Vingança – Catherine Doyle | Resenha

Para Sophie, aquele seria só mais um verão lento e abafado em Cedar Hill, fazendo um bico como garçonete no restaurante da família e passando o tempo com sua melhor amiga, Millie. Mas isso foi só até uma família se mudar para o casarão abandonado no fim da rua — cinco irmãos italianos, um mais gato que o anterior. Sem conseguir resistir aos olhos cor de caramelo de Nicoli, Sophie acaba se apaixonando — e propositalmente ignorando os sinais de perigo que envolvem os misteriosos irmãos. Por que as mãos de Nic estão sempre tão machucadas? Por que ele sempre carrega consigo um canivete monogramado? E por que seu irmão mais velho, o arrogante e irritante Luca, quer proibir os dois de ficarem juntos? Quando os segredos sombrios dos rapazes começam a vir à tona, Sophie precisa enfrentar dolorosas verdades em relação à própria família. De repente, ela se vê no meio de uma vendeta entre duas dinastias rivais: a família em que nasceu e a pela qual se apaixonou. Sophie vai precisar escolher entre lealdade e paixão, e, quando o fizer, sangue vai rolar e corações serão partidos, porque, quando se trata de amor, a desonra pode ser uma questão de vida ou morte. Uma mistura ideal de ação, reviravoltas e romance, Vendeta é uma estreia épica que mistura Romeu e Julieta e O poderoso chefão na Chicago dos dias atuais.

Jovem adulto, romance | 288 páginas | Editora Agir Now 

Sophie Gracewell é uma jovem de 16 anos que trabalha na lanchonete da família com sua melhor amiga Millie na pequena cidade de Cedar Hill. Depois que seu pai foi protagonista de um escândalo, todas as amizades de Sophie simplesmente sumiram, o que a deixa como uma pária na cidade. 
A vida pacata de Sophie muda quando uma família italiana composta por cinco garotos resolve se mudar para a mansão dos Priestly, conhecida por ser assombrada. Ela acaba esbarrando com dois deles, Nic, um moreno alto e muito lindo que acaba a assustando por ter um jeito meio estranho, e Luca, que obviamente não gosta dela e faz de tudo para que Nic não tenha contato com Sophie, além de ser arrogante e muito mal educado. 
Quando ela começa a desconfiar dos reais motivos para a família daqueles cinco estarem na cidade, Sophie começa a perceber que seu pai tem alguma coisa a ver com isso, e talvez ela mesma esteja correndo perigo. Mas como resistir a atração mútua que ela e Nic sentem? O que eles escondem e por que Luca não a quer perto da mansão?
Minha autoria
Vingança é um livro que fez bastante sucesso em 2016, tanto que via muitas resenhas a respeito da obra mas nunca parei para comprar, até que encontrei ele em promoção na Americanas, e PUF!, li o livro e adorei. Ele faz parte de uma trilogia que não foi toda publicada aqui, o que me deixou bem chateada porque PRECISO da continuação.

Não se engane! O livro é jovem adulto e por muitos pode ser considerado bobinho, e eu mesma posso afirmar que na primeira parte da leitura, ele é sim, mas ao decorrer da obra a trama começa a ficar instigante, cheia de segredos e descobertas que Sophie faz a respeito de sua família e da família dos garotos. 
Minha autoria
Minha autoria
Falando na protagonista, eu gostei da Sophie porque ela é a perfeita adolescente sendo bem retratada. Ela gosta de festas, de garotos, odeia a escola, odeia a vizinha fofoqueira, trabalha na lanchonete mas não curte isso e tem uma vontade a mais de correr perigo sempre que tem Nic no meio. Eu achei meio bobo ela logo se apaixonar pelo carinha que ela mal conhece, mas seria hipócrita dizer que se um boy lindo falasse comigo, eu provavelmente estaria arrastando asa pra ele até hoje, então Sophie com toda certeza me representa de diversas formas. 

Ninguém de fato anda de salto alto. As pessoas apenas sobrevivem.

Os irmãos Nic, Luca, Valentino, Gino e Dom são misteriosos e é isso que instiga o leitor a terminar a leitura. Eu até fiz teorias de que eles fossem vampiros, sei lá, mas a obra é mais real e não chegamos a tanto 😂 Nic é aquele típico mocinho lindo, gentil mas que tem um passado nebuloso, um clichê total, assim como todos os outros. Eu até gostei dele, mas quem me chamou atenção mesmo foi Luca, que tem o jeito autoritário e arrogante, eu adoro um cara assim não sei porque, e até torci contra Nic para shippar Luca e Sophie, mas não rolou minha gente, o que me decepcionou um pouco. A autora poderia ter sido menos óbvia em relação ao casal.

Foi quando percebi que eu não sabia a história completa entre os Falcone e os Gracewell. E que, embora Nic gostasse de mim, nada disso interferia em sua habilidade de mentir, e muito, na minha cara.

Eu gostei de como a trama foi escrita, até porque já li a respeito do tema dela (que não vou revelar pra que vocês descubram sozinhos) então eu já tinha uma vontade maior de saber mais a respeito e Vingança foi exatamente assim. É claro que tem coisas que eu achei não críveis porque os meninos são muito jovens, mas o que eu sei exatamente sobre o assunto, né?
Minha autoria
O final é bem eletrizante e eu fiquei surpreendida com ele, e claro, temos aquele gancho para os demais livros da série. Será que teremos mais de Nic e Sophie? Será que os problemas dela acabaram realmente ou só estão esperando uma oportunidade para agir novamente? Eu fiquei com receio da nota que iria dar a obra, porque eu realmente gostei do livro, mas o início foi lento e chato, então achei justo dar nota 4. Espero que vocês leiam o livro, independente dos personagens serem jovens demais, já que a oba tem muito mais que isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 thoughts on “Vingança – Catherine Doyle | Resenha

  1. Oi, Mi

    Ao contrário de você, não vi muitas resenhas a respeito desse livro, tenho poucas lembranças. E que bom que o livro pegou no tranco depois do começo bobinho. Apesar de haver essa melhora, não seria um livro que eu leria. Dificilmente leio YAs pois personagens muito jovens me irritam MUITO.
    Mas que bom que você gostou, tomara que os outros livros sejam publicados aqui para você poder conhecer o restante da história.

    Beijo
    – Tami
    http://www.meuepilogo.com

  2. Olá, Miriã.
    Diferente de você achei o livro todo bem chato. Eu li ele porque foi o livro escolhido pelo grupo literário aqui da minha cidade para a leitura coletiva do mês. Mas o tema era suspense e ele passou longe disso. Acho que até foi por isso que não gostei, porque esperava outra coisa.

    Prefácio

  3. Helloo, Mika! Tudo numa nice?!
    Quanto tempo… eu li esse livro há triênios, logo quando foi lançado e fiquei bem triste por não ter tantas resenhas ou divulgações dele. Eu achei muito bom e gostei bastante. Concordo que no começo achei meio juvenil demais, mas ao passar das páginas tanto a estória quanto as personagens vão crescendo. Como o segundo não foi lançado aqui li em inglês mesmo e vou conferir o outro. E como você eu adorei o Luca desde o início. o Nic é bem chatinho. Luca aparece mais no segundo… <3
    Beijin…
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

  4. Oi, Alana
    Ah, eu gostei muito dele! Eu estou ansiosa para ler os demais, espero que ainda lancem aqui senão lá vai eu procurar uma forma alternativa para ler a obra. Curti essa mudança nos rumos dos livros, foi bem interessante de ver. Eu adorei o Luca, o Nic é meio sem graça kkkk

@blogcapitulotreze

Livros baseados em contos de fadas Por quê é importante ler? Livros que se passam fora dos EUA Um dia: livro x filme 5 bebidas para acompanhar um bom livro