A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai.
Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida.
Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa.
Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque…

Romance | 256 páginas | Editora Gutenberg | Nota:
Isolde Ophelia Goodnight, mais conhecida como Izzy sempre cresceu acreditando em contos de fadas, afinal seu pai era um grande escritor. Sendo romântica, ela acreditava que teria seu felizes para sempre, porém, aos 26 anos de idade, ao descobrir não ser tão “bonita” aos padrões da sociedade, seu príncipe encantado ainda não havia chegado em seu cavalo branco e assim, o pai de Izzy faleceu de repente, deixando-a sem nada. 
Desesperada para encontrar um lugar para viver, ela recebe uma carta do advogado de um falecido tio, que havia deixado para ela um castelo, o Castelo Gostley, que fica no condado de Northumberland. Ao chegar lá, ela não só descobre que o castelo está em ruínas, como está ocupado pelo Duque de Rothbury, que diz ser o dono legítimo do castelo e insiste para que Izzy vá embora. Mas ela não irá desistir tão facilmente de algo que pela primeira vez, pode ser sua salvação, assim, os dois acabam tendo que dividir o mesmo espaço, e talvez essa aproximação dos dois resultará em algo mais. 
Foto por Leitora Encantada

MINHA OPINIÃO

Romance com o duque é o primeiro livro da trilogia Castles Ever After, mas assim como eu, você não precisa ler os livros na ordem, já que as histórias são independentes. Em relação a outra série da autora, Spindle Cove, que por sinal não é tão boa assim, essa com certeza merece os parabéns. Eu praticamente amei todos os três livros e super indico a leitura dos mesmos.
Izzy cresceu ouvindo as histórias de dormir que o pai criou, e foi a partir dessas histórias que ele ficou famoso, mas sua morte inesperada não somente fez com que o livro que estava escrevendo ficasse interrompido como deixou Izzy sem nada, já que seu pai não mudou o testamento para que pudesse beneficiá-la. Assim, quando recebe a notícia de que herdou um castelo, Izzy não perde tempo em conhecer o tal lugar, mas a presença de Ransom, o duque de Rothbury, pode ser um empecilho para que Izzy consiga seu novo lar.
Foto por Leitora Encantada
Ransom tem muitas propriedades em Londres, assim como bastante dinheiro, mas após uma tragédia que o deixou cego e tirou boa parte de sua beleza com uma cicatriz horrenda na face há uns meses atrás, ele preferiu se esconder no castelo que julga ser seu. A presença da jovem Izzy dizendo que o castelo lhe pertence joga uma nova preocupação na vida de Ransom: como o Conde de Lynforth poderia ter comprado o castelo para dar de herança se ele nunca esteve a venda?
Assim teremos não somente um romance, mas uma trama mais envolvente por trás disso. O legal é que ambos os personagens são totalmente imperfeitos a luz da sociedade. Izzy por ser feia e agora Ransom, por ter virado cego. Os segredos por trás deste acidente envolvendo o duque é um dos cernes das questões dos livros, mas a própria Izzy tem um segredo importante que só será descoberto no final do livro, e que confesso, me surpreendeu bastante.
Os dois são uns amores! Ambos são inseguros por razões diferentes, mas ao lado um do outro, eles conseguem encontrar aquilo que perderam com o passar do tempo: amor, carinho e confiança. É impossível não torcer para estes dois! E claro, as cenas de amor são muito bem escritas. O legal é que Izzy não é nada afetada que nem as outras mocinhas, então ela se entrega totalmente aos prazeres que Ransom está disposto a ensinar para ela.
Foto por Leitora Encantada
Apesar do romance, o livro também aborda essa auto descoberta por parte dos personagens. Izzy por sentir que nunca será como a garotinha que seu pai descrevia em seus contos, agora terá lidar com o fato de o duque achá-la linda, assim como ele que acha que perdeu tudo por ter se ferido. Eu amei a história e os personagens, assim como o enredo. A trilogia é ótima para quem gosta de romances de época diferentes, que abordam mais do que o romance. 
Posts criados 1379

12 comentários em “Romance com o duque – Tessa Dare | Resenha

  1. Aii que capa linda!! Eu quero muito ler esse trilogia, acho que vou marcar para quando tiver um tempinho poder ler. Adoro livros que além de romance tem uma trama, assim como você disse desse.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

  2. Primeiro: cê mudou o layout do blog, Mika? Eu fiquei um tempinho sem internet e por isso não entro aqui faz um tempo, mas o blog tá lindão, viu? E caso tu não tenha mudado nada, a gente finge que eu só tô louca mesmo e o elogio permanece HAHAHA. Quanto ao livro, ainda não conhecia, mas já adorei! Me apaixonei nesse casal protagonista só por essa resenha, já imaginei eles se erguendo e se aceitando juntos, deve ser uma história linda <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

5 livros para ler ainda em 2021 8 livros para ler no Halloween 6 livros para ler durante a infância Conhecendo termos literários Como limpar seus livros e a sua estante?