O despertar do Lírio – Babi A. Sette | Resenha

Lilian Radcliffe é uma jovem viúva e está feliz com sua vida isenta de emoções. Culpa do luto que não larga? Lilian jurou fidelidade ao marido no leito de sua morte.
Paralelo a isso, conhecemos Simon Thorn, homem frio e libertino, dono da maior casa de jogos de Londres. Ele está a um passo de realizar seu plano de vingança contra o culpado pelo título de assassino que recebera anos atrás. O problema é que o canalha está morto e ele terá de usar a sua viúva recatada a fim de atingir seus objetivos.
De um lado, ela precisa manter sua honra intacta; de outro, ele quer seduzi-la e desmoralizá-la. No entanto, Lilian nunca se sentiu tão vulnerável e atraída por um homem. E Simon, por sua vez, demonstra reações ao lado dela das quais nunca imaginara ter. A vingança e a honra se abalam quando nasce entre ambos uma paixão incontrolável. Mas, para ficarem juntos, terão de enfrentar segredos e mágoas profundas, um castelo trancado há seis anos, palco de uma morte misteriosa e, sobretudo, encarar os fantasmas do passado que assombram suas consciências.

 Romance | 380 páginas | Editora Novo Século

O despertar do Lírio é meu primeiro contato com a autora Babi A. Sette, e ele é o segundo livro da série Flores da temporada. Minha dica é que vocês leiam os livros na ordem para que entendem melhor quem são os personagens e suas histórias, ou você vai ler uns grandes spoilers da primeira história assim como eu.
Lílian Radcliffe é a epítome da boa conduta. A jovem viúva não faz nada escandaloso e nada que não esperam dela, criando assim uma inatingível imagem de perfeita honra e respeitabilidade. Para evitar que uma amiga acabe protagonizando um grande escândalo, ela resolve viajar com a moça para Easton House, uma casa de campo onde várias outras pessoas da aristocracia irão passar alguns dias. 

Ela tinha sua honra. Esse era o único tesouro que Lílian sabia que nada poderia ameaçar.

Minha autoria

Lá ela conhece Simon Thorn, sobrinho da anfitriã da casa, e também conhecido como Barão Assassino. Simon foi acusado de matar sua esposa seis anos antes, e mesmo não tendo provas contra ele, a sociedade o rotula como se ele fosse realmente culpado. E isso tudo graças a Rafael Radcliffe, o falecido marido de Lílian. Há anos Simon planeja sua vingança contra ele, mas agora que Rafael morreu, ele a redireciona para a única pessoa que sobrou, sua esposa. Seu plano é seduzi-la e assim humilhá-la na frente de todos, e para isso conta com a ajuda de sua amante, Anna Stone.

Só que assim que Simon vê Lílian pela primeira vez, toda embrulhada em um horroroso vestido cinza, ele sabe que ela será sua ruína. Seus olhos de fogo e seu cheiro de lírios o deixam desnorteado, colocando a vingança de Simon quase a perder. Será que ele poderá esquecer o passado e dar uma nova chance ao amor?
Minha autoria

A escrita da Babi é maravilhosa, leve e fluída, e foi uma das coisas que gostei no livro porque infelizmente eu sempre vejo muitas diferenças nos romances de época nacionais e nos estrangeiros, e isso acaba me confundindo um pouco. A abordagem é um pouco diferente mas Babi consegue trazer o mesmo sentimento que tenho ao ler algum livro da Sarah MacLean ou da Julia Quinn.

Os personagens e a trama toda é bem construída. Lílian no início parece uma pessoa sem graça, apática, que preocupa-se somente com sua honra e reputação, mas aos poucos ela vai mostrando a mulher de fibra e garra que ela realmente é. Simon é um sedutor, orgulhoso e tolo, como era de se esperar em romances assim, mas Lílian o deixará caidinho e quando ele enfim se entregar, mostrará que é muito mais do que um aristocrata arrogante e libertino.

O homem que lhe ensinou o que era amor, o desejo, o perdão e a bondade. Talvez, um dos melhores homens que ela conhecera. O homem que ela amava e amaria para sempre: seu marido.

Minha autoria

Eles juntos são maravilhosos, e foi o ponto alto do livro, porque Lílian e Simon tem aquela química que faz o leitor torcer por eles até o final. Os personagens secundários são bastante importantes na trama, entre eles três nas quais irei dar minha opinião. A primeira é Kathelyn, a irmã mais velha de Lilian, protagonista do primeiro livro. Pelo que vi dela ela é uma boa irmã que enfim encontrou seu final feliz, porém, achei a quando mais nova rebelde demais, egoísta, que só pensou em si mesma e não se preocupou em levar Lílian para o buraco através do seu escândalo. Talvez por não ter lido o livro dela ainda eu não tenha sentido tanta empatia pela moça e ela tenha me causado essa impressão, sinceramente espero poder mudar de opinião assim que ler A Promessa da Rosa.

Anabele, que é a amiga que Lílian tenta ajudar em sua viagem. Nunca vi personagem mais idiota, sério… assim como Kathelyn, Anabele foi inconsequente e suas atitudes me irritaram, apesar dela ter somente 16 anos e isso ser um pouco justificado pela sua imaturidade. A maioria do tempo queria dizer “Burra, burra” para ela haha. E não poderia faltar Paul, o filho de quatro anos de Lílian que é a coisinha mais fofa do livro, só queria que ele tivesse tido mais destaque na narrativa.
Minha autoria

Como falei acima, Babi soube conduzir bem a história, até chorei em alguns momentos e me vi emocionada quando finalizei a leitura. Só me resta ir correndo ler os demais livros da série e não ver a hora de me encantar outra vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

35 thoughts on “O despertar do Lírio – Babi A. Sette | Resenha

  1. Oi Miriã, eu fiz o mesmo caminho que você quando li esse livro, amei a capa e li ele antes do livro anterior e peguei spoiler haha, mas como eu gosto e spoiler e já tinha noção do que ia acontecer no primeiro livro não me importei e amei demais essa história, foi o primeiro contato com os livros da Babi que tive e corri pra comprar os outros da série, li e são ótimos.
    Sobre Kathelyn, se prepara pra descontruir essa imagem que você fez dela, ela até que é um pouco impulsiva no inicio da história, mas ela é nova e grande parte das atitudes eu creditei a isso, mas a história anda e ela passa por muita coisa, ela é a melhor personagem da história dela, eu curti muito e a achei super forte, Arthur não kkk, mas não posso te dizer o porque, seria spoiler, e vc vai ler e a gente comentar haha <3 Curti a resenha, acho essa capa muito linda e curti demais essa leitura 😉

  2. Oi Miriã
    Sou muito suspeita para comentar pois sou apaixonada pela autora, e por ela ser a simpatia que é, gosta ainda mais. Este livro é muito bom, mas para mim não é o melhor da autora, mas tudo que ela escreve é apaixonante. Kathelyn foi sim um pouco egoísta e atrapalhou a vida de Lílian, mas ela tem seus motivos, e um foi a imaturidade da idade. Espero que leia todos os livros dela, inclusive Entre o Amor e o Silêncio.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

  3. Oi Miriã, tudo bom ?
    Adorei a resenha ainda não conhecia o livro nem a autora, mas pelo enredo me despertou uma grande curiosidade em se aprofundar mais na historia.
    Dica anotada !
    Beijos bom final de semana
    bellapagina.blogspot.com.br

  4. Oi, Lili. Acho que tive essa impressão da Kathelyn porque ainda não conhecia, mas pelo que vi ela passou o pão que o diabo amassou, e imagino que irei gostar mais dela. A Babi tem uma escrita muito gostosa né? Vou tentar ler todos os outros!

  5. Oi Mika! Ainda não tinha ouvido falar desse livro e a autora eu tenho a impressão de já ter ouvido sobre, mas talvez esteja confundindo hahaha. Achei a história bem parecida com a maioria dos romances de época, sabe? Apesar de nunca ter lido nenhum, pelas resenhas eles me parecem bem parecidos, não sei. Mas curti que o casal tem química e a escrita da autora parece ser bem cativante, quando a escrita é assim dá até gosto de ler! Adorei a resenha <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

  6. Oi! Eu não conhecia a autora e fiquei feliz em ler que você gostou tanto e que é um romance nacional que emociona e nos faz querer terminar a série toda. Eu amo quando tem essas vinganças e quando ela esta para acontecer, o amor e sedução muda tudo o que estava planejado. Com certeza, Lilian e Simon, encantam corações. Já adicionei no skoob. Bjos <3

    Click Literário

  7. Oiii Mika

    Tem um monte de livros históricos que quero conferir esse ano e a Babi é uma autora que quero conhecer a escrita pois ja li diversos elogios sobre as histórias ela escreve. A capa é maravilhosa e a trama parece ser super envolvente mesmo, bem elaborada e trabalhada, daquelas que deixam marca no leitor após a gente terminar de ler. Vai pra lista

    Beijos

    http://www.derepentenoultimolivro.com

  8. Oi, Gabi. Acho que você já ouviu falar dela sim, mas romances de época infelizmente quase não trazem quase nada de novo, acho que é mais em relação a época que acontecem as histórias, então não dá pra inovar muito, mas eu amo eles mesmo assim.

@blogcapitulotreze