seguido, já que Margot não está mais lá para isso.
Lara Jean tem uma peculiaridade: ela escreve cartas a todos os garotos que um dia já amou. Nestas cartas ela descreve tudo aquilo que sentiu quando estava amando a tal pessoa, confissões que ela jamais poderia fazer pessoalmente. E se as tais cartas acabassem parando misteriosamente nas mãos dos destinatários? Como lidar sabendo que todos os caras que um dia você já amou descobrissem que você nutria um sentimento por eles? Suas únicas preocupações seriam com dois dos cinco garotos: Josh, o garoto que ela ainda ama e Peter, um garoto que já foi seu amigo e que hoje namora sua ex-melhor amiga.
Assim que descobre através de Peter que todas as suas cartas foram enviadas, Lara Jean fica com medo da reação de Josh já que ele é o ex-namorado de sua irmã Margot, com quem ficou durante dois anos. Qual seria a reação de sua irmã se descobrisse que Lara Jean amava seu namorado? Porém, com a repentina separação do casal, talvez Lara Jean enfim tenha sua chance com ele. Ao mesmo tempo, Peter acaba se separando de Gen. Para evitar maiores confusões, Lara acaba beijando Peter na frente de Josh para que ele veja que ela já o superou (ou apenas pense que sim), e assim Peter e Lara começam a fingir namorar. 
O que era para ser algo simples torna-se confuso já que Lara Jean não esperava se apaixonar outra vez. E agora?
Foto por The Paper Towns
Eu achei surpreendente como a autora criou cada personagem e cada diálogo, que mesmo sendo simples, nos vende uma história emocionante e muito carismática. O desenvolvimento de Lara Jean durante a narrativa é surpreendente. Com a saída de sua irmã mais velha que sempre foi aquela que guiou a rotina da casa, Lara Jean começa a perceber que ela também pode ser assim, mas do jeito dela, sem precisar fingir ser a Margot.
Peter e Josh são pessoas completamente diferentes, porém cativam o coração do leitor, cada um por motivos distintos. Confesso que julguei Peter no começo já que ele faz o estilo ‘jogador de futebol americano popular’, mas aos poucos ele foi me conquistando e me apaixonando! Quero um desses para mim ❤ Outro personagem que gostou foi o pai das meninas que é maravilhoso. Fiquei babando por ele o livro inteiro rsrs (e teremos mais dele no segundo volume!).

Eu adorei completamente a história e como já sabia que o livro teria uma continuação, não me decepcionei com o final e logo tratei de ler o próximo livro da autora. Para todos os garotos que já amei é um YA leve e romântico, indicado a todos que querem um livro para ler em um fim de tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

48 thoughts on “[Resenha] Para todos os garotos que já amei – Jenny Han

  1. Oi Miriã, tudo bem?

    Eu acho linda essa capa e mesmo tendo visto várias postagens sobre ele não tinha parado para ler uma resenha. Confesso que agora estou apaixonada pela história e necessitando ler a obra o quanto antes. Fiquei curiosa para saber se a Lara vai se reapaixonar pelo Peter e como o Josh vai lidar com isso. Parece ser um ótimo YA que me traria paz ao coração e muitos suspiros! Resenha maravilhosa, Parabéns!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

  2. Oi, Miriã! Tudo bem?
    Só vejo comentários mega positivos sobre esse livro e tenho muita vontade de ler. Você sabe quando será o lançamento do último? Gostaria de ler os três em sequência.
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

  3. Oi, Alice. Esse livro tem o título de coisa fofa! É serio, se você visse o tanto que a gente acaba sendo cativando pelos personagens, você acabaria lendo ele por agora. Todos são maravilhosos e eu confesso que sou #teamPeter rsrs

  4. Oi, Bárbara. Confesso que acredito que seja lá para o final do ano. O legal é que ambas as histórias fecham com chave de ouro, então não precisa desesperadamente correr para ler o outro. Estou muito ansiosa para o lançamento do terceiro livro e saber o que a Jenny reservou para os leitores.

  5. Oi, Miriã

    Que bom que você gostou e partiu logo pra sequência! Quando eu gosto muito de um livro e tenho a sequência em mãos eu não aguento esperar, leio logo também! Hahahahah
    Infelizmente eu não sinto vontade de ler esse livro. Acho até interessante a parte em que ela amava o namorado da irmã, mas não sinto aquela coisa pela história, sabe?

    Beijo
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

  6. Olá, Miriã!
    Por mais que eu já conheça o livro, eu nunca parei para ler uma resenha e saber mais da história. E lendo a sua, me deixou com mais vontade de ler o livro!
    Ele já está na lista de desejados.
    A história é bem do tipo que adoro ler, irei gostar!

    Parabéns pelo blog, amei ele. Já estou seguindo para acompanhá-lo mais vezes.

    Beijo, beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

  7. Oi, Lu. Eu não tive problemas com isso e já estou eufórica para ler o terceiro. Se você der uma chance ao menos o primeiro, garanto que irá gostar e correr para ler o segundo. É uma história simples mas retrata muito bem os dramas de uma adolescente sem deixar a história pesada.

  8. OOOOOI

    esse livro consegue reunir duas coisas que eu adoro: cartas e chick lit.
    Imagino que quando eu ler, só vou conseguir parar na última página. Tenho muita vontade mesmo determais essa leitura, mas sempre sou daquelas que fica esperando promoções pra comprar livros 🙁

    beijo
    beinghellz.com

@blogcapitulotreze