É a maior fofoca da cidade! Em um momento de embriaguez, dois dos maiores libertinos de Londres – o Conde de Manderville e o Duque de Rothay— estabelecem uma aposta pública, onde querem descobrir qual dos dois é o melhor amante. Mas qual mulher bela, inteligente e de discernimento consentiria ir para cama com dois homens e declarar qual deles é o mais hábil em satisfazer seus desejos mais profundos?Lady Caroline Wynn é a última mulher que qualquer um esperaria que se oferecesse para tal. A jovem e respeitável viúva decidiu manter-se longe de casamentos. Ela pode até não desejar um novo marido, mas seu breve matrimônio deixou algumas dúvidas escandalosas a respeito da intimidade entre casais.
Se o Conde e o Duque concordarem em manter sua identidade em segredo, ela irá decidir qual dos dois é o mais experiente debaixo dos lençóis. Mas para a surpresa de todos, o que começa como uma proposta indecente pode se tornar uma lição surpreendente a respeito do verdadeiro amor.

Romance de época | 329 páginas | Editora Cherish Books

Sendo meu primeiro contato com algum livro lançado pela Cherish Books, eu já deixo claro que comecei com o pé direito. Uma proposta indecente é um achado e tanto e pra mim foi um dos melhores romances de época que li esse ano, e olha que tem outros no páreo também. Sem contar que essa capa está maravilhosa, não preciso nem comentar. 
Lady Caroline Wynn é uma jovem viúva conhecida por sua personalidade gélida diante da sociedade, reflexo de um casamento abusivo onde só ela sabe o que viveu nas mãos de Edward, seu falecido marido que hoje não lhe faz tanta falta. Mas até mesmo a reservada viúva se abala ao descobrir que os notórios libertinos, o Duque de Rothay e o Conde de Manderville, fizeram uma aposta pública para saber quem é o melhor amante na cama.
A aposta infame, além de escandalosa, deixou toda a sociedade em polvorosa para saber quem seria a mulher que se disporia a dormir com dois homens e julgar a perícia de cada um. Ninguém nunca imaginaria que seria justamente Caroline Wynn que se candidataria para ser juíza desse acordo. Sua experiência sexual fora terrível e agora ela anseia por descobrir se o problema é realmente com ela, ou se Edward que era o problema. Assim que conhece pessoalmente os lordes por trás da aposta, Caroline percebe que sua vida vai mudar drasticamente. 
Apesar do livro trazer esse assunto bem interessante, ele não vai por essas bandas e a história acaba desenvolvendo duas obras paralelas ao longo do enredo, uma pra cada lorde. De um lado temos Nicolas Manning, conhecido como Duque Diabólico por sua aparência eletrizante e resguardada. De outro, seu melhor amigo Derek Drake, o notório conde comparado a um anjo, devido aos cachos loiros e aparência de Adônis que possui. É incrível ver a dinâmica entre esses dois personagens, ainda mais sendo amigos e tendo um companheirismo tão legal ao longo da história.
Caroline Wynn também é uma personagem que se desenvolve muito bem no enredo. Vemos uma mulher fria se tornar doce, encantadora e se descobrir de uma forma bem interessante. Ela traz questionamentos sobre os benefícios que os homens ganham e que as mulheres não conseguem, algo recorrente nas obras que já li, mas que também tem seu apelo.
Annabel Reid é uma personagem secundária que também ganha um pouco de destaque no final da obra. Não conhecemos tanto assim da garota mas gostei muito dela. A autora poderia ter feito um livro separado para a personagem, mas nos poupa tempo desenvolvendo sua história paralelamente com a do casal principal. Agora quem fica com quem, você precisa ler para descobrir! 
A escrita da autora é muito gostosa, eu adorei e espero poder ler mais obras dela. O livro tem um toque muito sensual devido ao teor do enredo, mas também traz momentos divertidos. Espero que possam dar uma chance a obra, ela está disponível no Kindle Unlimited.
Posts criados 1379

15 comentários em “Uma proposta indecente – Emma Wildes | Resenha

  1. Olá, Miriã.
    Eu amei esse livro. Já li 3 da editora, todos pela capa, mas infelizmente esse foi o unci que gostei até agora hehe. E gostei muito, me surpreendi bastante com a história.

    Prefácio

  2. Oii Mi

    Eu gosto quando os romances de época trazem esse toque de humor que vc citou, já li alguns que me cansaram justamente por causa do excesso de seriedade e tudo ser sempre um grande drama. Legal saber que a escrita da autora é envolvente. Nunca li nada da Cherish Books e gostei da indicação deste, me parece uma boa dica pra começar a conhecer o catálogo da editora.

    Beijos, Ivy

    http://www.derepentenoultimolivro.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro Conheça os contos de Blackout Review: Um amor desastroso