Processed with VSCO with a4 preset

A indicação de hoje é para quem está procurando um romance dark dos bons! Eu li Sangue Real ano passado e fiquei completamente impactada com essa história, cheia de altos e baixos, muitas explosões, personagens duvidosos e cenas pra lá de quentes. Tem resenha aqui no blog e no canal e estarão linkadas aqui embaixo.

A história tem como palco de fundo o México, e iremos conhecer Santiago Salvatore, o líder de um dos maiores cartéis de drogas do país. Santiago é conhecido por ser implacável em sua busca de poder. Independente de quem ele precise comprar, ele sempre vence. Mas é claro que em meio a tanto dinheiro, surgiriam inimigos dispostos a destroná-lo.

No meio de tudo isso, conhecemos Manuela, que viu sua vida mudar após presenciar a morte do pai justamente pelas mãos do próprio Salvatore. Isso a marcou profundamente e apesar do medo de reencontrá-lo, é o ódio e o desejo de vingança que a movem. E é no aniversário de 40 anos de Santiago, que Manuela tentará pôr em prática o seu plano.

Manuela se infiltra na festa como uma prostituta, mais precisamente um “presente” para Santiago poder desfrutar. Acontece que o envolvimento deles é tão explosivo que Santiago resolve mantê-la como amante, acomodando-a em sua casa. Isso causa bastante atrito entre ele e sua família já que ninguém ali confia em Manuela, ainda mais quando Santiago passa a sofrer atentados e todos acreditam que pode ser algo orquestrado por sua amante.

São mais de 600 páginas de muito dedo no c* e gritaria. É aquela típica novela mexicana, cheia de drama e muita treta. Santiago e Manuela são explosivos, se amam e odeiam na mesma medida. A cada página eles fodem e brigam, e levam essa relação de cão e gato até o final da história. Se você acha que vai encontrar um romance doce, com Santiago mudando seu temperamento por causa do amor, sinto em te enganar porque aqui isso não acontece.

Acho que uma das coisas mais interessantes na história é ver sua crueldade atingir alguns limites que nós não acreditamos que atingiria. Torci boa parte da trama para que Santiago morresse porque ele era mal, escroto e tratava Manuela como lixo, mas uma parte de mim também torcia para que tivesse seu final feliz. Manuela também nos mostra que não é tão vítima como faz parecer no início. Acho que a gente já percebeu que nesse tipo de história nunca existe de fato um lado certo e errado. Ta aí um dilema que só quem lê romance dark vai entender.

As cenas quentes são incríveis e a história também é cheia de adrenalina. É como participar de um filme de tráfico estando do lado errado da trama. É maravilhoso o trabalho que a Jas fez aqui, e apesar de ser um livro com número excessivo de páginas, você não consegue parar de ler antes de terminar.

O livro está disponível no Kindle Unlimited.

24 anos. Ama escrever e falar pelos cotovelos.
Posts criados 108

2 comentários em “O melhor romance dark que eu já li

  1. Olá, Miriã.
    Eu já coloquei ele no meu KU. Ultimamente estou lendo uns bem fortes do gênero, mas é como você disse, a gente quer que o fulano morra e que a mocinha pare de ser burra, mas ao mesmo tempo quer que ele se apaixone e vire cachorrinho dela hehe.

    Prefácio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

O que esperar da 3ª temporada de Sex Education 5 motivos para você ler O Inverno entre Nós A moda presente nos romances de época Autores nacionais para conhecer Um clichê, um livro