Regra número um da Wingmen: nunca se apaixone por um cliente.

Depois de um acidente que pôs fim à sua carreira, o ex-recruta da NFL Ian Hunter está de volta ao campus – e está pronto para começar seu novo jogo. Como uma das cabeças pensantes por trás da Wingmen, Inc, um bem-sucedido e discreto serviço de relacionamentos, ele coloca seus vastos conhecimentos sobre as mulheres a serviço dos solitários em busca de alguém. Mas quando Blake Olson solicita os serviços da Wingmen, Inc, Ian pode ter encontrado sua cliente com menos esperança de sucesso.

Dos acessórios esportivos cafonas à infeliz escolha de calçados, Blake vai precisar de um milagre se quiser encontrar um crush. Com um cupido profissional a seu lado, pelo menos ela tem uma chance de tentar. Ian sabe que seu aconselhamento e uma reforma completa podem transformar Blake em mais um caso de sucesso. Mas quando Blake começa a se transformar de horrorosa em deliciosa, Ian percebe que corre o risco de quebrar sua principal regra.

Ian Hunter é um ex-jogador profissional da NFL que teve sua carreira encerrada depois de um acidente. Agora ele e o melhor amigo Lex estão tocando uma discreta empresa de relacionamentos. A  Cupidos S.A. tem como objetivo ajudar jovens mulheres desengonçadas a atraírem o amor de suas vidas, e quem melhor que um conquistador nato para ajudá-las nessa empreitada que não Ian?

Ian é um homem sexy, determinado e cheio de segundas intenções. Mas ele e Lex tem uma regra que seguem muito à risca: jamais devem se envolver com uma cliente.


O problema é que a desengonçada Blake, a nova colega de quarto da melhor amiga de Ian e também mais uma cliente da Cupidos, chegou para colocar toda a determinação dele à prova. Blake quer chamar a atenção de David, um amigo de infância, mas suas roupas largas de esportes e a timidez são um grande empecilho para ela, e por isso a ajuda de Ian é tão necessária. Mas será que ele conseguirá resistir a jovem moça?

Blake era leal e esforçada. E se importava, mesmo com alguém com quem não devia se importar… eu.

O Manual da Conquista é um livro rápido, divertido e perfeito pra quem quer intercalar com alguma leitura mais densa. Quem já leu os livros da Rachel sabe que a autora aposta em personagens carismáticos e no bom humor, e aqui não foi diferente.

Ian é quem narra a história e foi uma das poucas vezes que não senti necessidade da autora intercalar com um protagonista feminino. O personagem é divertido, sarcástico, bem humorado e conduz a história com maestria. Seus comentários são bem engraçados e sua amizade com Gabs e Lex também é o ponto alto da obra. Suas dicas sobre conquista não são desnecessárias e a forma como ele trata o sexo feminino é cheio de cumplicidade. Percebemos que Ian é aquele tipo de homem que adoraríamos ter como amigo, porque ele sempre está lá pra quem precisa, ao mesmo tempo que nos apaixonamos por sua sensualidade.

Blake é uma protagonista bem clichê, mas que vai ganhando mais desenvoltura e confiança com o passar das páginas. A amizade com Ian é um motivo que a faz se desenvolver e foi muito legal ver a dinâmica deles.

Pela primeira vez na vida, queria uma garota que não podia ter. E isso era uma porcaria.

Gabs e Lex são personagens que estão constantemente aparecendo aqui, e já percebemos que eles se odeiam. Então adivinha de quem será o próximo livro?? Lex é tão canalha quanto Ian, se não mais, e Gabs é uma mulher mandona mas uma boa amiga. Amei as interações deles porque ambos não se suportam, mas já sabemos que isso é só fogo encubado e vontade de dar.

O livro é muto leve e passa bastante rápido. Eu ri bastante e gostei muito dos personagens. A obra também tem uma adaptação na Passionflix, que é bem fiel ao enredo original. Gostei bastante e super recomendo! Tem disponível no Kindle Unlimited.

Wingmen Inc. #1 | 284 páginas | Editora AllBooks | Nota: 5/5

Posts criados 1379

19 comentários em “O manual da conquista – Rachel Van Dyken | Resenha

  1. Miriã!
    Deve ser um livro delicinha!
    Adoro quando as personagens são bem clichês e quero v er se Ian vai mesmo seguir a regra de não se apaixonar ou envolver com uma cliente.
    E claro que o próximo livro parece que vai pegar fogo também.
    cheirinhos
    Rudy

  2. Olá,

    Já li outros livros da Rachel, gosto muito da escrita dela, é bem rápida e você fica presa com os personagens até acabar. HAHAHA
    Não sabia desse livro dela, mas já adicionei na lista e quero ler logo!
    Passada que tem adaptação já KKKKKK

    Beijos

  3. Bonito esse moço da capa hein? Com uma cara de quem não presta, igual a gente adora nesses livros clichês hahah. Achei legal a história ser contada do ponto de vista dele, não estou lembrando de ter lido algum outro desse tipo, que não tenha sido contado pela principal, ou intercalado né. Gostei.
    Beijos

  4. Eu amo a capa desse livro!Mas confesso que ainda não tive oportunidade de ler. Aquele livro estilo sessão da tarde, que faz rir e junto, aquece o coração!!!
    Espero de coração, poder conferir ele. Aliás, que pilha de livros hein???
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

  5. Olá, Miriã.
    O que mais me interessou nesse livro é ele ser narrado pela visão masculina. Eu só li uma série assim até o momento, Big Rock, que gostei muito. Menina me atrapalho todo com esse nomes. Blake no meu pensamento é masculino e Lex feminino hehe. Já adicionei no kU para ler hehe.

    Prefácio

  6. Dificilmente livros como esse me deixa interessado, mas por ser um livro rápido, divertido e bem escrito, sem dúvidas seria um livro que eu leria! Nunca é ruim ler um livro leve e fácil de ser lido sem tantas reviravoltas!!

  7. Oi, Miriã
    Esse livro é daqueles para tirar da ressaca, uma leitura leve e divertida.
    Ian é um galinha, mas tem suas qualidades é um bom amigo, excelente profissional. E ainda se apaixona por sua cliente.
    Estou curiosa para saber mais, beijos.

  8. Conheci essa história primeiro pelo filme, tava passeando pela passionflix e dei de cara com ele mas adiei porque gosto de ler primeiro kkk. Confesso que foi a primeira resenha qu li do livro, fiquei muito curiosa com a história dos dois, gosto desses romances que o casal não tem pretensão de ficarem juntos mas acaba rolando. Já vai pra lista

  9. Olá! Para variar gostei bastante da história, ainda mais por ser daquelas que os sorrisos e suspiros estão garantidos e fiquei ainda mais empolgada por saber que temos uma adaptação, apesar delas sempre me deixarem com os dois pés atrás, já deu para perceber que a Passionflix não decepciona tanto assim nesse quesito.

  10. Amo clichês rapidos e divertidos para ser ler em 24 horas. É legal quando algum personagem é desengonçado, pois tira aquele ar de personagem perfeito, melhor ainda quando a desengonçada conquista o cara mais bonito. Lógico que vou ler esse livro mais do que legal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

O que esperar da 3ª temporada de Sex Education 5 motivos para você ler O Inverno entre Nós A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro