Um estranho irresistível – Lisa Keyplas | Resenha

Uma mulher que desafia seu tempo.Dr. Garret Gibson, a única médica mulher na Inglaterra, é tão ousada e independente quanto qualquer homem – por que não lidar com os próprios desejos como se fosse um? No entanto, ela nunca ficou tentada a se envolver com alguém, até agora. Ethan Ransom, um ex-detetive da Scotland Yard, é tão galante quanto secreto, e sua lealdade é um verdadeiro mistério. Em uma noite emocionante, eles cedem a uma poderosa atração mútua antes de se tornarem estranhos novamente.Um homem que quebra todas as regras.Ethan tem pouco interesse pela alta sociedade, mas é cativado pela preciosa e bela Garrett. Apesar da promessa de resistir um ao outro depois daquela noite sublime, ela logo será atraída para sua tarefa mais perigosa. Quando a missão dá errado, Garret usa toda a sua habilidade e coragem para se salvar. À medida que enfrentam a ameaça de uma traição do governo, Ethan fica disposto a assumir qualquer risco pelo amor da mulher mais extraordinária que já conheceu.

Romance de época | 304 páginas | Editora Arqueiro

Ethan Ransom é um investigador altamente disciplinado que faz importantes trabalhos não oficiais para a Polícia e a Coroa Britânica. Mas ultimamente seus pensamentos tem estado desgovernados desde que ele colocara os olhos em uma certa mulher. A Dra. Garret Gibson é a única mulher médica em toda a Inglaterra, feito que tem chocado muitas pessoas inclusive. Apesar dos comentários, a mulher não se abala e consegue provar o seu talento e todo seu esforço ao cuidar de casos difíceis e complicados.
Desde o primeiro encontro com o investigador, ele tem feito de tudo para evitá-la mas há algo de intrigante e excitante em Garret, que acaba por abaixar todas as suas barreiras. Quanto mais a conhece, mais se surpreende com sua garra, e isso também é compartilhado pela doutora, que quanto mais entende Ethan, mais quer tê-lo em sua vida.
Só que Ethan coleciona inimigos por onde vai e eles não hesitarão em usar essa conexão entre ele e a doutora para colocar as mãos no homem. Tudo o que Ethan menos quer é colocar Garret em perigo, por isso decide sair de sua vida. Mas o que ele deve fazer quando seu coração já está totalmente entregue?
Um estranho irresistível é o quarto livro da série Os Ravenels e vai contar a história de Garret e Ethan. Primeira observação: o nome da personagem é masculino, então muitas vezes eu me confundia e ficava achando que Garret era um homem. Segunda observação: pode parecer estranho que dois personagens que não tem nada a ver com os principais protagonistas da série tenham um livro só pra eles, afinal, nenhum deles é Ravenel, mas aí vocês vão descobrir que as coisas são mais embaixo.

Desde os outros livros estamos cientes de que Garret e Ethan se tornariam um casal. O encontro entre eles é sempre carregado de tensão e sarcasmo, principalmente porque Ethan é um homem provocador e Garret não se deixa abalar facilmente. Uma personagem médica é tão fora do convencional que consegue facilmente nos cativar. Afinal, a autora fez uma homenagem a Elizabeth Garret, a primeira médica britânica no século XIX, que com certeza passou pelas mesmas provações que nossa personagem, senão coisa pior.

O fato é que ninguém queria admitir que as mulheres sempre foram boas em todo tipo de profissão que aguçasse sua inteligência. De acordo com a sociedade da época, nós devíamos costurar, procriar e saber ordenar a própria casa e nada além disso. Ter outros tipos de ambições, e que dirá se elas não tiverem um casamento no futuro, era simplesmente impensável. Mas aí vem personagens incríveis e maravilhosas como a Dra. Garret Gibson que vem quebrar todo esse protocolo e vem mostrar que se nós quisermos, conseguiremos sim atingir um pontinho mais alto no que um dia foi nos estabelecido como dever. Não é a toa que eu me apaixonei por sua garra, a forma de responder as provocações e por sua história.
Ethan por outro lado também não é tão convencional assim. Primeiro que ele não é um cavalheiro, segundo que é praticamente um espião que usa de vários subterfúgios para conseguir o que precisa. Apesar da honra não ser o seu guia, ainda conseguimos ver um pouco da moral no personagem. Eu me encantei com ele, principalmente porque ele não é todo cri cri como vários personagens da alta sociedade. Na verdade ele é bem simples e até muito humilde.
O envolvimento do casal é incrível! Eu adorei eles juntos principalmente porque Garret, apesar de ainda inexperiente, não é de fazer firulas e é muito decidida. Se ela quer ficar com Ransom, ela vai fazer isso e ninguém vai impedi-la, foda-se a sociedade.
Eu só achei que o mistério e os momentos de tensão no final da obra deixaram um pouco a desejar. Eu queria ter entendido mais sobre a treta toda, e a autora focou muito nisso no início da obra e no final, deixou meio que jogado.
Fora isso, eu amei Um estranho irresistível. O casal tem personalidades bem diferentes dos demais personagens de romances de época que eu já li e por isso gostei tanto deles. É sempre bom trazer essas desconstruções dos lordes e as mocinhas da sociedade para as histórias. Em breve será lançado os outros livros da série e eu não me contento até terminar todos. 

POSTADO POR MIRIÃ MIKAELY



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 thoughts on “Um estranho irresistível – Lisa Keyplas | Resenha

  1. Olá, Miriã.
    Eu gostei muito desse livro A Garret é incrível, ainda mais por tudo o que ela representa. Ela é minha protagonista favorita da série. E de negativo achei que faltou um aprofundamento no passado do Ethan no quesito Ravenels hehe.

    Prefácio

  2. Oi, Sil!
    Eu amei demais esse livro por causa da maturidade dos personagens, ele são bem diferentes dos demais que conhecemos. Eu também achei que faltou aprofundamento, poderia ter sido melhor trabalhado né.

@blogcapitulotreze