Os primeiros livros abandonados do ano

Finalizamos o primeiro trimestre do ano e já tem uma cota enorme de livros abandonados aqui na minha estante. Cheguei numa fase da minha vida que simplesmente não dá pra ficar empurrando livro com a barriga, ainda mais agora que eu tô sem tempo pra ficar perdendo tempo com livro que simplesmente não tá fluindo. Então vamos aos indicados para a categoria!
Começando com O Divórcio, que foi uma das minhas indicações para vocês em um dos posts recentes sobre o kindle. Eu resolvi arriscar também e cai na leitura mas simplesmente não deu. O enredo é bem legal, aquele famoso clichê de um casamento por conveniência, só que eu achei que a execução do livro ficou bem a desejar. O começo é bem legal porque conhecemos Camila em primeira mão já que ela é a narradora e é uma personagem muito divertida. Só que tem acontecimentos na trama que eu não entendia. Tipo, a guria é casada com um milionário, ganhou dois bilhões de euros com o casamento com ele e não tem dinheiro pra comprar um sapato pra ir num evento? Sério isso produção? Cenas muito irreais que não deu pra entender e eu acabei desistindo.
Coração Leal eu recebi em parceria com a Layla Casanova e até tentei levar a história pra frente mas não deu certo. Primeiro que eu achei a protagonista muito forçada, tipo boazinha demais e sem graça até a tampa. Fora isso, eu não me senti cativada pelo enredo. Não rolou aquela atração e eu acabei não me envolvendo, então a leitura não fluiu.
 
Pra quem tem acompanhado o blog sabe que eu estava lendo a Série Primos Bastos e Os Irmãos Slaters e ironicamente o livro que eu mais queria ler era o do Gabriel e o do Damien, que são os últimos das séries. Só que eu acabei saturando um pouco dos personagens e dos mesmos problemas que aparecem na história e acabou que a leitura não rolou. Acho que li um livro atrás do outro e quando chegou nesses, eu me cansei do mesmo tipo de história. Mas esses livros eu ainda pretendo voltar a ler.

Eu adoro a tia Rissi mas não consegui ler Prometida. Acho que o que me cansa nas obras dela são o tanto de página. Eu não sei o que ela tanto inventa pra colocar nos livros dela. Eu até comecei a ler a obra mas acabei parando no comecinho.

Eu estava super ansiosa para ler Dange Rock mas me decepcionei um pouco com o início. Os livros com personagens de banda sempre seguem a mesma temática: a menina gosta do cara que só a vê como uma amiga. Só que eu achei que demoraria um pouco mais pro desenvolvimento do casal acontecer, só que tipo, deu três capítulos e a menina já fica com o boy dela. Não me criou aquela expectativa e eu abandonei também.

Deus sabe o quanto eu amei o primeiro livro dessa série e eu fui com muita vontade ler o segundo, que conta a história do Enzo e da Giovana. Mas pensa num cara chato? Enzo é aquele tipo de cara petulante, babaca, que gruda e não solta, fica te enchendo na balada… ô ranço! Estou fora!

Eu adoro a Vi Keeland e seus livros mas O destruidor de corações não foi um dos meus acertos para leitura. Acho que o problema mesmo é o início já que os protagonistas se encontram em uma circunstância bem interessante mas de cara já rola um instalove. Ainda por cima a mocinha da história já namora, então eu fiquei incomodada com essa aproximação dela com o boy. Nada de bom precede uma possível traição, então eu larguei o livro logo no começo.

Vou confessar que o início lento e a preguiça contribuíram muito para eu abandonar a leitura de A rosa e a adaga. Eu fico muito curiosa para saber os finais de algumas obras mas ás vezes simplesmente taco o foda-se e não leio o livro por falta de vontade. Mas ainda assim quero ler esse livro, se Deus me ajudar.

É isso garotxs! Eu ainda acho que tem mais livros que eu abandonei no kindle mas eu não lembro o nome, então fica pra outro post. E vocês já abandonaram algum livro até aqui?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 thoughts on “Os primeiros livros abandonados do ano

  1. Oi Mi, tudo bem? Com exceção de "Coração Leal" que eu li e adorei, não li os outros e a grande maioria nem conhecia, hahaha! De qualquer forma, é muito ruim ter que abandonar um livro, mas se não tá fluindo não adianta querer ficar forçando, ainda mais se já fez uma tentativa de seguir na leitura e mesmo assim não rolou! Torcendo para que os próximos livros te conquistem… por aqui abandonei só um nesse ano, mas confesso que ando com menos tempo para ler, então o número de lidos também não é expressivo.
    Beijos e boas leituras, Adri
    Espiral de Livros

  2. Não abandonei nenhum, mas estou lendo muito pouco comparado aos anos anteriores…
    Espero que você consiga voltar com a leitura de alguns e finalizar, mas também se não der não há problema algum nisso =D

@blogcapitulotreze