Search here...
TOP
indicação de livros top 5

Livros que poderiam ter sido resolvidos com uma conversa

87 Views

Acho que não existe maior trope literária do que a famosa “falta de conversa”. Juro que muito dos problemas dos personagens poderiam ser resolvidos se eles sentassem a bunda e falassem sobre o que os estão incomodando. Então vamos de alguns livros que tem esse vibe:

Corrupt

O primeiro livro da série Devil’s Night acompanha a história de Erika e Michael. No passado, Michael deixou Rika se esgueirar pelo seu mundo, deixando-a conhecer mais sobre si e seus amigos. Mas na noite de Halloween, tudo mudou. Conhecida como a Noite do Diabo, os quatro amigos prosperam no caos e usam o Dia das Bruxas para cometerem “pequenos” atos ilícitos.

O problema é que após essa noite, os amigos de Michael foram presos. E todos acreditam que Rika foi a culpada pela situação. Agora três anos depois, Michael está disposto a tudo para se vingar da garota, até mesmo destruí-la.

Vicious

Desde que Emília se mudou com os pais para a casa de Baron, a vida dela virou um inferno. Acontece que Emília se esgueirou pela mansão em seu primeiro dia e acabou ouvindo por alto o filho do casal conversando com um homem. Apesar da conversa suspeita, Emília não conseguiu ouvir nada. Mas Baron acredita que ela o espionou e resolve tramar para que a vida dela seja a mais miserável possível, e isso inclui um plano que dura 10 anos.

Arsen

Bem e Cathy são casados há cinco anos mas enfrentam problemas para engravidar. Depois do terceiro aborto, a esposa fica tão fragilizada emocionalmente que se sente incapaz de segurar um filho. Mas a política de enfrentamento do marido é “pensar positivo” e assim magicamente as coisas irão se resolver. Não é o que ela acredita, e ao invés de contar que está frustrada com ele e a situação, ela prefere colocar seu casamento em risco e começar um caso com outro homem.

Um verão na Itália

Cesca Shakeaspare sempre teve o sonho de se tornar roteirista de peças de teatro. E tendo estudado anos para conseguir isso, ela enfim irá realizar seu sonho com sua primeira peça, escrita por ela. Mas no dia da estreia, ela descobre que o ator principal, Sam, simplesmente foi embora e desistiu de estrelar seu trabalho.

Anos depois, Cesca é uma roteirista falida, que pula de emprego, enquanto Sam é um ator famoso de Hollywood. E agora eles se reencontram na casa de verão da família de Sam, em que Cesca está trabalhando durante um tempo.

Sempre foi você

Richard e Hanna se conheceram quando tinham 17 anos e desde então, eles se apaixonaram mas viveram uma relação cheia de altos e baixos. Após a morte da mãe, Hanna entra em uma fase ruim e desaparece de vez da vida de Richard. Até que anos depois, ela ressurge com uma criança nos braços que afirma ser filha de Richard.

Qual outro livro que vocês acham que uma conversa evitaria todo o drama?

Miriã Mikaely

Sou viciada em livros de romance e adoro falar pelos cotovelos. Tenho um canal no YouTube em que eu compartilho meus surtos literários.

«

»

5 COMMENTS

  • Denise

    Oi, Mi! Tudo bom?
    Meu deus como eu ODEIO esse trope de ficção, que que custa as personagens só sentarem pra um café e uma conversa? Ah!
    Até tem uns livros que desenvolvem isso bem, levando em consideração trauma e psicológico dos protagonistas, mas a maioria só usa esse artifício pra enrolar a trama. Maior preguiça – Amor & Gelato foi um que me tirou as paciência por isso.

    Beijos, Nizz.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

  • Júlia

    Oie ! Muito legal o tema, e a sua lista de livros, achei muito interessante. Essa situação sempre ficou na minha cabeça também, e juro que eu fico torcendo, “vai conversa, é só conversar” hahaha

    http://www.blogresenhando.travel.blog

  • Silvana Crepaldi

    Olá, Mika.
    Eu sempre fico pensando nisso, porque não conversa e fala o que sente? As vezes ficam anos e anos afastados por falta de falar uma frase que mudaria tudo. Mas dai eu penso se fizessem isso a gente não teria história para ler hehe.

    Prefácio

  • Lily Viana

    Amigaaa,
    Simmm, tem momentos que dar vontade de entrar no livro e matar os personagens por causa disso…Dar um odio!a

  • Michelle Lins de Lemos

    Super concordo com Um Verão.
    E pelo que li, todos os outros também, uma simples e honesta conversa

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.