Situações que somente um leitor vai entender

O ser humano não se livra de pagar mico né? E se tiver falando de mim, é aí mesmo que eu concordo. Nós leitores vivemos diversas situações muitas vezes constrangedoras e até engraçadas em nossas vidas por conta dos livros, e eu vim falar justamente sobre algumas que passei que tenho certeza que somente você, que é leitor também, vai entender.

Chorar no trabalho e seu chefe perguntar se você está passando bem

Quem nunca? Eu não lembro qual foi o livro que li, só sei que o livro nem mesmo era um drama, mas como sou chorona, fiquei emocionada e acabei derramando algumas lágrimas bem na hora que um dos meus chefes estava passando. Pronto. Ele me olhou preocupado, crente que eu estava passando por algum problema e até me perguntou se eu estava naqueles dias! Juro, minha cara foi no chão na hora… paguei o maior mico. Quando disse que era por causa do livro chega ele ficou sem graça olhando pra mim.

Rir tão alto dentro do ônibus que as pessoas começam a olhar estranho

Quem já leu a trilogia A Aposta sabe o quanto esses livros são engraçados, mas são engraçados mesmo que você chega quer rir extremamente alto onde você estiver, e foi isso que aconteceu quando eu estava voltando da faculdade certa vez. Estava eu lá, linda e feliz rindo a toa enquanto terminava o livro, e de repente levantei a cabeça e TODO MUNDO tava olhando pra mim como se eu fosse Carrie, a estranha. Só quem anda de ônibus vai entender essa vergonha…

Ir toda feliz a livraria comprar um livro e sair de lá com uma facada após ver o preço

Confesso, eu sou pobre! Me sobra pouco dinheiro pra investir em livros mas mesmo assim eu tento comprar eles ao máximo, coisa que deixa minha mãe e minha tia putas da vida, mas fazer o quê… Quem nunca foi lá na livraria toda feliz achando que ia comprar alguma coisa mas saiu lá tipo assim “Volta o cão arrependido, com suas orelhas tão fartas, com seu osso roído e com o rabo entre as patas”? Se eu for contar quantas vezes isso aconteceu não dá pra por no gibi.

Conversar sozinha a respeito do livro e mais uma vez, todo mundo te olhar estranho

Não sei vocês mas eu gosto de “resenhar” o livro em voz alta, tipo falar pra mim mesma o que estou achando da leitura, o que não gostei, principalmente se o livro for impactante como Caraval, Quando tudo faz sentido e essas coisas. Diversas vezes faço isso e ás vezes esqueço que falar sozinha é meio estranho pras pessoas, principalmente se você está na rua, então sim, elas me olham como se eu estivesse vendo espíritos, o que é muito vergonhoso. Eu até tento disfarçar fingindo que estava falando pelo telefone através do fone de ouvido mas não rola. A vergonha já foi passada e eu comprei a crédito parcelada em 6x.

Falar com muita emoção sobre um livro, mas tipo, ninguém se importa realmente

Se a pessoa não for viciada em livros que nem você, ela nunca vai entender quando a gente quer ficar horas e horas conversando a respeito de uma obra. O triste disso é que você tá lá, cutucando a pessoa o tempo todo pra ela sentir aquilo que você sentiu também, mas depois percebe que ela nem deve ter ouvido 10% do que você falou. Não tem coisa mais chata que explicar um livro pra alguém que não tá nem aí pra isso. E vocês acham que eu tomo vergonha na cara e deixo a pessoa ficar de boa? Até parece. Cutuco ela até ela entender realmente quanto eu gostei do livro. Minha irmã mesmo já sabe sobre todos os livros que li de tanto que eu falo KKKK
Só mesmo a gente pra entender essas coisas que o leitor passa né? Espero que tenham curtido e se identificado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

24 thoughts on “Situações que somente um leitor vai entender

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA me identifico com tudo! Hahahaha
    Uma vez no trem eu cheguei a soltar um "filho da puta" lendo Entre Quatro Paredes… o cara do meu lado me olhou e deve ter pensado que eu estava xingando ele! Hahahaha
    Já chorei também, é muito confrangedor! Hahahaha
    E nem me fale em preços nas livrarias, faz 84 anos que só compro online (com exceção da Bienal) pq acho os preços das livrarias um absurdo!

    Beijos
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

  2. Oi Mi! Tudo bom?
    Seria eu esse post todo? A facada no peito toda vez que entro na livraria pra apreciar os livros e vejo os preços NÃO TÁ NO PAPEL. Mas sempre acabo achando um mais baratinho – principalmente na Saraiva daqui, que costuma colocar os gringos em promoção – e saindo de lá com ele. E ai me sinto culpada por ter gastado 😛
    SOU A BECKY BLOOM DOS LIVROS.
    Quando eu começo a falar de história que amo, coitada da pessoa que tá ouvindo UHASUHUHASUHASUHAS nunca vou parar.
    Adorei o post!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

  3. Oiii Mika

    Essa de falar com muita emoção é clássica, comigo acontece sempre. Gerlamente minha vitima nº1 é meu marido e quando eu termino de falar geralmente ele está parado, me olhando, com cara de quem ta pensando o que foi que eu fumei. Ele NUNCA lê, mas tem um monte de autores que já até conhece de tanto que eu falo…haha

    Beijos

    http://www.derepentenoultimolivro.com

  4. Você me definiu nesse post! Já passei tanta situação estranha por causa de livros que agora evito ler livros engraçados ou livros tristes em público, só por precaução, é claro, haha.
    Adorei a criatividade do post e sua sinceridade em compartilhar suas experiências, rs.
    Beijos

    Versos e Notas

  5. Oi, Mika!
    Menina, eu sempre ria dentro do ônibus por causa dos livros. As vezes chorava, fazia caretas e até resmungava com os personagens. Muitas vezes precisei parar de ler e me dar um tempo para respirar, pois as risadas ameaçavam sair cada vez mais altas hahaha
    Eu tenho muito problema com o seu último tópico também. Sempre quero falar animada sobre os livros com alguém e ultimamente estou sem essa pessoa tão importante na vida de um leitor haha
    Adorei a postagem!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

  6. Hey, Mi!
    Como não se identificar?! haha. Essa de rir alto, eu sempre faço durante a madrugada. Não se por que, mas comigo só acontece assim. Tá todo mundo dormindo tranquilo e de repente… lá vou eu rir bem alto e acordar todo mundo que vem saber o que foi que aconteceu. Morro de vergonha! Essa de resenhar o livro em voz alta também é minha cara. Sempre acaba com alguém me perguntando o que diabos eu estou fazendo…rsrs. E sobre falar emocionadamente de um livro para alguém, a minha irmã já está farta! haha.
    Adorei o post!
    Beijos! – Entre um Livro e Outro

  7. Meu resumo da vida em um post. Eu trabalho em casa a maior parte do tempo, então quase nunca tenho que pegar busão, trem e afins, mas eu sou mestra em bem no dia que tenho que fazer algo fora, eu estou perto de terminar um livro e ai termino no transporte e fico chorando ou rindo ou abraçando o livro pedindo por mais páginas. Sou essa pessoa.

    Vidas em Preto e Branco

@blogcapitulotreze