Seduzida até domingo – Catherine Bybee | Resenha

Meg Rosenthal: administradora de agência de casamentos e realista nas horas vagas, Meg não é mulher de se deixar seduzir por um empresário bonitão em um terno feito sob medida. Ela viajou ao exclusivo resort em uma ilha particular com o objetivo de avaliar o potencial do lugar para os clientes da agência, não a fim de se envolver com o dono do hotel. Mas há algo no fascinante italiano que é difícil de resistir, mesmo para uma mulher que se recusa a se apaixonar. Valentino Masini: o lindo e bem-sucedido homem de negócios está acostumado a ter as melhores coisas da vida. No entanto, ele nunca quis nada como quer Meg, a mulher que está criando uma tormenta em seu coração. Quando ele finalmente decide convencê-la a ficar, uma pessoa misteriosa resolve que talvez seja a hora de tirar Meg da ilha… para sempre. 

Romance | 292 páginas | Editora Verus | Nota:

As resenhas dos livros da série Noivas da Semana irão ter um breve colapso na ordem, isso porque comprei o sexto livro antes do quinto, mas mesmo assim, não se preocupem com spoilers, já que cada história é independente, apesar de ser imprescindível que leiamos na ordem.
Em Seduzida até domingo iremos conhecer Meg Rosenthal, a melhor amiga de Judy – protagonista do quinto livro -, e agora, mais uma contratada da Alliance. Já perceberam que as protagonistas sempre são as que trabalharam na empresa? Enfim… Meg é uma pessoa divertida, ousada e após estar trabalhando durante algum tempo com o negócio de casamentos, ela está disposta a conhecer algum lugar reservado onde seus clientes possam ir em “lua-de-mel” sem se preocuparem com paparazzis.
Foto por Leitora Encantada

É aí que a ilha Sapore Di Amoreaparece trazendo essa ideia. Valentino Masini é o dono do negócio e oferece acima de tudo privacidade em uma ilha paradisíaca no meio do oceano para seus clientes. Para confirmar se o local é tudo isso que realmente dizem, Meg resolve se hospedar lá durante uma semana com Michael Wolfe, o astro do cinema de Hollywood, que já foi mesmo um dos clientes da Alliance.

Chegando lá, Meg descobre que a ilha é realmente maravilhosa, mas nada se compara a Valentino, que é um deus grego de tirar o fôlego. A atração entre eles é imediata, mas como ela está lá como “companheira” de Michael para ninguém desconfiar de sua situação, é impossível se render as graças do dono do local. Porém, após terem chegado, Val começa a receber fotos de seus clientes, provando que alguém conseguiu passar pela segurança e está ameaçando a integridade do seu negócio, mas será que ele conseguirá encontrar o culpado a tempo das fotos vazarem?
Foto por Leitora Encantada
O mínimo que devo dizer que a autora Catherine é meio fantasiosa, porque ela cria cada situação que provavelmente aconteceria somente em filmes de suspense/ação, mas se eu me lembro bem, o terceiro livro da série, Noiva até sexta, teve tanta adrenalina que ainda não sei como me surpreendo com o enredo que essa mulher cria. É claro que eu gostei dos rumos que a trama tomou, mesmo que fossem um pouco forçados para um romance.
Não pude conhecer Meg melhor no quinto livro, mas aqui vemos que sua personalidade é ferrenha, ela é uma mulher que sabe o que quer e que faz de tudo para conseguir isto, e Val é um italiano maravilhoso, com valores igualmente incríveis, sendo também um macho lindo. É claro que eu shippei o casal, e o melhor de tudo é que eles não tem problema algum para ficarem, exceto a situação com Michael, ou seja, só depende dos dois para que o algo mais aconteça, e felizmente, eles não demoram a admitir isso.
Foto por Leitora Encantada
Na verdade, ouso dizer que a trama principal não é focada no casal e sim no motivo de alguém estar tirando fotos dos hóspedes da ilha, ameaçando o negócio de Val. Isso também além de termos um pouco mais da história de Michael, que dessa vez está realmente disposto a contar para seus pais que é gay, e a história de Gabi, a irmã de Val, que por sinal será a protagonista do último livro da série. Essa gama de enredos com foco não totalmente nos protagonistas foi o que me chamou atenção no livro, já que não tinhamos ninguém realmente contra o casal, mas sim em busca de outra coisa.
E aí chegamos ao vilão da história, que por sinal foi meio óbvio, mas que fez o leitor pensar muito para saber suas verdadeiras intenções. O livro tem romance? Tem no momento certo, mas acredito que a trama do meio ao fim tem mais ação do que tudo, coisa que eu sinceramente gosto.
A escrita da Bybee continua perfeita, ágil e de fácil entendimento. É impossível não ler os livros dela correndo, isso tudo porque ela cria situações inimagináveis, que deixam o leitor tenso e ávido por respostas. O jeito agora é ler o quinto livro e partir para o final, que já estou super curiosa para saber como será. 
Foto por Leitora Encantada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 thoughts on “Seduzida até domingo – Catherine Bybee | Resenha

  1. Oi, Mi

    A Cat é meio fantasiosa mesmo, acho que ela está escrevendo o gênero errado! Hahahahah
    E o engraçado é que só o primeiro livro foi mais NA, os outros são meio indefinidos! Hahaha
    Eu acho a cor dessa capa lindona. Parei no segundo livro, mas estou com o 3, 4 e 5 aqui, então daqui a pouco dou um gás nessas loucuras fantasiosas dela! Hahahaha

    Beijos
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

  2. Olá, Miriã.
    Eu só li até o terceiro livro dessa série e me surpreendi como a autora inseriu tanta ação em livros de romances. Mas assim que der vou ler todos. Eu tenho até esse, só falta o ultimo. E essas capas perfeitas. Suas fotos ficaram lindas.

    Prefácio

@blogcapitulotreze

Livros baseados na história de Cinderela Por quê você precisa assinar o Amazon Prime? 8 motivos para assinar o Kindle Unlimited Todas as edições de Harry Potter publicadas no Brasil Como economizar na hora de comprar livros?