Um livro de suspense que explora as complexidades do casamento e as verdades perigosas que ignoramos em nome do amor. Aos 37 anos, a recém divorciada Vanessa está no fundo do poço. Deprimida, morando no apartamento de sua tia, ela não tem filhos, dinheiro ou amigos verdadeiros. Ao descobrir que Richard, seu rico e carismático ex-marido, está prestes a se casar de novo, algo dentro de Vanessa se quebra. A partir de agora, sua vida irá revolver em torno de uma única obsessão: impedir esse matrimônio. Custe o que custar. Na superfície, Nellie se parece com qualquer outra jovem bela e sonhadora que veio para Manhattan começar sua tão sonhada vida adulta. Mas a personalidade tranquila que ostenta é apenas uma fachada. Em sua mente, perdura um segredo que a fez fugir de sua cidade natal e que a impede de caminhar em paz quando está sozinha. Ao conhecer Richard – bem sucedido, protetor, o homem dos sonhos – ela finalmente começa a sentir-se segura. Ele promete protegê-la de todos os males, para o resto de sua vida. Mas, de repente, ela começa a receber ligações misteriosas. Fotografias em seu quarto são movidas de lugar. O lenço que ela planejava usar em seu casamento desaparece. Alguém está perseguindo a, alguém quer o seu mal. Mas quem?

Thriller Psicológico | 352 páginas | Editora Paralela   
Vanessa é uma mulher ciumenta que acabou de ser deixada por seu marido por outra mulher mais nova e bonita, bem parecida com ela quando conheceu seu marido. Nossa protagonista sabia do caso de seu marido com outra mulher, mas nunca fez nada para impedir já que pensava que não iria dar em nada.
Após descobrir que seu marido está noivo da outra, ela resolve agir e é capaz de qualquer coisa para impedir que esse casamento aconteça.

Durante a leitura do livro eu queria saber quem era Vanessa, e porque ela estaria disposta a fazer qualquer coisa para conseguir seu casamento de volta. Com o tempo vamos descobrindo os motivos de Richard, ex-marido de Vanessa. ter se interessado por outra, os motivos do casamento deles ter acabado — que por um momento a culpa pareceu dela — e conhecemos um pouco mais da outra, Nielle, até o plot twist.
Depois dele você descobre que nada é aquilo que o livro mostrou: os motivos de Richard ter se interessado por Nielle, os motivos do casamento ter acabado, o porquê Vanessa querer acabar com esse noivado e principalmente ninguém é quem você achou que fosse, ninguém é como você pensou que fosse.
Depois do plot twist tudo parece confuso e há muitas pontas soltas, você fica sem entender o que exatamente está acontecendo, mas com o passar da leitura as situações vão sendo explicadas.
É depois do plot twist também que a leitura perde o ritmo, o livro se torna cansativo. Nessa parte as autoras não conseguiram manter a história. Mais perto do final, quando as coisas vão ficando mais claras para o leitor, o ritmo do livro melhora.
Vemos varias partes da vida de Vanessa e da outra, não há um aprofundamento tão grande dos personagens, mas não chega a serem superficiais demais. A história em si é muito boa, alternando capítulos entre a vida de Nielle e Vanessa e apesar de serem duas autora, não senti muita diferença no tipo da narrativa.
Não foi a leitura da minha vida, como diz na contracapa, mas com certeza foi uma leitura que eu curti fazer. 

Postado por: Aline Bechi

24 anos. Ama escrever e falar pelos cotovelos.
Posts criados 81

15 comentários em “A Mulher Entre Nós – Greer Hendricks e Sarah Pekkanen | Resenha

  1. Oi, Mika. Tudo bem? Ultimamente, tenho lido bastante livros do gênero e estava com o pé meio atrás com essa obra em particular, me parecia meio clichê. Mesmo você enfatizando que não foi a leitura da sua vida, vou da uma chance e vê o que rola. Ótima resenha.

    Bjo
    lidiiadias.blogspot.com

  2. Oi, Ally! Eu já tinha visto essa capa pelas livrarias da vida, mas nunca tinha parado pra ler a sinopse então não tinha ideia do que se tratava. Gostei muito disso de nada ser o que parece e fiquei muito curiosa pra saber qual é o tal do plot twist, mas confesso que o fato da história ter se perdido depois disso me desanimou um pouco. Uma pena, né? De qualquer jeito, adorei a resenha!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Conhecendo termos literários Como limpar seus livros e a sua estante? 5 formas de ler e-books 5 livros com CEO que não são babacas 8 livros para chorar