Acho o trabalho de um capista incrível porque pra conseguir criar uma arte agradável com uma fonte que chame atenção e tendo que transparecer algo da história é realmente difícil. Mas nem com todos os esforços do mundo a arte visual do livro fica boa, e esse post é justamente pra falar mal de algumas delas, porque se não fosse pra problematizar a gente nem posta, né? Enfim! Opinião minha claro, então vocês podem comentar aqui embaixo se concordam ou não com ela.

Até hoje tô tentando descobrir o que essa caixinha de presente tem a ver com a história da Meg. O livro tem essa capa mais simples e branca, acho que pra representar a neve já que os protagonistas acabam presos e juntos em uma montanha, algo assim. Mas nem o título do livro combinou, eu fiquei bem decepcionada porque a história é muito gostosa, apesar de não ser um dos melhores livros da autora.
A gente nem precisa comentar pra concordar que as capas dos livros da Sophie são péssimas! O povo britânico não tem a menor criatividade, meu Deus. Essa bola de cristal não tem nada a ver com o livro, ficou detestável, mas não se deixem enganar porque essa obra é maravilhosa demais.
Não consigo entender como várias editoras conseguiram cagar a capa desse livro tantas vezes. Foram quatro edições e nenhuma foi relativamente bonita. Acho que por ser um livro do Pedro Bandeira, um ótimo autor mas não tão aclamado quanto uma Carina Rissi, eles simplesmente fazem qualquer merda na capa pra dizer que fez, o que é uma pena porque essa história mexeu muito comigo e é encantadora.
Anna e o beijo francês tinham até que uma capa descente, apesar de não ser bonita, mas teve até uma nova edição, porém não ficou tão melhor assim. Acho que o livro poderia trazer algo mais adolescente, mas infelizmente ficamos com esses dois modelos sem graça num banco feito no photoshop com uma Torre Eifel mais falsa do que eu atrás.
A impressão que eu tenho é que fizeram essa capa de mal gosto porque as obras da Thalita não são ruins e como são destinadas ao público adolescente, elas tem até uma arte legal. Mas vamos dar um desconto que esse livro é um dos primeiros trabalhos dela, mesmo assim ficou horrível, não sei como ela aceitou! Mesmo assim leiam o livro, é ótimo.
Não, e não! Essa capa tinha tudo pra ficar legal, mas parece aquelas edições que a gente faz no Paint quando quer fazer um post com título em cima da foto, ficou detestável.
Eu gosto do auto relevo dessa capa, fica parecendo que ela está enrugada, mas os elementos nela poderiam ter sido melhor trabalhados? Claro que sim!
Sabe quando você não faz a menor ideia do que essa capa quer dizer? Não sei se é um bando de coração ou se são rosas, só sei que não tem absolutamente nada a ver com a história, ficou muito sem noção.
Amém que existem revisões porque essa capa não tem a menor condição! Eu fiquei chocada quando vi ela no Google, uma das piores que já vi. Parece eu fazendo montagem, ficou péssimo (devolve seu diploma de design, querido).
E eu nem preciso dizer o que não gostei nessa capa, vocês podem perceber. Eu não sei como que uma editora acha que vai chamar atenção de um leitor com uma capa assim, sendo que 80% das vezes a gente compra um livro pela capa! É absurdo (mas a história também é um amor).
É isso meus queridos. Vocês concordam com minha opinião ou acha que alguma dessas capas podiam passar?
Posts criados 1379

37 comentários em “As piores capas de livros

  1. Hahahaahah eu ri bastante com os teus comentários em relação a cada capa, Miriã! Realmente, tem umas aí que são UÓ, tipo essas três primeiras. Se não for pra causar a gente nem faz post, né? Hahahha adorei. =)

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

  2. Oi, Mi! Tudo bom?
    Maior terror da vida sempre será encontrar uma capa feia em livro com potencial. O da Anna e o Beijo Francês MISERICÓRDIA DO CÉU, como eu odeio. A de Lola também é bem ruinzinha; amém que a editora relançou com as capas coloridas que são muito amadinhas.
    Capas feias que eu nunca perdoo: as de Vampire Academy. É uma pior que a outra, tenha piedade.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

  3. Oie
    Eu gosto dessa capa de Emma, mas realmente esta bola de cristal não tem nada a ver com a história.
    Já vi varias pessoas falando dessa capa de Anna e p beijo francês, mas prefiro esta do que a nova, gosto dela. Adorei o post.

    Beijinhos
    diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

  4. Olá, Miriã.
    Hoje em dia pelo menos metade das vendas são feitas pelas capas e dai vem uma editora e publica essas ai que você citou. Concordo com todas hehe. Até se fosse antigamente a gente lia pela sinopse, autor, porque as capas eram horrorosas. Mas hoje em dia não dá para aceitar capas feias.

    Prefácio

  5. Oi Mi,
    ADORO sua sinceridade e comentários. HAHAHAHAHAH
    Eu também não entendo essa capa da Meg, quando li fiquei tentando achar relação, rs.
    E que bom saber que o livro da Emma Corrigan nãot em nada a ver com a capa, pq acho ela horrorosa, HAHAHAHAHAHAHA.
    AH, e não acredito que não tiramos nossa foto na Bienal!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 🙁
    Amei te conhecer!!!!!!!!!!!!!!
    Beeeeeeeeeeijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

  6. Oi, Miriã! Tudo bem?

    O que são esses comentários? Estão hilários, mas são verdadeiros. Concordo plenamente com todos. Eu tenho curiosidade de ler os livros da Sophie Kinsella porque todo mundo fala bem, mas quando vejo as capas, fico: "será que isso é bom mesmo". Por que é feio isto, mas eu compro livro por capa. Dificilmente leio sinopses.
    Algo que me incomoda é ver que muitas vezes, quando estamos falando de autores nacionais, parece descaso da editora. Não em todas as vezes, mas em alguns momentos, parece que eles não se importam em fazer um trabalho melhor só porque é nacional, entende?
    Adorei o post, Miriã. Além de realista, ficou bem divertido.

    Beijos,
    Magia é Sonhar
    Conheça o nosso Canal

  7. Olá, Mi.
    Ri horrores com os seus comentários, dos que você citou acima conheço apenas Era Uma Vez Minha Primeira Vez, realmente a capa não é atrativa, mas amei o livro. Algo que não me chama atenção são capas de alguns romances, parecem tirados de revista velha haha. Amei o post flor.

    Beijão!
    Lumusiando

  8. Hi, Mika! Tudo numa nice?!
    Ameiii muito esse post. Sua revolta é minha revolta. Fico irritada com uns trabalhos mal feitos por aí, designers que parecem ter preguiça de desenvolver algo relativamente bom e bonito, nem precisa ser lindão, mas bonito seria algo suficiente. A única capa que eu não acho feinha é da Salles, mas não gostei do livro dela então não me importo muito aahah. Essa capa do livro da Sophie é bem esquisita e ainda não faço ideia do que tem a ver com a estória. Mas não fala assim das edições inglesas, porque já vi capas mais bonitas na edição UK do que na edição US. Eu prezo bastante por esse negócio de capa porque chama a atenção do leitor. Mesmo não sendo designer eu dou meus pulos porque pagar por um capista toda vez que eu faço um livro eu vou falar, além disso gosto de desenvolver capas ahahaha.
    XO XO
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com/

  9. Oiii Miriã

    Realmente algumas capas são horrorosas mesmo, esse da Meg Cabot é o campeão com certeza, é o tipo de capa que faz o leitor perder o interesse. O da Megan Maxwell é outro exemplo de capa infeliz.
    Eu até acho a capa de Anna e o Beijo Francês bonitinha sabe? Não é a melhor da vida, mas não acho que seja um desastre como outras que a gente vê por ai…hehe

    Beijos

    http://www.derepentenoultimolivro.com

  10. Oi, ivy
    Eu acho que a da Anna e o beijo francês poderia ter sido melhor trabalhada, mas não tá tão ruim se comparado a outras. O leitor perde o interesse fácil porque a gente imagina que a história não deve ser boa, e acaba perdendo uma história e tanto.

  11. Menina, não liga pras capas da Sophie porque os livros dela são ótimos mas as capas furrecas, infelizmente. Tem alguns autores que por escreverem certo tipo de gênero literário, as editoras não tem o mesmo cuidado que outros autores de romance, por exemplo.

  12. Oi, Tami
    Ah, eu gosto das capas antigas, tipo A droga da obediência, mas não entendo como em quatro edições nenhuma ficou bonita, santo Deus! Haha, as da Sophie ganham porque quase nenhuma salva haha

  13. Oie,
    Ri muito!! kkk
    As capas da Sophie podiam ser mil vezes melhores, sem dúvidas e eu adoro os livros dela, principalmente esse aí, mas a capa realmente não ajuda. A de Ana e o beijo francês até que não está tão ruim, mas quando você fala e a gente presta atenção nos detalhes, fica bem ruim!!
    Adorei seu post.
    Beeijoo!!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

  14. Só uma observação… Pedro Bandeira é MUITO mais aclamado que Carina Rissi. Talvez seja o caso de ser menos CONHECIDO ou mesmo menos VENDIDO. Mas quem é da geração 1980 ou leu a coleção Vagalume com certeza sabe quem ele é muito mais que a Carina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro Conheça os contos de Blackout Review: Um amor desastroso