5 coisas que todo leitor odeia

É fato que ser amante de livros é uma das melhores coisas do mundo, EVER, mas infelizmente sempre tem aquelas coisinhas minúsculas que tiram a gente do sério e faz qualquer um odiar ser leitor. Eu passo muita raiva com algumas situações que só quem é leitor entende, e neste post eu vim justamente falar delas! Será que vocês já conseguem definir quais seriam elas?


A demora com os lançamentos

Tem coisa mais triste do que você ler um livro e descobrir que ele se trata de uma série mas essa tal série ainda não ter sido lançada toda? Ou pior, você lê uma premissa incrível de um livro no exterior, mas o dito cujo não foi lançado no Brasil ainda, e talvez demore anos para acontecer? Pois é. Se tem uma coisa que todo mundo odeia é a tal demora nos lançamentos, que vez ou outra mata a gente de ansiedade. Hello, editoras, sejam um pouco mais rápidas, senão você mata esse povo aqui!

Clichês
Não é que a gente não goste de clichês, mas infelizmente os clichês se tornaram tão banais que é muito difícil encontrar uma história que tenha um diferencial notável. Eu gosto bastante de histórias que sei exatamente o que vai acontecer, mas ás vezes cansa muito e eu acredito que todos nós queremos uma mudança. Óbvio que pensar em algo totalmente novo é um desafio e tanto para os autores, mas eu faço um apelo para que eles deixem de abusar um pouco dos terríveis clichês.
Preços exorbitantes
A crise está aí minha gente e enquanto o salário nosso não aumenta, os preços dos livros tão que tão lá em cima. Gente, eu não consigo mais achar um livro bom que seja por menos de R$25! Você entra na loja com 100 conto e sai de lá com 3 livros e ainda devendo a mais. É sério, produção? Eu sei que geralmente as lojas precisam aumentar os preços por conta da inflação e aquele blá blá blá todo, mas ninguém quer pagar R$40 num livro lançamento que tem uma capa furreca e nem de veludo é. O negócio é que todo leitor quer ter mil livros mas não quer ter que pagar por isso, a vida é assim minha gente.

O autor de um dos seus livros favoritos vir ao Brasil mas não passa nem perto da nossa cidade
Infelizmente quando os gringos falam Brasil, eles resumem o país em São Paulo e Rio de Janeiro, e o resto que se lasque. Vez ou outra entra um Porto Alegre e um BH no meio, mas basicamente é só SP e RJ mesmo, e isso é muito revoltante. Não sei nem porque eu ainda me animo de ver algum autor sendo que ele NEVER vai vir aqui em Brasília, e quando vem, eu não posso ir… a vida é injusta nénom? E infelizmente muita gente que não mora nessas cidades principais sofrem do mesmo mal que eu, inclusive pra aquelas bandas maravilhosas que a gente sonha em assistir o show, mas descobre que o ingresso vale um fígado e dois rins e ainda não vai acontecer na cidade da gente.

Ver uma sinopse muito legal mas se esquecer do nome do livro
Não sei se acontece muito com vocês, mas isso constantemente acontece comigo. Você vai na livraria, ou até mesmo vai ler uma resenha aqui no blog, lê aquela premissa simplesmente perfeita, coloca na cabeça que quer comprar o livro, mas na hora que chega o grande dia, tu não consegue se lembrar nem a pau do nome do santo. Gente, quantas vezes eu sofri com isso! Ás vezes queria indicar uma obra que já tinha lido, mas não lembrava do nome e olha que eu tentei muito. Pior é quando você quer pesquisar o título mas só lembra da capa KKKK que vida!

Estas foram as cinco coisas que tenho certeza que todo leitor odeia e eu espero que tenham se divertido, e também se identificado! Mandem suas opiniões nos comentários.
Tenham uma boa quinta-feira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

27 thoughts on “5 coisas que todo leitor odeia

  1. Oi! Eu não digo que não gosto, porque a maioria dos livros que li não passam de clichês, mas como estou englobando muitas pessoas no todo, eu coloquei o tópico aqui. Mas são ótimos mesmo para ressaca, eu nunca resisto a um.

  2. Oi Miriã!

    Eu estou rindo tanto com este post, meu deus! Você fala muito igual a mim, eu tenho essa mania de fala, e serio isso produção? Se você morasse aqui em BH com certeza a gente sairia juntas ahahha mas menina esse lance da crise esta difícil mesmo, antes para um livro custa 40 reais ele tinha que ser muito mas muito foda, e hoje qualquer livro custa 40 reais e.e antes era tão fácil comprar um livro de 20 reais, acho que já aconteceu deu esquece nome do livro depois de ler a sinopse e triste, a não fala em livros gringos eu quero tantos e só deus sabe quando vai chega nesse pais ai GOD! Você quer me desanimar de ler e fala que tem clichê demais no livro, hoje não tenho mais paciência e nem fala em autor gringo que da vontade de chorar hahahaha pagar passagem, comprar o ingresso e guarda dinheiro para comida tudo para ir na bienal e dormir na rua ainda hahahah não tá fácil gata, adorei o post.

    Beijinhos

    Resenha Atual

  3. Oi, Ingrid. Que bom que gostou! Eu tento fazer alguns posts mais divertidos e uns um pouco mais sério, mas meu intuito foi divertir vocês. Assim, eu ia na Americanas e saia de lá com um box e vários livros, hoje em dia eu mal entro na loja para você ter ideia do tamanho da crise. E os autores nunca iriam vir pra nossa cidade, isso é um fato :/ eles gostam mais de SP e RJ mesmo, tem que aceitar. Nunca nem fui pra Bienal justamente pela logística que seria quase impossível.

  4. Olá minha flor! Estou gostando muito dessas postagens especiais. Olha, desses tópicos o que mais me irrita é a demora nos lançamentos. Por essas e outras que nao gosto muito de acompanhar séries, trilogias que nao estejam toda lançada. kkkk
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

  5. Hey, Mi!
    Você e suas listas que nos define! 😀
    Esse negócio de amar uma sinopse – e no meu caso até a capa! – e esquecer o nome do livro me endoida! Literalmente… rs. Fico que nem louca procurando até achar! E quando não acho… sai de perto! haha.
    A questão da demora dos lançamentos são para mim um desafio de sobrevivência já que sofro de ansiedade e não sei lidar com essa situação D:
    Já sobre a vinda dos autores ao Brasil – lê-se SP e RJ – não vou nem comentar… Abril vem o Nicholas e maio vem a Jojo Moyes. Adivinha para onde?? E a capital do Brasil? Como você mesma disse, que se lasque! Afff, que ódio que me dá!!! D:
    Arrasou na postagem!!!
    Mil beijokas – Entre um Livro e Outro

  6. Oi flor, tudo bom?
    Socorro, me identifiquei com tudo UHAUHASUHASUHASUHASUH o tanto de vezes que eu perdi de ver autoras favoritas porque não dava pra ir pra SP não cabe numa lista. Dói o coração </3
    Sempre passo por algum livro legal no Tumblr e esqueço de anotar o nome, pior coisa.
    Adorei essa lista!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

  7. Oi, Denise. Que bom que gostou do post! A maioria dos eventos com autores nem acontecem aqui e eu nem coloco mais esperança, mas perdi o da Julia Quinn e fiquei bem chateada. Eu tenho uma agenda só para anotar o nome dos livros rsrs

  8. Olá, Miriã.
    Eu passo por todas elas hehe. Mas a dos autores eu até entendo, fica meio inviável levar autores internacionais para fora das capitais, mas quase sempre é só no Rio e em São Paulo mesmo. E quanto aos preços, tá dificil de achar livros por menos de 30, até os que ninguém quer comprar são menos que isso hehe.

    Prefácio

  9. Oi, Sil. Pois é menina, parece que a gente tem que fazer aquela vaquinha para conseguir comprar obras decentes, mas eu estou até me conformando e sempre compro nas promoções que encontro por aí.

@blogcapitulotreze

O livro de cada signo Rankeando os livros da série Bridgerton 10 livros mais abandonados pelos leitores de acordo com o Skoob Como melhorar seu inglês em pouco tempo 5 cafeterias para conhecer em Brasília