O CEO dos meus (sonhos) pesadelos – Kate Palace | Resenha

Meu nome é Emily Stone, meus amigos me chamam de Emma e minha irmã me chama de Desastre Emma. Infelizmente, devo admitir que o apelido da minha irmã é o mais adequado para minha vida. Sabem quem é o Tio Murphy, o cara que criou a lei que só ferra com a vida das pessoas? Pois é: o passatempo favorito dele é me colocar em situações impossíveis.

Depois de anos trabalhando que nem uma louca em Nova Iorque, eu finalmente consegui o trabalho dos meus sonhos em Los Angeles. Mas claro que o Tio Murphy tinha que atrapalhar, né? Depois de levar um fora do meu noivo de anos, eu acabo me envolvendo com Mark, um homem PERFEITO por quem eu senti uma atração explosiva. Porém, para ficar com ele, eu teria que arriscar minha tão desejada carreira em Hollywood.
***
Meu nome é Mark Hunter Rizzo. Quando vi Emily pela primeira vez, eu soube que precisaria tê-la. Infelizmente, ela está fora de meu alcance. Posso ser um cara sem limites na cama, mas minha vida pessoal tem uma regra: nunca misturar negócios e prazer. Entretanto, por Emily, estou considerando seriamente abrir uma exceção.
***
Uma mulher tímida e desastrada, mas determinada. Um CEO apaixonante e sedutor, mas rígido. Uma atração irresistível.
Será que Mark e Emily conseguirão ficar longe um do outro?

Sabe aquele livro divertido e bem gostosinho de ler? Com certeza esse está nessa categoria! Emily, ou Emma Stone, acaba de conseguir uma oportunidade dos sonhos: trabalhar para uma grande produtora como diretora de documentários, algo que Emma batalhou muito para conseguir.

Mas a mudança para Los Angeles que seria perfeita se transformou em uma triste viagem desde que Jason, o noivo de Emma, resolveu que não poderia ir com ela nessa empreitada, o que ruminou no término deles. Para controlar os nervos após o término e suportar o voo sem um ataque cardíaco, Emma toma algumas pílulas calmantes, e sob o efeito delas, ela conta toda a sua vida para o vizinho de poltrona.

Mark Rizzo, um homem sexy e confiante, já estava de olho em Emma antes mesmo dela perceber sua presença. A verdade é que o fato dele ser completamente esnobado por ela chama muito sua atenção. Misture isso a uma beleza surpreendente, um desastre ambulante e uma mulher inteligente, já é motivo para Mark estar caidinho e ansioso para ter Emma em sua cama.

Quando estou com uma mulher, quero me focar nela. Quando estou na minha empresa, quero focar completamente nos negócios.

Só que ela consegue resistir a todas as suas investidas, o que o deixa mais ansioso ainda para ficar com ela. Uma obra do destino faz com que ambos fiquem hospedados no mesmo hotel e lá Mark tem sua grande chance. Em um rompante de coragem, Emma aceita passar o final de semana com ele, se entregando a algo casual, algo que ela nunca imaginou que um dia faria.

A noite é incrível e ambos ficam bem abalados com a química que surge entre os dois, mas a manhã perfeita termina quando uma das conquistas anteriores de Mark surge no hotel querendo ficar com ele. Isso é um balde de água fria para a doce e tímida Emma, que agora está ansiosa para fugir dali. Mas as surpresas só estão começando quando na segunda-feira ela descobre que ele é o CEO da nova produtora em que irá trabalhar, ou seja, Mark é o chefe dela. E agora? Como fingir que não se conhecem e evitar uma situação constrangedora?
Não sou o típico CEO de Hollywood: não gosto de badalação, não gosto de superficialidades, não gosto de gastar dinheiro só para mostrar que tenho.

Com muito bom humor Kate nos entrega personagens carismáticos e bem divertidos. Desde o primeiro capítulo nos encantamos com Emma e o desastre ambulante que ela é. Uma protagonista engraçada, tímida e que sempre está se metendo em situações constrangedoras.

Mark por outro lado é confiante e sabe exatamente o que quer. O que me encantou nele é que o homem é o completo oposto dos demais CEOs que estamos acostumados, e por isso é fácil simpatizar com ele. Mas já de cara percebemos o quanto o homem é safado e um boca suja, então se você gosta de eróticos, já vai sabendo que aqui temos um prato cheio de cenas quentes. Apesar do linguajar vulgar, não é um enredo que pesa, na verdade é algo divertido e sensual de acompanhar, o que eu amei.

O livro tem duas partes. A primeira você pode ler separadamente em um livro independente, ou pode já ler ambos em um só. Gostei muito da primeira parte, de como os personagens são nos apresentados, mas é a segunda que me fisgou de cara. Mark fará de tudo para conquistar Emma e sua família italiana dará um jeito de se intrometer. E foi isso que rendeu momentos hilários e engraçadíssimos durante a trama.

Emily Stone é a mulher que eu levei para a cama; Srta. Jones é a melhor diretora que eu poderia ter contratado.

O livro é quente, mas não perde o bom humor e eu fiquei completamente encantada. Uma obra divertida, boa para aquecer o coração e desanuviar de leituras mais densas. Com certeza vou ler mais livros dessa autora porque eu amei a escrita dela. Tem disponível no Kindle Unlimited e eu super recomendo!

O CEO dos meus (sonhos) pesadelos | 256 páginas | Publicação Independente | Nota: 4,5/5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

22 thoughts on “O CEO dos meus (sonhos) pesadelos – Kate Palace | Resenha

  1. Ai adorei kkkk, já dei risada só com a resenha. Essa premissa ta muito boa, amo quando a mocinha da uma esnobada no bonitão. Já vi que vai ter confusão com ex e ainda uma família italiana? Com certeza vai pra lista

  2. Meu sonho encontrar um CEO do jeito que essas moças dos livros SEMPRE acham haahah. Parece ser um livro muito gostoso e leve de ler, tanto pelas características que você disse que o Mark tem, tanto pela família intrometida da Emma.
    Beijos

  3. Olá, Miriã.
    Mais um livro que conheço por aqui e já corri adicionar lá no kindle. Esse começo da história é muito parecido com O Segredo de Emma Corrigan que amei e ele e essa família italiana são os motivos de eu querer ler o livro.

    Prefácio

  4. Oi Mika,
    A premissa de chefe/funcionária, colegas de trabalho que não podem se envolver é bem comum.
    Enquanto lia o trecho em que Emma levemente dopada conta tudo para o colega de vôo é muito similar a um livro de Sophie Kinsella, Os Segredos de Emma Corrigan, que tem como base essa premissa.
    Não me importo, acho natural desde que a história tenha algo a mais. E me parece que O CEO dos Meus (Sonhos) Pesadelos tem esse diferencial

  5. Mesmo que isso dos CEO's já esteja ficando um pouco meio saturado, eu admito sem vergonha nenhuma, que adoro o gênero!
    Aquele livro clichê, leve e gostoso, bom para esses momentos difíceis.
    Com certeza, se puder, quero muito ler sim!!!
    beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

  6. Olá,

    No começo da resenha fiquei com medo do livro ser mais do mesmo, e por mais que parece ser mesmo, sua resenha ta tão empolgada que já adicionei o livro no meu skoob KKKKK
    A história eu achei parecida com um livro da Sophie Kinsella que eu li (não lembro o nome)

    Beijos

  7. Eu estava mesmo procurando por um livro hot que fosse mais engraçado. Sei que eles possuem praticamente a mesma receita, mas parece haver alguma coisa diferente nesse. A capa aquece de qualquer maneira kkkkk
    Não conheço a autora, e pretendo ler esse livro para conhecer a sua escrita. Mesmo porque preciso desanuviar a capa de tantos livros dramáticos que tenho lido ultimamente. Vou aproveitar que ele está no kindle unlimited.
    Obrigada pela dica.

  8. Livros como esse é a sua cara, né?! haha Gostei de ver que o livro, mesmo tendo uma pegada hot, ele possui um tom de humor. Leituras leves sempre é bem vinda, principalmente quando você ta cansado de ler vários livros seguidos pesados. A sintonia dos personagens nesse livro parece ser algo cativante de ser lido!

  9. Ola
    Que capa !!lendo a resenha deu para sentir o porque desse titulo . Parece que essa Emma sempre se mete em confusáo hein .amo isso .
    E o fato do mocinho ter que suar um pouco para conquistar a mocinha deve render uma boa leitura e some se isso o fato de ter uma familia italiana .dica anotadissima

  10. Miriã!
    Deve ser um daqueles romances maravilhosas, com trechos hilários que nos fazem rir muito e sexo, adoro!
    Não sou contra termos mais fortes desde que não sejam excessivos.
    Já vai para a lista dos desejados.
    cheirinhos
    Rudy

  11. Não conhecia o livro, mas fiquei interessada, pois não é sempre que se ver um personagem CEO e que não é o machão bambambam arrogante, já gostei. A história parece ser bem gostosa de ser lida e não é porque é hot, e sim por ser parece divertida.

  12. Olá! Mas gente já me identifiquei com a protagonista, pois também sou para lá de desastrada (risos), por isso, já quero ler para ontem, amei o enredo e já prevejo muitas risadas, além dos suspiros básicos neh!

  13. Oi!
    Eita, Senhor! O próprio título já diz tudo o que eu quero, kkk.
    Mark além de ser um homem lindo, atraente, sedutor e tal não é de balada e nem galinha demais. Isso é perfeito.
    O Casal tem muita química e Emma deve render umas boas gargalhadas.
    Beijos

@blogcapitulotreze