Faz quase três meses que eu não trago uma Batalha de Capas para vocês, isso porque são tantos posts para trazer pra cá que eu acabo me esquecendo, mas dessa vez resolvi começar o ano com um livro que li recentemente e que foi meu xodózinho: Como se casar com um marquês, da Julia Quinn. O livro é o segundo de uma duologia e já tem resenha no blog, que você pode ler aqui
CAPA BRASILEIRA
Eu amo a capa brasileira, ela é delicada e remete muito bem a história, além de ter esse jogo de cores claras e em tons pastéis. É linda minha gente.
CAPAS GRINGAS
Espanha: Eu gosto muito dessa capa, ela é meio de romance de banca mas é uma das mais bonitas.
Alemanha: Totalmente não! Uma capa super sensacionalista de romance de banca KKKK Chega, meu Deus.
Hungria: Essa capa não é feia, mas ela me lembra mais a capa de A noiva fantasma pela escolhas de cores atrás da modelo. Não dá pra um romance de época.
Inglaterra: A Inglaterra tem a mania feia de fazer capas neste estilo, mas vou dar um desconto que o livro foi publicado lá em 1998 (ou 1999), mas mesmo assim não gostei.
Resumindo, a capa da Espanha é a mais bonita entre as quatro, só perde para a do Brasil que realmente está linda.
E qual a favorita de vocês? Não esqueça de votar!

CAPA VENCEDORA DO DESAFIO ANTERIOR
Posts criados 1379

34 comentários em “Batalha de capas: Como se casar com um marquês

  1. Oi Mi, adorei o post! É sempre interessante ver a diferença que há nas edições. Quando vi a da Hungria na hora pensei em um livro de terror kkkk. Beijos!

    escrevendoerabiscando.blogspot.com.br

  2. Adoro ver postagens comparando as capas nacionais com as de outros países. Para mim, as melhores comparações são com as capas de Harry Potter, há tantas edições que nem dá para acreditar =D
    Dessas daí acho que a melhor é a Inglesa, achei minimalista e interessante, mas nem se compara a versão brasileira! A capa daqui é muito chique.
    Beijinhos

  3. Adoro esses post de batalha de capas, porém, quase nenhum dos blogs que acompanho fazem.
    Sem brincadeira, estou chocada com essas capas. O que que a Alemanha estava fazendo quando pensou em colocar essa capa, sinceramente, ficou muito ruim.
    Não gostei da da Inglaterra não, mas, como você falou sobre o ano que foi publicado, então até dá para entender, mas, ainda assim, é feia.
    Gostei da da Hungria, mas, como você falou, não parece se remeter necessariamente a um romance de época.
    A que mais gostei foi a da Espanha, porém, não amei, é só que é a melhor dentre as 4. No fim, a brasileira é bem melhor que todas, não é?
    Adorei ver as capas Miriã, muda tanto de um país para o outro. Traz mais posts assim.

    Beijos,
    Magia é Sonhar

  4. Sem dúvida a capa do Brasil é de todas, a melhor, delicada e bela.
    Quanto às outras, a da Alemanha me assustou um pouco, kkk. Muito exagerada. E a da Inglaterra está realmente ultrapassada, daria para perdoar só se o livro fosse do começo do século anterior, e não do fim dele. Definitivamente, não.
    Votei na capa da Espanha por que foi a que deu pra salvar, essa imagem da capa me lembrou os contos da Disney. KKKKK;
    Beijo! http://www.apenasleiteepimenta.com.br

  5. Real, a capa do Brasil é muuuuito mais bonita que essas outras aí. A da Alemanha é péssima demais, bicho HAHA, a da Hungria realmente lembra algo mais sombrio (apesar de não ter lido o livro, acho que ele não tem essa vibe, né?), a da Inglaterra me deixou meio indecisa, achei delicadinha mas ao mesmo tão sem graça, sabe? A da Espanha é a mais bonita entre as quatro mesmo. Adorei o quadro!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Conhecendo termos literários Como limpar seus livros e a sua estante? 5 formas de ler e-books 5 livros com CEO que não são babacas 8 livros para chorar