Título: Bela Redenção
Autor: Jamie McGuire
Lançamento: 2015
Páginas: 308
Gênero: Literatura Estrangeira
Editora: Verus

Sinopse: A aguardada continuação de Bela Distração Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil. O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis. Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo. Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox. 

Depois de ter lido Belo Desastre e ter gostado bastante da série dos irmãos Maddox, resolvi arriscar e comecei a ler Bela Redenção, que conta a história do irmão mais velho Thomas. Acredito que todos os livros devam ser lidos na ordem certa, porque apesar de serem independentes, tem alguns fatos que podem ser mal interpretado nos outros volumes e você acaba levando um belo spoiler. Eu fiz o favor de não ler na ordem certa e não sei bem se vou querer ler os outros volumes justamente por estes motivos.
Thomas Maddox é o filho mais velho e consequentemente mais apegado a seus irmãos, já que ele ajudou seu pai a criá-los quando esta morreu. De todos os pedidos que ela fez para os filhos, o mais importante era nunca trabalhar na polícia. Porém, Thomas cresceu e acabou se tornando um agente secreto do FBI, e com medo do que sua família diria, ele mente para todos ocultando onde realmente trabalha.
Liis Lindy é uma agente do SWAT e acaba de ser promovida. Após terminar um relacionamento de anos com um colega de trabalho, Mick, esta promoção chega na hora certa para fazê-la esquecer de seus problemas. Mudando de cidade, ela sai uma noite para conhecer o bairro novo e lá entra em um bar. Conversando um pouco mais, repara em um homem que acaba de entrar e depois de várias provocações, juntos tem a melhor noite de sexo.
O que ela não esperava é que o tal cara seria seu novo chefe, e o pior, ele tem a fama de ser intragável quando o assunto é trabalho. Thomas também fica desconcertado assim que descobre que Liis é sua nova subordinada, mas ele tenta se manter afastado dela, afinal, trabalho é trabalho. Aos poucos vamos conhecendo mais sobre a vida de ambos e entendendo seus medos e aflições. Enquanto Liis tenta se despregar de seu passado e não quer tentar ter um novo relacionamento com alguém do trabalho, Thomas ainda está se recuperando da separação com Cami, a única garota que realmente amou e agora nova namorada de seu irmão Trent.
Pois é. Apesar de saber que tinha um triângulo amoroso entre irmãos, eu arrisquei e li o livro na ordem errada e por isso fiquei com uma péssima impressão da Cami. Não engoli esta história dela com o Trent, apesar de muitos terem gostado mais da história dos dois. Infelizmente, minha opinião sobre namorar um irmão e em seguida ficar com outro, independente do motivo, tira alguns pontinhos comigo em relação ao caráter da personagem. Se fosse na vida real, isso seria muito impossível, por isso algumas coisas no livro ficaram muito fantasiosas, assim como em Belo Desastre.
Thomas é reservado, carrancudo e cara de mal, mas assim que vê Liss, suas feições mudam e ele se torna acessível, companheiro e carinhoso. Já Liis é uma mulher forte, que vive para o trabalho, sabe o que quer e busca o que quer. E mesmo com as coisas saindo de seus eixos, ela se mantém forte e não dá o braço a torcer para Thomas, sempre que possível está o desafiando, coisa que ninguém faz.
Apesar de ambos relutarem e de Thomas ainda sofrer por outra, eles não conseguem ficar sozinhos e se rendem diversas vezes as provocações. Um caso do FBI que envolve o Travis e Abby, protagonistas de Belo Desastre. farão com que ambos trabalhem juntos e finjam ser um casal e juntos começam a entender que o que sentem é mais do que disfarce. Mas o medo de Liis em relação ao relacionamentos e a paixão que ainda embaça os olhos de Thomas, farão com que essa redenção demore mais do que o esperado. 
Eu gostei muito do livro, mas como disse, não engoli algumas coisas e achei o chororô do Thomas meio cansativo. Ele vacila bastante com a Liis, e isso me deixava indignada. Cami apareceu algumas vezes tentando se desculpar com ele, mas na narrativa, fiquei com a impressão que ele queria “provocar” Thomas, e não realmente se desculpar. Infelizmente não gostei dela ao ponto de não querer ler o livro Bela Distração.
O relacionamento de ambos é plausível, se baseia em atração, mas acaba se tornando algo mais. O que eu não entendi foi o final, que começa com uma ação, e no próximo capítulo, tudo já está resolvido. Não temos explicações de como as coisas com Abby e Travis procederam, só vemos um breve parágrafo explicando tudo meio mais ou menos. Parecia que a autora queria correr para o final e quando chegou lá, não soube desenvolver. Mas como forma de redenção, ela fez um epílogo digno de carinhas fofas. Fiquei apaixonada pelo Thomas e pela Liis, um casal muito mais inseguro do que aparentava ser mas que acabou ultrapassando as barreiras e enfim teve seu final feliz.
Fonte: O Sentido Contrário
Posts criados 1379

12 comentários em “[Resenha] Bela Redenção, de Jamie McGuire @Verus

  1. O blog está muito bonito e organizado Miriã, parabéns!
    Eu comprei esse livro tem pouco tempo, numa promoção. Já li Belo desastre, mas tbm achava que dava pra ler Os irmãos Maddox fora de ordem, já me disseram que não dá, então vou ter que correr atrás do Bela Distração pra não me arrepender dps, rsrs
    Bjs
    hhtp://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends Spoiler: 3º ato de Arcane Músicas com representatividade LGBTQ+ Bully Romance: o que é + indicações