.
Erika

Sempre me disseram que os sonhos eram os desejos do nosso coração. Meus pesadelos, no entanto, acabaram se tornando minha obsessão.

O irmão mais velho do meu namorado se parece com aquele tipo de filme de terror, onde você cobre o rosto com as mãos, mas espia por entre os dedos. Ele é lindo, forte, e totalmente assustador. Sendo uma estrela do basquete profissional, assim como foi no time da faculdade, ele estava mais preocupado com a sujeira em sua sola de sapato do que comigo.

Mas eu o notei.

Eu o vi e ouvi. Todas as coisas que fez, as façanhas… Por anos, apenas roí minhas unhas, incapaz de afastar o meu olhar.

Agora estava recém-formada no ensino médio e a caminho da faculdade, mas nem assim deixei de observar Michael. Ele é mau, e toda as coisas ruins que vi já não podem permanecer apenas em minha mente.

Porque ele finalmente percebeu minha existência.

Michael

O nome dela é Erika Fane, mas todos a chamam de Rika.

A namorada do meu irmão sempre frequentou minha casa, desde criança, e sua presença era constante à mesa do jantar. Todas as vezes que eu entrava na sala, ela abaixava o olhar, e mantinha-se imóvel quando eu me aproximava.

Sempre pude detectar o medo que a rodeava, e mesmo que nunca tenha possuído seu corpo, eu sabia que possuía sua mente. E aquilo era tudo o que eu queria, de qualquer forma.

Até que meu irmão se alistou no serviço militar, deixando Rika sozinha na universidade.

Na minha cidade.

Desprotegida.

A oportunidade era boa demais para ser verdade, assim como o momento. Porque, sabe… três anos atrás ela colocou alguns dos meus amigos do colégio na cadeia, e agora eles estavam em liberdade.

Nós esperamos. Fomos pacientes. E agora… cada um de seus pesadelos se tornaria realidade.

Corrupt, é um romance ÚNICO com final próprio. Adequado para maiores de 18 anos.

Apesar do que eu havia pensado anteriormente, acabei me rendendo a indicação de uma amiga e li o livro polêmico de Penelope Douglas, Corrupt. Já deixo avisado que esse livro pertence ao dark romance, então cenas como violência, tortura, abuso de drogas, sexo e álcool são temas recorrentes em suas páginas, sem contar nos vários gatilhos presentes na trama. 

Rika Fane é uma mulher que ainda não se descobriu. E é por isso que ela resolve mudar completamente sua vida ao mudar-se da pequena cidade de Thunder Bay, onde cresceu, deixar a faculdade para trás e recomeçar em Meridian, longe da vista de todos que sempre a levaram debaixo de suas asas.

Porém reencontrar Michael Crist não estava nos seus planos. O irmão mais velho do ex-namorado sempre causou uma espécia de fascinação em Rika, e agora estar tão próxima a ele pode ser um problema, ainda mais quando Michael parece tão disposto a arruiná-la.

Meu irmão acha que você é dele… e tudo o que fiz foi negar que sempre a quis para mim mesmo.

Eu fiz um resumo bem simples da trama porque acredito que Corrupt é o tipo de livro que você precisa descobrir aos poucos, e quanto mais informação se tem, menos o suspense se torna interessante. De modo geral – e que vemos na sinopse – sabemos que Michael, e seus amigos, Kai, Damon e Will estão à espreita de Rika para se vingarem de algo que aconteceu três anos atrás. Tudo o que nos é revelado é que algo grave aconteceu, ruminando na prisão dos três amigos de Michael, e que Rika está parcialmente envolvida. 

Obviamente que a autora não irá nos revelar de cara os fatos, então ela vai e volta no passado e aos poucos vamos tendo ideia do que aconteceu. Acho que esse subterfúgio de ida e volta funcionou no livro, porque nos mantém presos para descobrir todo o mistério, mas sinceramente, não gosto quando a narrativa vem e vai, isso me incomoda e deixa a leitura arrastada, o que não aconteceu aqui, ainda bem.

Michael e seus amigos são bem sádicos. Eles são um grupo bem interessante de garotos ricos e mimados, que conseguem controlar o que fazem através do dinheiro e influência. É por isso fica mais envolvente descobrir o que aconteceu que os fizeram ser presos durante três anos. E para se vingarem de Rika, eles estão dispostos a brincar com ela, fazendo joguinhos psicológicos, e fazê-la sofrer.

A grande problemática aqui é que Michael, apesar do desejo intenso de vingar seus amigos, ainda sente um resquício de sentimento pela garota. Apesar de ter se sentido traído por ela anos atrás, algo ainda o faz duvidar sobre seus atos. Mas nem isso o impede de ser implacável com Rika, nem de feri-la quando necessário.

Eu a deixaria com raiva, seria difícil para lidar, e acabaria me tornando um pesadelo tanto quanto um sonho para ela, mas depois de quase dezessete anos dessa atração, eu só sabia de uma coisa: Sempre estaria ao redor dela. Aquilo nunca deixou de acontecer.

Rika é outra personagem bastante interessante neste enredo. Inicialmente a achei fraca, uma garota tímida brincando com o fogo ao se juntar com Michael e seus amigos, mas com o passar das páginas vemos que ela é tão sádica quanto todos eles. Apesar do medo que a acomete com todos os atos atrozes dos protagonistas, é notável o quanto Rika se sente envolvida por esses jogos, e se compromete a jogar também.

Apesar de ser um romance dark, juro que eu achei o livro bem leve para o que eu estava esperando. O livro flui de uma maneira fabulosa, você passa as páginas tão rápido que nem percebe. Além disso, não senti em nenhum momento que o romance foi abusivo, algo bastante comum em livros desse gênero, então graças a Deus por isso. Mas, nem isso tira toda a responsabilidade de Michael sobre suas atitudes em relação a Rika. Ele não é bonzinho com ela, entenda. Ele quer vê-la sofrer, implorar. A dinâmica aqui é ver como isso irá acontecer e como Rika irá reagir.

Ela estava certa. Eu era um covarde, e queria tudo sem dar nada em troca.

Os outros personagens serão os protagonistas dos livros posteriores, e já digo que gostei bastante de Kai. Damon é muito duvidoso e tem atitudes repugnantes, e Will é o menos interessante dos três. Ah, e temos também algumas cenas de quase estupro, só para vocês ficarem ligados. O livro tem algumas reviravoltas, apesar de algumas seres óbvias a partir de determinada parte do livro, mesmo assim são eletrizantes.

Corrupt foi uma leitura muito interessante. Eu estava esperando algo completamente diferente e por isso me surpreendi bastante com o que encontrei. Super indico!

Devil’s Night #1 | 360 páginas | Editora The Gift Box | Nota: 4,5/5

Posts criados 1379

21 comentários em “Corrupt – Penelope Douglas | Resenha

  1. Interessante Mika!
    Também tenho certo receio em me aventurar pelo mundo do romance dark, mas adoro a escrita da Penélope então, depois da ler a resenha, estou pensando em dar uma chance.

  2. Olá,

    Confesso que dark romance nunca me agrada muito, porque como você mesmo disse, acaba sendo relacionamento abusivo.
    Nunca tive muita vontade de ler, mas acho que vou dar uma chance para esse.
    Vamos ver se vai rolar para mim HAHA Porque isso de ela ficar com o cunhado também não me agrada!

    Beijos

  3. Aaaeeee!! Só faltava você pra ler esse livro haha (brincadeira)
    Mas eu amei tanto, tanto esse livro que queria que todos lessem, achei que gostei mais porque foi impossível não entrar na história, e leio tantos livros de romance, eróticos e nenhum me deixou tão excitada quanto esse, e olha que nem teve tanta cena do tipo… O segundo acabou de ser publicado pela editora e eu estou quase explodindo de felicidade kkkk
    Jardim de Palavras

  4. Miriã!
    Achei também que seria mais imprevisível e mais forte esse romance, como os romances draks geralmente são, mas confesso que fiquei bem curiosa em ver até que ponto chega o sadismo de Rika e como terminará esse envolvimento com Michael.
    Bom que os próximos livros serão com os amigos dele.
    cheirinhos
    Rudy

  5. Eu sou apaixonada pelas letras da autora,mas confesso que estava meio que torcendo o nariz para esse livro dela. Não sou muito acostumada com o gênero e sim, a gente imagina algo mais forte, mais pesado.
    Por isso, sua resenha foi quase um afago e um pedido: Leia logo!!!
    Adorei e com certeza, já vou dar aquela procurada básica!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

  6. Olá, Miriã.
    Eu gostei bastante desse livro, mas passei raiva com ele, principalmente com a protagonista hehe. Diferente de você eu gosto de quando alterna os tempos e também vou discordar da sua opinião sobre não ter romance abusivo, achei que teve sim.

    Prefácio

  7. Amiga, já até entendi porque é polêmico. Só de ler seu aviso em vermelho fiquei receosa, porque não gosto de livros com violência e tortura. Eu sou um bebezinho, não aguento ler essas coisas! Diferente de você, eu gosto bastante desse estilo de narrativa vai e vem, sério. Gosto porque geralmente me dá as respostas que eu quero, mas eu não acho arrastado nem nada do tipo. Mas acho também que depende de como o autor conduz, né? Ainda bem que nesse caso deu super certo.
    Pensando aqui no que seriam esses "quase estupros"… Sei lá. Depois me manda mensagem contando o que rola! kkkkkk

    Beijo!
    https://www.roendolivros.com.br/

  8. Olá! Até que eu curto o gênero, por isso, fiquei bem interessada na história, ainda mais depois de saber que essa é um pouco mais leve (porque já li cada coisa absurda)! Sem dúvida vai para a minha listinha e já fiquei empolgada também, por se tratar de uma série!

  9. A capa me chamou atenção logo de cara. Que capa maravilhosa! Eu AMO livros que envolve suspense, e foi exatamente isso que me deixou interessado. Adorei ver que a autora não entrega tudo de uma vez, fazendo que nós, leitores, descubra tudo aos poucos. Além do mistério, eu adorei ver que os personagens são bem interessantes!

  10. O nome desse livro é bem curioso e a capa com certeza chama atenção, embora seja algo que normalmente não me faria parar para conhecer mais do livro. Gosto muito de plot twists e suspense. Fiquei querendo saber o que a garota fez para eles se sentirem traídos.

  11. Oii,
    Parece interessante, essa mistura de sentimentos com vingança e tal.
    Mas acho que não vou conseguir ler.
    Romances dark são fortes demais pra mim kkknk
    Porém, fiquei curiosa pra saber o que a Rika fez no passado.
    Bjs

  12. Olá, Miriã
    Não conhecia o livro, tem uma premissa atraente.
    Aborda temas fortes e tem protagonistas bem problemáticos que por ter dinheiro podem fazer o que querem.
    Espero que você leia os próximos livros, beijos.

  13. Ultimamente tenho ouvido bastante sobre romance dark, ainda não li nada do gênero, mas tenho muita vontade de começar a ler.
    Achei interessante o enredo, e fiquei super curiosa para saber o que aconteceu no passado para que os amigos do Michael fossem presos. Acho que seria um bom livro para comecar no gênero, já que você falou que ele é leve, de certo modo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends Spoiler: 3º ato de Arcane Músicas com representatividade LGBTQ+ Bully Romance: o que é + indicações