Ashtyn Parker já está acostumada a ser abandonada, e aprendeu a não se deixar envolver demais em nenhum relacionamento. Quando sua irmã mais velha volta para casa, depois de dez anos, com um enteado a tiracolo, ela não quer saber de nenhum dos dois. O que Ashtyn não esperava é que o tal garoto mal-encarado e sem nenhum limite seria também… Irresistível.
Depois de ser expulso do colégio interno em que estudava, Derek Fitzpatrick não teve outra escolha senão ir morar com a esposa de vinte e poucos anos de seu pai, que está viajando pela Marinha. Além de ter que aturar a madrasta, ele recebe a notícia de será obrigado a se mudar da Califórnia para sua cidade natal, Illinois. A vida não tinha mesmo como ficar pior..
Ashtyn se esconde atrás de uma fantasia da vida perfeita: boa aluna, a única menina – e capitã! – do time de futebol americano da escola e namorada do quarterback promissor. Tudo parecia um conto de fadas. Ainda assim, ela se sente deslocada, e tem um plano para deixar tudo pra trás e correr em busca da bolsa de estudos em alguma faculdade bem longe de sua vida atual.
Tudo o que Derek menos quer é participar de mais um drama familiar – já bastam os seus. Agora, ele se vê preso a uma casa estranha, com pessoas que não conhece e em uma cidade bem diferente do que está acostumado. O que ele não esperava era que aquela garota briguenta e fã de junk food seria capaz de mexer tanto com seus sentimentos. Ainda mais ele, tão acostumado a descartar meninas por aí.
Para azar – ou sorte!? – de Ashtyn e Derek, o destino ainda guarda mais uma reviravolta na manga. Mesmo com hábitos, ideias e sonhos completamente opostos, um desejo incontrolável surge entre os dois e, juntos, eles enfrentarão o desafio de vencer os preconceitos e os tabus da cidade em que vivem, além de seus próprios medos, para se entregarem completamente a uma paixão avassaladora.

Romance | 360 páginas | Editora Globo Livros

Amor em jogo é mais um dos livros que acabei lendo em poucas horas, e olha que para mim isto está sendo um feito e tanto. Já tinha visto esse livro muitas vezes por aí e mesmo sempre colocando ele na minha lista de leituras, nunca li, até que enfim resolvi fazer acontecer e li tudo em uma sentada só. Com muita graça e um enredo divertido e encantador, Simone Elkeles arrasou nesta história, se você quiser um livro simples e bom para passar o tempo.
Ashtyn Parker tem 17 anos e acaba de ser eleita a capitã do time de futebol americano de sua escola. Isto é um feito e tanto já que a garota é a única menina do time composto por vários homens, entre eles está Landon McKinght, seu namorado, Vic, Trev e Jet, seus melhores amigos. O que poderia ser um dia feliz não acaba terminando bem já que Ashtyn jurava que seria Landon que conseguiria o posto de capitão, e pela cara de emburrado dele, ele também pensava o mesmo.
Minha autoria

Tudo piora quando Ashtyn chega em casa e descobre que sua irmã mais velha, Bridi, aquela que deixou a família há tantos anos antes voltou a morar com ela e seu pai, trazendo Julian, seu sobrinho de cinco anos e Derek Fitzpatrick, enteado dela, um garoto da mesma idade de Ashtyn que é um completo colírio para os olhos. A atração e a antipatia entre eles é tão grande que os dois vivem soltando farpas, mas secretamente, ambos começam a gostar um do outro.

Derek acabou sendo expulso do colégio particular que estudava após ter pregado uma pegadinha com os veteranos. Com seu pai em missão na Marinha, o garoto não viu outra opção a não ser sair da Califórnia direto para Chicago, morar com a família de sua madrasta. Ele só não esperava se interessar pela irmã dela, que se veste como um garoto, mas que por debaixo de suas roupas, tem um corpo incrível. 
Minha autoria
Ashtyn sabe que não pode se apaixonar por Derek, porque tudo o que ela quer é um namorado que fique com ela em meio a tantos abandonos que ela sofreu no passado, e Derek é exatamente o oposto. Assim que der, ele não perderá a chance de ir embora, mas será que essa atração não será suficiente para fazer os dois pensarem melhor em suas decisões de se afastarem?
O que eu mais gostei nesse livro foi dos personagens, que são tão diferentes mas que tem uma paixão em comum, o futebol. Sendo a única mulher do time da escola, Ashtyn vê muito machismo e preconceito, mas ela tenta se mostrar a altura dos garotos, não querendo ser tratada diferente só por ser uma mulher. E vemos muito disso ao longo da narrativa já que ás vezes nem Ashtyn consegue suportar os comentários maldosos sobre ela e o fato de jogar futebol americano.
Derek já foi um pequeno astro do futebol, mas desde que sua mãe morreu, ele jurou nunca mais jogar, e por isso ele esconde de Ashtyn que joga tão bem, ao mesmo tempo que tenta não dar em cima dela. Enquanto Ashtyn é tão séria e leva a vida na mais perfeita ordem, Derek é o engraçado da turma, aquele que gosta de fazer pegadinhas e não levar ninguém a sério. Aos poucos ambos os personagens vão começar a evoluir e deixar suas reservas de lado, quando vão conhecendo melhor um ao outro. 
Minha autoria
E também temos como palco de fundo a família de Ashtyn e seus problemas. Alguns pontos na história poderiam ter sido melhor explorados, algumas questões apareceram mas não tiveram maior aprofundamento, o que foi frustrante para mim, mas o livro tem uma linguagem tão simples e divertida que eu não consegui não gostar, eu adorei!
Posts criados 1379

26 comentários em “Amor em jogo – Simone Elkeles | Resenha

  1. O fato dela jogar futebol foi o que mais me deixou interessada e esse parece ser um romance até fofo e jovem, o que é positivo. Achei bem legal você ter lido ele rapidamente, demonstra que a escrita da autora é envolvente e fluida. Curti a dica, já tinha ouvido falar mas não tinha dado chance e agora assim que surgir a oportunidade vou ler sim 😉

  2. Oi, Lili
    Esse livro é daqueles que dá pra descontrair facilmente, porque ele é simples, não tem uma grande temática por debaixo de suas páginas e por isso é fácil de ler. Eu particularmente achei muito legal toda a história e os personagens.

  3. Olá, Miriã.
    Você devorou o livro na verdade hehe. Já tinha visto alguns elogios a autora e o enredo é um que não me interessa tanto porque acho bem clichê. Mas ainda assim fiquei querendo ler porque tem livros assim que a gente pega e não consegue largar até terminar e esse me pareceu ser um deles.

    Prefácio

  4. Oi Miriã, tudo bom?
    Eu li… um dos livros dessa série? Acho. O de capa verde. Socorro, esqueci o nome UHUHASUHASUHASUHASUH gostei bastante da história. Era um romance bem simples e fofo, mas bem construído e com uns dramas legais. Se esse for naquele estilo, é uma boa pedida pra leitura relaxante.
    Adorei a resenha, suas fotos ficaram lindas!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br

  5. Ola,
    Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas pelo estilo parece ser uma leitura leve que dá mesmo para me imaginar devorando em algumas horas como você fez.
    Nunca li nenhum livro com a temática de esportes, acho que por que não sou lá uma pessoa muito atletica auhsuashuas
    Fiquei curioso com o livro, principalmente por ele tratar esse tema do machismo nesse meio.
    xoxo

    Planeta 94

  6. Helloo, Mika. Tudo numa Nice?!
    Eu li esse livro há um milênio já. Eu tinha conferido os outros livros da autora e adorado bastante. Então quando saiu esse eu estava morrendo para conferir. Eu gostei e também li rápido c9mo você, mas achei esse inferior e repetitivo em relação aos outros três que eu havia lido dela. Não sei se hoje leria outro livro da autora. Mas quando fiz a leitura gostei bastante apesar de algumas ressalvas. E o livro tem um certo toque de humor mesmo que gostei ahahha.
    Beijin…
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

  7. Oi, OZZY. Assim, o livro tem isso no enredo mas não é tão aprofundado assim, não é como se o foco tivesse inteiramente no futebol, mas é uma ótima leitura pra quem gosta de livros românticos e leves.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Livros com músicos 5 motivos para ler Bone Crier’s Moon 5 autoras de romance de época para conhecer Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends