Criar conteúdo nem sempre foi o plano principal que eu tinha traçado para a minha vida. Afinal, quando criei o blog em 2016, eu fazia única e exclusivamente por hobbie e o mercado de influenciadores digitais nem tinha sido criado oficialmente.

Porém, hoje as circunstâncias mudaram. Eu sou formada em Administração e desde a minha graduação eu já via um potencial para os ditos então criadores de conteúdo. A era da internet abriu um novo mercado, trouxe mais possibilidades e muita gente está tentando entrar nesse meio. E é aí que eu me encontro.

Terminando o curso, eu me via em uma encruzilhada: emprego x estudar para concurso. As perspectivas não eram nada boas e eu precisava de planos. E foi aí que eu comecei a perceber que talvez trabalhar com a internet fosse algo que eu pudesse fazer para me sustentar.

Com o crescimento do blog as parcerias com autores, editoras e publicidades para empresas começaram a surgir, e assim que o instagram se tornou uma rede social tão importante, as coisas que antes eu fazia por hobbie, hoje se tornaram parte de um trabalho. Mas nada foi fácil. Eu tive que focar muito em conteúdo para conseguir ter um crescimento em um prazo curto.

E enfim, depois de tanta dedicação, eu comecei a receber um retorno por todo esse trabalho!

Como vocês sabem, eu estou participando de um projeto com o Google. Geralmente empresas grandes geralmente requerem Nota Fiscal e Contrato para fechar um trabalho de criação. Porém, somente pessoas jurídicas podem emitir NFs, e foi por este motivo que eu precisei abrir uma MEI.

E o que é MEI?

MEI (Micro Empreendedor Individual) é uma categoria destinada a pequenos empreendedores que começaram um novo negócio ou trabalham por conta própria. É uma forma de trabalhadores autônomos conseguirem regularizar o seu trabalho, e a partir do momento em que você vira uma MEI, você consegue alguns benefícios como:

  • isenção de tributos federais,
  • valor de mensalidade fixo,
  • direito a aposentadoria,
  • direito a licença maternidade e
  • direito de ter até um (01) funcionário

Eu criei a MEI única e exclusivamente para este projeto, mas também é uma forma de conseguir fechar projetos futuros, já que ao responder com um CNPJ, você traz mais profissionalismo ao seu trabalho. E como disse antes, algumas empresas somente te contratam mediante a emissão de Nota Fiscal, então acaba se tornando uma necessidade.

E como faz para abrir uma MEI?

Todo o processo é feito via internet, então você faz tudo online. É muito rápido e um processo simples. Porém, para emitir notas fiscais é um pouco burocrático e você precisa de alguns documentos importantes, como certidão de criação da MEI, inscrição estadual e etc. Para você não se perder nesse rolê todo, eu indico pesquisar no SEBRAE sobre esses documentos e onde encontrar. Lá tem tudo explicadinho e vai te ajudar muito.

Mas vale realmente a pena ser um MEI? Eu preciso ser também?

Depende. Quando eu estava decidindo trabalhar com a criação de conteúdo e gerar nisso uma renda, eu já imaginava que precisasse abrir uma MEI para cumprir todos os requisitos que esse trabalho me traria. Mas se você não pretende trabalhar com isso ou ainda não teve um crescimento que sustentasse esse tipo de trabalho, não vale a pena!

O ideal é que você realmente veja um retorno com o que você está fazendo, seja no blog ou no instagram, e queira investir nisso. Não é algo fácil e o sucesso não vem rápido. Eu mesma ainda estou entrando nisso com a cara e a coragem. 

Então agora sou empresária, CEO de minha própria empresa <3

Queria tá assim com o dinheiro que eu gosto

Se vocês tiverem qualquer dúvida sobre algo que eu citei acima, deixa nos comentários que eu vou tentar responder!

24 anos. Ama escrever e falar pelos cotovelos.
Posts criados 121

2 comentários em “MEI: O primeiro passo para um criador de conteúdo

  1. Oi Miriã,

    gostei desse post mais informativo sobre algo que é relacionado com o mundo dos blogs mas não exatamente com leitura.

    Eu ainda tenho que comer muito arroz com feijão para conseguir me sustentar só da criação do meu conteúdo.
    Fico mega feliz que você seja a CEO da sua própria empresa <3 Bom saber que as coisas dão certo

    Boas leituras,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Livros com músicos 5 motivos para ler Bone Crier’s Moon 5 autoras de romance de época para conhecer Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends