E vamos então de mais um resumão das minhas últimas leituras. Lembrando que essas obras não serão resenhadas porém terão uma breve opinião minha acerca da leitura.

O livro conta a história da fisioterapeuta Fernanda, que infelizmente após um colapso no trabalho, descobre estar passando por uma Síndrome de Bornout. Essa síndrome é resultado do esgotamento emocional e físico de uma pessoa que vive sua vida para o trabalho, que é o caso da nossa protagonista. Sendo obrigada a se afastar e ter que rever suas prioridades, Fernanda vai começar a perceber certas coisas em sua vida que não tem mais a agradado como antes.

A trama é bem simples e o livro não tem grandes reviravoltas. O interessante mesmo é o processo de reconstrução que a personagem precisa lidar. Ela se vê perdida em diversos momentos e algumas decisões que precisa tomar são difíceis, mas eu gostei muito porque eu estava passando por uma situação semelhante à dela e me senti um pouco acolhida sobre sua história.

Nota: 4/5

Filha da Máfia foi lido em uma leitura coletiva. A obra foca em Danielle, filha de um dos homens mais importantes da máfia e também casada com um deles. Porém, a vida aparentemente perfeita dela não existe. Ramon, seu marido, na verdade é um troglodita assediador que impõe sua vontade sobre a esposa. Após algumas reviravoltas, iremos descobrir que existe um infiltrado na máfia. Resta saber quem é.

O livro é ok. Sinceramente eu esperava mais, mas acho que o fato de não ter me conectado com o casal principal fez com que eu não gostasse tanto assim da trama e as reviravoltas foram meio óbvias também. Mas curti o desenvolvimento da Danielle, que é muito forte para lidar com certas situações.

Nota: 3/5

Procura-se uma babá é o maior clichê de babá que você vai encontrar, e pra mim funcionou perfeitamente. Eu não estava esperando nada demais da trama e por isso não me decepcionei. A história traz a vida de Bruna, que deixa o Brasil para viver como au pair (babá) no Estados Unidos. Lá ela passa a cuidar de Sofia, uma garotinha de apenas 8 anos, e claro, a se encantar com seu chefe, Benjamin.

A Kel Costa escreve muito bem. E mesmo o livro tendo muitas páginas, é daquele tipo que nos cativa e deixa a gente preso na leitura. Pra quem ama esse plot, indico demais.

Nota: 5/5


Bridget trabalha em um hospital importante da cidade como enfermeira. Viúva e mãe de um filho de oito anos, ela precisa desesperadamente de dinheiro. E assim ela resolve alugar um quarto em sua enorme casa para o médico residente, Simon. Ambos tem uma boa convivência e existe uma tensão sexual absurda no ar. Porém Bridget tem medo de se envolver com um novo cara devido a memória de seu marido, e sabendo também que Simon irá voltar para a Inglaterra assim que terminar a residência.

Se você já leu algo da dupla infalível já sabe bem o que vai encontrar. Diálogos repletos de sarcasmo, muitas cenas quentes e plots fáceis de serem trabalhados. Uma leitura perfeita para qualquer momento.

Nota: 5/5


Entre a culpa e o desejo foi uma releitura. É engraçado porque na primeira vez que eu li eu achei super divertido mas hoje não achei tanto assim. A história é sobre a Phillippa, uma jovem lady que em breve irá se casar. Porém, por ser uma cientista e analisar precisamente as coisas de forma racional, ela está com medo e confusa sobre o casamento. Para isso, ela resolve descobrir sobre os prazeres carnais ao pedir o favor de Cross, um dos sócios do clube mais conhecido de Londres, o Anjo Caído.

Ele não aceita a proposta mas os caminhos de ambos irão se cruzar várias vezes e o desejo dele por ela acaba falando mais alto. Eu gostei muito da releitura, foi bem legal porque eu amo demais o casal, mas eu também senti que faltou a Sarah finalizar um plot que ela abriu na trama. Fora isso, foi ótimo.

Nota: 4/5


Kate é uma das donas de uma empresa de relacionamentos chamada Kinnections. Apesar do sucesso garantido da empresa, ela ironicamente não está em um relacionamento. Até que surge Slade Montgomery, um advogado de família, cravejado de divórcios e finais infelizes, que está disposto a processar a empresa por achar que eles são charlatões que vendem a ideia do amor para pessoas iludidas como sua irmã Lídia.

Ao tentar detê-lo e mostrar que seu trabalho é sério, Kate sugere que Slade entre no programa para encontrar seu par ideal. Só que aparentemente ele já encontrou, mas ambos vão demorar a enxergar isso.

À procura de alguém foi uma releitura também, e eu amei. Eu amo a escrita da Jennifer e ela te cativa com um enredo bem simples de comédia romântica. Se você gosta de enredos divertidos e sensuais, sugiro a série.

Nota: 5/5

É isso gente! Já leram algum desses livros?

Posts criados 1379

5 comentários em “O que eu achei? Últimos livros lidos #3

  1. Olá, Miriã.
    Eu comecei a reler Entre a culpa e o desejo e amei da primeira vez também e dessa não sei porque não estou gostando tanto assim da Pipppa. Vou anotar esse da babá porque gostei bastante de um outro livro que li da autora.

    Prefácio

  2. Oi, Sil
    Acho que a cada vez que fazemos releitura, temos a chance de acabar não gostando de algo que amamos antes. Eu não senti que a trama foi divertida, mas ainda assim gostei da personagem. Espero que você tenha uma boa experiência apesar de tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

O que esperar da 3ª temporada de Sex Education 5 motivos para você ler O Inverno entre Nós A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro