Depois de anos após rumores, enfim saiu a parte 2 de Verdades Secretas, vencedora do Emmy Internacional de 2015. A minissérie escrita por Walcyr Carrasco traz mais uma vez o mundo das passarelas e o submundo da prostituição em 50 episódios, sendo 10 episódios lançados a cada 14 dias no serviço de streaming Globoplay.

Já na primeira cena vemos Angel (Camila Queiroz) em um acidente de carro. Ela consegue salvar seu filho pequeno, mas Gui (Gabriel Leone) não tem tanta sorte e acaba morrendo. Viúva, ela descobre que o marido estava envolto em dívidas e deu todos os bens, incluindo a casa em que moravam, como garantia. Sem dinheiro para cuidar da criança, Angel pede ajuda a Visky (Rainer Cadete) para voltar a modelar. Ele ainda é booker e agora trabalha para Blanche LaBelle (Maria de Medeiros), que aceita prontamente receber Angel, desde que ela também faça o Book Rosa.

E já temos o primeiro cliente da garota: Percy (Gabriel Braga Nunes), milionário e sócio de Ariel (Sergio Guizé) em um empreendimento. Acontece que Percy é adepto ao sadomasoquismo e fica completamente encantado por Angel, que tentará ao máximo declinar suas investidas.

Paralelamente a isso, temos a volta de Giovanna (Agatha Moreira) de Paris, disposta a provar a todos que seu pai Alex (Rodrigo Lombardi) está morto para enfim colocar as mãos na herança deixada por ele. Ela tem certeza que foi Angel quem matou o pai, mas para colocar a rival na prisão precisa reabrir o inquérito e ter provas, e é aí que ela contrata Cristiano (Rômulo Estrela), investigador particular e policial afastado, para fazer esse trabalho.

Essa é basicamente a trama principal da história mas ao longo dos episódios vemos mais desdobramentos enquanto os arcos vão surgindo. E se você quer dedo no cu e gritaria, já pode assinar o Globoplay porque essa história promete muita treta!

Angel é vendida como uma jovem dissimulada. Com ares de inocência, ela consegue enganar todos à sua volta para conseguir o que quer. Muitas vezes até desconfia o telespectador porque não sabemos se seus sentimentos e ações são genuínas ou somente fruto de seu cinismo. Mas a atuação da Camila ainda continua engessada, e você percebe isso já nas primeiras cenas. Ela carece de desenvoltura e parece meio robotizada em alguns momentos. E aí fica a questão de isso ser proposital ou não. Sinceramente eu acho que não é, e você percebe que falta algo a mais pra ela te convencer como personagem.

Já Agatha Moreira conseguiu abraçar o papel com vontade. Aqui temos uma Giovana mais agitada, cheia de atitude e raiva, e conseguimos perceber tudo o que a personagem sente através de suas expressões e ações. É claro que muito de seus trejeitos é fruto da direção de arte mas o telespectador consegue sentir que a atriz está bastante confortável com seu papel, entregando vários momentos sensuais e dramáticos. Inclusive as melhores cenas quentes são protagonizadas por ela 🔥 

Rômulo no papel de Cristiano está bem interessante. O ator sabe entregar também nas cenas quentes, mas o próprio personagem carece mais de desenvolvimento. Pouco sabemos sobre ele, e o interesse que ele tem em Angel é tão rápido e fácil que chega a ser cômico. É o famoso instalove que vemos nos livros. No terceiro episódio e o cara já está de quatro por ela. E eu esperava bem mais desse “romance” porque se temos 50 episódios e ele já está assim nos 10 primeiros, é sinal que muita coisa ainda pode acontecer.

Pra mim o melhor personagem continua sendo Visky, interpretado pelo Rainer. Ele é um poço de carisma e ousa nas falas e expressões. Além disso ele é divertido e foi o que eu mais gostei pois traz ‘leveza” pras cenas que já contém uma certa tensão. Vamos ver mais do seu envolvimento com Joseph (Ícaro Silva) e também suas implicâncias com Luderca (Dida Camero).

Nas tramas paralelas nós temos a volta de Ariel, agora casado com Laila (Erika Januza) que insiste em voltar a trabalhar como modelo. Para isso ele se envolve com Blanche, que acaba aceitando-a na agência, mas a um alto preço. E é claro também temos a meia-irmã de Gui, Lara (Julia Byrro), que acredita que Angel é culpada pela morte dele e fará de tudo para se vingar. Só que no meio do processo, ela será assediada por seu padrasto Nicolau (Julio Machado).

A trama traz novamente a prostituição como um dos temas principais e abuso de drogas pelos personagens, que vire e mexe estão usando ou cheirando algo, inclusive Bruno (João Vitor Silva), irmão de Giovana, que já saiu várias e várias vezes da reabilitação. Já nas cenas de sexo eles ousaram bastante e apostaram em muita nudez, principalmente dos personagens principais que sempre estão no vuco-vuco. E dá inveja hein!

Em termos técnicos, a fotografia trouxe tons mais escuros e sombrios. Quase todos os quadros de cenas são escuros com poucos pontos de luz. Em relação a trilha sonora, temos músicas atuais mas extremamente repetitivas, assim como as transições de cenas, que sempre são as mesmas, o que cansa o telespectador no tempo que está assistindo.

De modo geral, Verdades Secretas II mais promete do que cumpre. É ousado na sensualidade? É! Mas fora isso é uma trama repleta de furos com explicações rasas que não convencem, sem contar que é totalmente previsível. Espero realmente que os demais episódios nos surpreendam, mas não estou com muitas esperanças.

24 anos. Ama escrever e falar pelos cotovelos.
Posts criados 118

2 comentários em “Minissérie: Verdades Secretas II

  1. Olá, Miriã.
    Eu estou terminando a primeira temporada e já estou bem ansiosa com essa. Eu não espero muito da trama não, até porque já avisaram que tem mais sexo do que história nessa segunda temporada hehe.

    Prefácio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends Spoiler: 3º ato de Arcane Músicas com representatividade LGBTQ+ Bully Romance: o que é + indicações