Tem coisa mais triste do que começar um livro e não conseguir ir com ele adiante? Foi exatamente o que aconteceu comigo hoje. Resolvi começar a ler alguns livros que tenho em e-book na Amazon, e optei por Letra e Melodia, que é o primeiro volume de uma série. A história conta sobre Eduardo, o vocalista da banda Fury Hunters que ainda está lidando com a morte do irmão, que também era um dos integrantes da banda. A história tinha tudo para me cativar, afinal, melodia + recomeço = leitor feliz. Infelizmente, não consegui me conectar à história. Senti como se todas as falas e ações fossem mecanizadas, e o pior, os protagonistas mal se conheceram, se viram somente umas três vezes e do nada, a mocinha já declara ao leitor que o ama. Hein? Como assim? Acho que esse foi o estopim e acabei desistindo da leitura justamente por isso. Sei que a história tem diversas resenhas positivas, mas comigo ela não rolou e nem convenceu. Porém, eu ainda quero muito ler o segundo livro da séria que fala sobre outro personagem da banda.
E vocês, já leram? O que vocês pensam a respeito desse “instalove”?

Para Eduardo, a felicidade vinha de maneira simples. Dividir os palcos e o amor pela música com seu irmão era um sonho tornando realidade. Os Fury Hunters eram sua maior fonte de inspiração e eles conquistavam milhares de fãs por onde passavam. Quando uma tragédia tira André de sua vida, Eduardo não sabe o que fazer a não ser se isolar do mundo e se afastar de todos aqueles que ama, incluindo sua família e seus ex-companheiros de banda, que sempre foram para ele muito mais do que melhores amigos. Melinda precisou crescer muito rápido para cuidar da pequena Julie. Com apenas vinte e quatro anos de idade e autora de vários romances, ela conhece muito bem o que é sofrimento, mas luta diariamente para se manter de pé e proporcionar a melhor vida para a sua sobrinha. Quando a irmã de Eduardo decide que é hora de trazer seu irmão caçula de volta, ela procura a jovem escritora para escrever uma biografia da banda cover de maior sucesso da cidade de Villa Bella, e essa proposta tentadora faz com que o mundo de Melinda vire de cabeça para baixo e coloque em jogo a segurança do seu coração. “Eu tinha convicção de que nunca iria me apaixonar, e isso estava bom pra mim. Eu não seria totalmente feliz, mas estava tudo bem. Então, você apareceu…”

Posts criados 1379

6 comentários em “OPS! Não deu: Letra e Melodia – Michelle Mariani

  1. Oi, Lu. Eu achei a história bem legal, com uma pegada mais leve, falando sobre superação e etc, mas quando eu vi que os personagens começaram a gostar um do outro mal se conhecendo direito, já vi que não conseguiria ler.

  2. Oi, Carol. Eu não gosto de instalove, infelizmente, mas a história é realmente boa sabe? Os diálogos são bons, bem construídos e eu já vi muitas resenhas positivas, mas simplesmente porque eles se apaixonam rápido demais, eu vi que não era pra mim. Vai que funciona com você.

  3. Oi Miriã! A história tem tudo para ser legal, mas realmente, se for mecanizada não rola, acho que esse é um dos grandes problemas dos livros atuais!

    Blog aboutbooksandmore.blogspot.com.br

  4. Oi, Cássia. Senti muito isso com esse livro, como se todas as ações fossem mecanizadas, o que foi uma pena daquelas, mas mesmo assim eu acho que a história tem potencial para agradar as outras leitoras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro Conheça os contos de Blackout Review: Um amor desastroso