Não sou muito bom em fazer críticas sobre filmes, essa é minha primeira, mas resolvi tentar fazer a minha primeira experiência com esse ótimo filme chamado “Do Outro Lado da Porta”. Como todo filme de terror, este passa uns sustos (mas demora um pouco pra assustar também) quem está assistindo. O filme conta a história de uma família que perde o filho Olliver (no filme não conta de quê o garoto morre), e para a mãe do garoto conversar com ele, ela resolve participar de um ritual. Neste ritual, envolve se incorporar para conversar com o garoto. Quando o garoto morre, ele fica atrás de uma porta (que o próprio nome do filme já diz “Do Outro Lado da Porta”).
Com o passar do filme, a mãe tenta conversar com o filho. Uma vez que ela consegue conversar com ele, ela tenta ficar mais um pouco com ele, e ela diz em determinada parte “filho, sinto muito por abandoná-lo. Sinto tanta sua falta”, e no que ele diz “também sinto sua falta. E do papai e da Luce. Neste momento, ele diz que quer sair para abraçar a mãe, ao que ela diz “sinto muito, filho. Mas não poderei deixar você sair”. Nisso, ele diz “mamãe, tenho que ir agora.” E ela, desesperada, não consegue conter e abre a porta. Ele some e ela não o acha
Com o percorrer do filme, o filho deles possui a garotinha e começa a atormentar a família. Nas outras partes do filme, a garotinha está tocando piano e ele senta com ela e começa a tocar o piano. A menina chama a mãe e a mãe, assustada, tira a menina de perto do piano. Na outra parte do filme, a garotinha, ainda possuída, mata o cão e fala que ele estava fazendo bagunça. Quando o pai dela a pega, ele tenta conversar com ela e neste momento ela, ainda possuída, esfaqueia também o pai. Na imagem acima, vocês percebem que há um homem barbudo e desarrumado. Este homem é um canibal e faz ritual para conversar com os mortos. O filme passa quase todo na Índia. A mulher, contratada para cuidar de Luce, diz que a casa está amaldiçoada por Olliver e, para tirar a maldição, precisa queimar tudo que tenha a ver com o garoto.
Confesso que achei o filme ótimo. Teve muita coisa boa. A narrativa do filme é ótima, com a criança (Luce) muito bem cativante. Confesso também que o filme poderia se aprofundar mais em vodu. O final deixou muito a desejar. Não digo que o final foi ruim, pois não foi, mas digo que pra mim faltou mais coisa além de mais um pouco de susto. O filme é ótimo. Pra quem gosta de gênero de terror, recomendo muito vê-lo.
24 anos. Ama escrever e falar pelos cotovelos.
Posts criados 121

3 comentários em “Do Outro Lado da Porta

  1. Eu amo muito filmes de terror! To tão acostumada que o filme precisa ser muito bom pra eu gostar, já que eu gosto daqueles que me assustam hahaha Invocação do mal 2 é um dos meus preferidos nesse quesito, agora vou adicionar esse na lista pra assistir. Adorei a resenha <3

    Beijos,
    ahamare.blogspot.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Livros com músicos 5 motivos para ler Bone Crier’s Moon 5 autoras de romance de época para conhecer Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends