Continuação de O diário secreto de Lizzie Bennet, a adaptação moderna de Orgulho e preconceito Baseado na premiada série de web The Lizzie Bennet Diaries — uma adaptação moderna e transmídia de Orgulho e preconceito —, este livro é estrelado por Lydia, a espevitada irmã de Lizzie, conforme ela encara as alegrias e os tropeços no caminho de se tornar adulta na era digital. Antes de Lizzie começar seu popular vlog, Lydia era apenas uma garota normal tramando maneiras de matar aula e criar a identidade falsa perfeita para entrar nas baladas. Talvez ela não tivesse muito foco, mas amava sua família e se divertia para valer. Até que o vlog de Lizzie transformou as irmãs Bennet em sensações da internet, e Lydia adorou virar o centro das atenções, conforme as pessoas assistiam, debatiam, postavam no Twitter, no Tumblr e em blogs sobre a vida dela. Mas então Lydia aprendeu que nem toda atenção é positiva… Depois que seu ex-namorado, George Wickham, aproveitou a fama recém¬adquirida de Lydia, traiu sua confiança e destruiu sua reputação, ela não é mais uma garota ingênua e despreocupada. Agora, Lydia terá de batalhar para reconquistar a confiança e o respeito de sua família e encontrar seu lugar no mundo. Narrado na voz inconfundível e cativante de Lydia, este livro começa exatamente no ponto em que O diário secreto de Lizzie Bennet parou e oferece uma nova abordagem a Orgulho e preconceito. Apresentando reviravoltas originais, novos personagens incríveis e textos hilariantes, As épicas aventuras de Lydia Bennet leva o leitor para dentro da vida de nossas irmãs favoritas, de um jeito que certamente vai agradar quem já é fã da série — e de Jane Austen de modo geral — e encantar novos leitores.

Romance | 294 páginas | Editora Verus | Essa resenha pode contér spoiler
Depois do sucesso que O diário secreto de Lizzie Bennet teve em meu coração, eu resolvi ler o livro da Lydia, isso porque os acontecimentos que precedem seu livro nos deixa ansiosos para conhecer melhor a personagem. Devo dizer que Lydia, a irmã mais nova de Lizzie me irritou muito no primeiro livro, isso porque todas suas ações eram impensadas e irresponsáveis, mas nesse livro podemos conhecer melhor essa garota e seus problemas.
Lydia acabou namorando escondido de Lizzie o ex-namorado dela, George Wickham, quando ela foi a Las Vegas e acabou sendo abandonada por seus amigos. George veio cheio de promessas e Lydia acreditou nele quando ele dizia que a amava, mas isso só resultou em um coração partido depois que ela descobriu que o vídeo erótico que eles fizeram foi parar em um site, tudo isso pelas mãos de George. Darcy, namorado de sua irmã Lizzie, acabou comprando o site e por isso tirou o vídeo do ar, mesmo assim, todo mundo na pequena cidade onde Lydia nasceu sabia da sua história.
Foto por Leitora Encantada

Ela começou a fazer terapia para tentar lidar com a situação e descobriu-se apaixonada pela Psicologia. O plano agora era superar o passado, terminar a faculdade comunitária e embarcar na Universidade do Sul da Califórnia em San Francisco com Mary, sua prima.
O problema é que as duas matérias que Lydia está fazendo para conseguir seu diploma de tecnóloga não estão indo bem, e pior, ela acabou perdendo o prazo para o envio dos formulários de inscrição da faculdade que ela queria. E agora, como contar para sua família que mais uma vez Lydia os decepcionou?
Assim como o primeiro livro, o leitor é convidado a sentir uma empatia pela protagonista, justamente porque a fase que ela está passando não é fácil para ninguém. Em meio a esse turbilhão da vida pessoal, Lydia ainda precisa enfrentar as responsabilidades batendo a porta. “O que fazer depois que ganhar o diploma?” “Onde vou morar?” “O que estou fazendo com a minha vida?”. Eu particularmente entendi tudo aquilo que a protagonista estava passando, mas mesmo assim me irritei muito com ela, e esse foi o único motivo que me fez dar nota 3 ao livro invés de 4.
Foto por Leitora Encantada
Vi algumas resenhas onde os leitores disseram amar o livro porque sentiram justamente essa empatia com a Lydia, mas não foi o meu caso. Todas as decisões da garota ainda eram irresponsáveis, ela praticamente não aprendeu nada com a lição que teve. Ao invés de contar que ainda estava passando por problemas, Lydia resolve esconder e fazer disso uma bola de neve gigantesca. O fato é que a problemática da personagem não me convenceu, e somente no finalzinho do livro que pude começar a gostar dela, quando ela realmente conseguiu mostrar que tinha evoluído. 
O tema do livro em si não é sobre o vazamento do vídeo erótico por algum namorado, já que essa problemática é resolvida no primeiro livro, mas nas escolhas impulsivas que as pessoas acabam fazendo em suas vidas. E principalmente, aquelas decisões que podem levar você a errar grandemente e se culpar pelo erro. Lydia é uma personagem que errou, caiu outra vez no mesmo erro mas tenta se reerguer acima de tudo, e mesmo que eu não tenha curtido muito ela, achei que o fato dela tentar mais uma vez foi o grande ponto da história.
Foto por Leitora Encantada
O leitor também conhecerá melhor Mary, a prima emo-gótica da Lydia e outros personagens interessantes e que tem muito acrescentar a história, principalmente nesse novo recomeço que a protagonista merece. Não espere um casal aqui porque o foco do livro não está em nenhum romance e sim no amadurecimento da personagem.
Como disse acima, eu adorei o primeiro livro, e gostei muito desse. A Lydia é divertida e tem diálogos leves e soltos em sua narrativa, meu único problema foi com as atitudes que ela toma em boa parte do livro, acho que isso me desencantou de alguma forma. Mesmo assim indico para todos aqueles que gostariam de conhecer melhor Lydia, talvez vocês consigam sentir maior afinidade com a protagonista do que eu. 
Posts criados 1379

14 comentários em “As épicas aventuras de Lydia Bennet – Kate Rorick e Rachel Kiley | Resenha

  1. Oi, Monique. Acho que o tema do livro é bem legal, porque quantas pessoas a gente vê por aí que infelizmente vazam fotos de pessoas íntimas só porque sentem vontade ou necessidade de se vingar. Acho que a obra aborda isso, mesmo que de uma maneira mais superficial.

  2. Oi, Lu. Os autores resolveram criar essa história porque todo mundo achou que ela mereceria um novo livro com sua perspectiva. Eu até gostei do livro, mas a Lydia ainda tem Irresponsável gravado na testa, não dá pra mudar.

  3. Oiee Miriã! Nao conhecia esse nem o outro livro, mas achei interessante a temática. Quem sabe eu leia. Poxa, sinto por voce nao ter se identificado com a personagem. Tem algumas que sempre estao pisando na bola, parece que nao exergam que vai dar M. kkkk Enfim, pelo o que vc falou eu acho que também nao iria me identificar muito com ela n.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

O que esperar da 3ª temporada de Sex Education 5 motivos para você ler O Inverno entre Nós A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro