Search here...
TOP
l j shen new adult resenhas

The Hunter – L. J. Shen | Resenha

99 Views

Hunter Fitzpratrick é um playboy mimado que nunca soube o que era limites. Sendo filho de um bilionário do ramo de petróleo, ele se envolve em escândalos a torto e a direito. E a última delas foi um vídeo seu fazendo sexo com cinco mulheres – ao mesmo tempo – que foi parar em um site adulto.

Cansado das polêmicas do filho, o pai de Hunter o ameaça deserdá-lo caso ele não se comportasse, e pra isso ele deve passar seis meses celibatário e mais sóbrio que uma freira. Além disso, ele teria que começar a faculdade e a trabalhar na empresa da família.

E como Hunter não é nada confiável, o pai exige que ele more com uma colega de quarto, assim ela poderia vigiá-lo para saber se ele está seguindo as regras. E é claro que já temos uma escolhida: Sailor Brennan.

Sailor é uma exímia arqueira que sonha em entrar nas Olimpíadas. Mas sendo filha de um mafioso conhecido e tendo uma rival talentosa, as chances dela conseguir a tão sonhada vaga são poucas. Quando Hunter surge em sua vida pedindo que ela vá morar com ele, ela rapidamente descarta a ideia, afinal, tudo o que ela menos quer é ser babá de alguém.

Mas quando ele faz uma oferta que pode ajudá-la a chegar nas Olimpíadas, Sailor acaba sendo vencida. Só que a convivência entre eles não vai ser tão simples. Hunter é mimado demais e acha que vai conseguir levar Sailor no papinho. Já ela tão é centrada e focada em seus objetivos que vai fazer de tudo para não se desviar dele… Será que esse enemies vai se tornar um lover?

Que leitura gostosa minha gente! Eu adoro a forma como a L. J. Shen escreve e em The Hunter ela acertou mais uma vez. Assim como os demais livros dela, esse tem uma narrativa divertida, bastante conotação sexual, tiradas sarcásticas, personagens carismáticos e um final bem fofo.

Hunter é o clichê estereotipado de uma pessoa rica acostumada a não fazer esforço nenhum para conseguir o que quer. E ele leva esse papel de playboy muito a sério, sempre frequentando festas regadas a muito álcool, mulheres e sexo. Sério! O homem poderia ser um ator pornô ambulante de tanto que transa.

E foi muito engraçado ver ele quebrar a cara e começar a fazer as coisas por si mesmo depois que perdeu as regalias que tinha. É claro que ao longo da leitura percebemos que existem algumas rusgas entre ele e sua família e explica um pouco como ele lida com as coisas, mas Hunter passa por um crescimento bem interessante na história, que não apaga sua essência despreocupada e boca suja.

Assim como Sailor, que consegue sair da concha e mostrar a todos a mulher interessante que ela nasceu para ser mas que foi ofuscado pelo sonho de se tornar arqueira. Esses dois são o completo oposto um do outro, mas dão ridiculamente certos juntos. Eu amei ver a construção deles como casal e a cadela que o Hunter se torna por causa dela.

O livro também nos reserva algumas surpresas pelo caminho e achei os momentos finais bastante fofos. Ele faz parte do mesmo universo que a série Sinners of Saint mas você pode ler separadamente. Recomendo muito para quem gosta de enemies to loveres!

The Boston Belles #1 | 394 páginas | Publicação independente

ʜᴜɴᴛᴇʀ

I didn’t mean to star in a sex tape, okay?
It was just one of those unexplainable things.
Like Stonehenge, Police Academy 2, and morning glory clouds.
It just happened.
Now, my ball-busting father is sentencing me to six months of celibacy, sobriety, and morbid boredom under the roof of Boston’s nerdiest girl alive, Sailor Brennan.
The virginal archer is supposed to babysit my ass while I learn to take my place in Royal Pipelines, my family’s oil company.
Little does she know, that’s not the only pipe I’ll be laying…

Sailor
I didn’t want this gig, okay?
But the deal was too sweet to walk away from.
I needed the public endorsement; Hunter needed a nanny.
Besides, what’s six months in the grand scheme of things?
It’s not like I’m in danger of falling in love with the appallingly gorgeous, charismatic gazillionaire who happens to be one of Boston’s most eligible bachelors.
No. I will remain immune to Hunter Fitzpatrick’s charm.
Even at the cost of losing everything I have.
Even at the cost of burning down his kingdom.

Miriã Mikaely

Sou viciada em livros de romance e adoro falar pelos cotovelos. Tenho um canal no YouTube em que eu compartilho meus surtos literários.

«

»

2 COMMENTS

  • Luiza Helena Vieira

    Mulher, tu vive elogiando essa autora e um dia eu tenho que ler algo dela. Bom saber que não precisa ler a outra série, porque ô coisinha que me brocha viu…
    Beijos
    https://www.balaiodebabados.com.br/

  • Michelle Lins de Lemos

    Amei o nome da mocinha!
    E amo amo amo enemies to lovers, especialmente quando o cara vira cadelinha da mocinha

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.