Como incentivar o público masculino a ler mais livros

O percentual de leitores no Brasil tem aumentado ao longo dos anos. Entre 2011 a 2015, foram 6 pontos acima da porcentagem na última pesquisa, ou seja, 52% da população lê em média até 4 livros por ano. É pouco se comparado ao tanto que a gente lê aqui no blog, mas é melhor do que nada. A tendência é esse número crescer, e como vocês podem reparar, o número de leitores continua sendo em sua maioria feminino. O ideal seria que tanto mulheres quanto os homens pudessem desfrutar da literatura e por isso vou dar algumas dicas e conversar com vocês sobre formas de incentivar o público masculino a ler mais. 

Livros de fantasia, suspense e mistério são os mais cotados pelos homens

O universo masculino ainda é fechado em relação a algumas coisas que nós, mulheres, conseguimos entender e aceitar muito bem. Por exemplo, você dificilmente verá um cara ler um livro de romance ou que tenham cenas eróticas like Cinquenta tons de cinza. Na maioria das vezes, eles preferem livros que contenha ação, aventurajogos de poder, suspense ou toda a parafernalha sobrenatural que vemos nos livros de fantasia. Por isso livros como Game of Thrones, a Maldição do Tigre ou outros da Agatha Christie fazem tanto sucesso com eles. Então é bom indicar leituras que contenham todos esses elementos porque o nível de interesse deles aumenta consideravelmente. 

Livros originários de jogos e séries viraram febre nas livrarias

Jogos e séries também fazem um sucesso enorme com o público masculino, principalmente porque a maioria dos homens conhecem a história por detrás de um jogo, e ver isso representado no papel é uma forma de chamar a atenção deles. Títulos como God of War, Assassin’s Creed e The Walking Dead são boas indicações para leitura.

Mangás e HQ’s também são livros

Os mangás já fizeram mais sucesso mas as histórias em quadrinhos não perdem seus fãs, até porque todo mundo adora super-heróis, e convenhamos que é mais fácil um homem ler vários HQ’s e mangás do que se dignar a ler um livro só. Mas não podemos esquecer que esses dois tipos de histórias também são considerados leituras, por isso é importante indicar assim mesmo. E eu nem preciso citar quais seriam as minhas dicas de títulos porque vocês já devem ter uma noção.

Livros narrados por personagens masculinos talvez possam ajudar

Agora que a maioria dos livros são escritos em primeira pessoas e muitos autores se arriscam a escrever pelo ponto de vista masculino fica mais fácil incitar a leitura por parte dos homens. Quando se tem um personagem masculino falando tudo aquilo que só os homens entendem, o sentimento de empatia surge e os leitores se sentem mais representados, o que torna mais fácil na hora de incentivar a leitura.

Dê um livro a ele

Não adianta nada falar e falar sobre os livros se a gente não der algum pra essa pessoa. É importante também presenteá-lo com títulos que achamos que ele vai gostar e assim fazer a nossa parte, até porque se formos esperar um cara ir comprar um livro que indicamos só porque a gente falou bem dele, a gente vai morrer esperando. Então pra quê esperar? O melhor jeito de incentivar alguém é fazer você mesmo e deixar implícito a dica.
É isso! Espero que tenham gostado do post e que as dicas sirvam pra alguma coisa, principalmente na hora de comprar livros pros namorados, maridos, irmãos e amigos. Beijo!
Posts criados 1379

30 comentários em “Como incentivar o público masculino a ler mais livros

  1. Aqui em Portugal por acaso existem muitos homens que lêem não só os livros tipicamente masculinos, mas outros tantos. Por exemplo, vejo muitos rapazes a ler YA que, tipicamente, é apenas lido por raparigas, e não, não são gays xD.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

  2. Adorei! Eu gosto de ver que cada vez mais os homens tão deixando isso de livro de mulherzinha de lado. Dia desses encontrei um moço lendo nicholas sparks no ônibus. Mas, claro, alguns ainda relutam e é bom começar incentivando com algo que eles já gostem mesmo parecido com séries que eles gostem e tals realmente haha

    Beijos
    Próxima Primavera

  3. Adorei o post!
    No meu instagram a maioria dos seguidores são homens, principalmente por causa dos quadrinhos que posto, mas acho que tudo é uma questão de gosto não necessariamente de gênero. Eu mesma não costumo ler os livros considerados "para mulheres", pois não curto, prefiro literatura clássica, distópica e fantasia e ficção científica e não vejo problema nisso, tem público para todos os gêneros literários no Brasil =D

  4. Oi, Mi

    Gostei bastante da ideia da postagem. Meu pai, tadinho, até se interessa pelos meus livros e até fica animadinho quando chega pacote aqui, ele quer logo ver o que é. Ele tem um certo grau de dislexia e não consegue se concentrar em textos muito longos. Se não fosse isso eu tenho certeza que ele seria um ávido leitor. Eu já estou fazendo minha parte preparando o Joãozinho pro mundo, farei dele um leitor e só descanso quando eu não precisar mais lembrá-lo que ele tem que ler! Hababaha

    Beijos
    – Tami
    https://www.meuepilogo.com

  5. Oi, Mi! Tudo bom?
    Eu acho legal e muito importante essa coisa de incentivar o público masculino a se aproximar mais dos livros, mas seria ainda mais legal se a maioria dozomi parasse com essa coisa de 'ai porque é romance é literatura feminina' – tem que acabar o homem com frescura de ler (queria parar a frase no 'tem que acabar o homem' mas para bens de paz humanitária vamos deixar ela completa).
    Eu entendo o estigma, mas muitos machos já entenderam que todo tipo de literatura é válida, não só esses estilos considerados mais 'masculinos'. Todos eles precisam entender e apoiar também. Romance não é só para mulher, assim como scifi não deveria ser só pra atrair os homens. Mulher lê e escreve de tudo e depois o nosso gênero é que é frágil, uhummmmmm.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

  6. Oiii Mika

    Esperemos que esse percentual de leitores no Brasil aumente mais. Sinceramente hj temos bem mais acesso do que tinhamos quando a gente era criança, quando tinhamos que ir até a livraria (não havia as lojas virtuais e suas mil promos) e era só livro fisico. Hj com o digital o acesso ficou bem maior e ja reparei que homens preferem essa facilidade. Diferente das mulheres eles não curtem muito ficar carregando livros, então o KIndle por xemplo veio perfeito pra esse público tb.
    Meu marido só lê animes e mangás. Eu vivia enchendo o saco dele…haha, mas é o que ele gosta e dentro desse gênero ele está sempre lendo. Estou tentando apresentar a leitura ao meu filhinho, ele ainda é pequeno mas ja ganhou dois livros infantis (um deles do Minecraft que ele adora) e espero que desfrute porque ler é muito bom.
    Geralmente a distopia, a fantasia e o thriller são mesmo os preferidos dos guris (e tmbém das gurias como eu nada românticas…rsrs), e com a variedade de livros e séries, dá pra dizer tranquilo que apesar das dificuldades com relação à literatura no BR temos sim muita opção boa disponível nas livrarias e estantes.

    Beijos

    http://www.derepentenoultimolivro.com

  7. Isso é bem interessante. Há um tempo eu venho percebendo que realmente homens leem menos, pelo menos nos lugares – físicos e virtuais – que eu frequento. Acho que os homens também leem mais livros de não ficção… Eu vejo também um problema muito grande ligado ao preconceito dos homens com outros tipos de literatura – como os chamados livros de mulherzinhas. O que acaba dificultando eles próprio de entrarem mais no mundo literário e descobrirem seus gostos por si só. Os Delírios Literários de Lex

  8. Meu namorado não lê de jeito nenhum. Quando a gente se conheceu ele até começou a tentar mas agora, depois de 3 anos ele assume que detesta ler. Já dei livro do Star Wars, livro de cinema (que é a area dele), livro das serie the walking dead mas ele só usa de decoração mesmo..triste 🙁

  9. Olá, Miriã.
    Meu sobrinho lê e sempre leu mais do que eu hehe. Mas sei que isso não é comum. E ele gosta bastante de fantasia e suspense. Não lembro dele ter lido algum romance. Já meu outro sobrinho, tem que dar livros únicos para ele, Se for série ele só lê o primeiro e para hehe. Adorei suas dicas.

    Prefácio

  10. Oi, Denise
    Eu vejo muito preconceito ainda, e nós mulheres não temos isso, lemos de tudo se gostamos de determinadas coisas. Exceto algumas pessoas, os caras só leem livros que sejam altamente masculinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

5 livros com CEO que não são babacas 8 livros para chorar 5 lugares para ler Prateleiras criativas O que é sick-lit?