Hoje em dia é muito difícil conseguir assistir um filme na Netflix que seja realmente bom e não uma total perda de tempo, mas tive a sorte de escolher O Plano Imperfeito e gostar muito dele, por isso vou indicar o filme, uma produção da Netflix, para quem gosta de uma boa comédia romântica.
Harper (Zoey Deutch) eCharlie (Glen Powell) trabalham pra dois grandes workaholic de Manhattan. Kristen (Lucy Liu) é a redatora chefe de um site sobre esportes e coloca toda a sua vida nas mãos da assistente, que controla sua agenda de maneira excepcional. Rick (Taye Diggs) é um grande investidor, muitas vezes agressivo quando as coisas não dão certo e quem sofre nas mãos dele é seu assistente Charlie, que faz tudo o que o cara manda por querer uma promoção.


O fato é que os chefes acabam com a vida desses dois. Charlie não tem tempo para a namorada Suze (Joan Smalls) e Harper mal tem tempo para conhecer alguém. Eles querem descanso e por obra do acaso, acabam se conhecendo e tramando juntar os chefes para que uma merecida paz reine sobre a vida de cada um. 

Em meio a tantas artimanhas para que Rick conheça Kristen, eles acabam descobrindo uma amizade fofa e divertida que logo se transforma em algo mais.
O filme é realmente muito divertido e conta com atores conhecidos no elenco, mas quem se destaca são Zoey e Glen que trazem personagens carismáticos e logo o espectador se sente empático com ambos. A vida dos dois é tão corrida e o sentimento de tentar ser enxergado por partes dos chefes é tão grande que toma grande parte do filme. Eles estão insatisfeitos com seus trabalhos, mas ao mesmo tempo admiram demais seus chefes que aceitam estar naquela situação para futuramente se tornarem como eles.
Harper é uma fofa (mas a dublagem dela é irritante, então tive que colocar legendado), divertida e me senti representada em algumas cenas. Ela trabalha com uma pessoa que a admira, mesmo que ela seja bem filha da puta com ela, fica claro o quando Kristen representa para a garota.
Charlie  é mais cético em relação a algumas coisas e está aguentando Rick todo esse tempo mais por motivos egoístas, afinal, ele está com 28 anos e há três anos trabalha para o cara. Se ele não conseguir a tal promoção, todo esse tempo terá sido em vão. Ele é carismático a sua maneira mas comparado a Harper, ele é bem mais racional do que ela, o que torna os dois juntos um casal diferente, mas apropriado.
O legal do filme foi mostrar o quanto o trabalho pode influenciar de maneira negativa na vida de uma pessoa, seja em sua própria vida ou na de terceiros. E isso também mostrou o quanto os assistentes são importantes, afinal, muitos CEOs de empresa não são ninguém se não tiverem alguém que organize a agenda, leve o café ou lembre de comprar flores para a esposa.
Plano imperfeito é um filme sem grandes pretensões. Ele agrada e é uma comédia romântica bem estruturada. Para quem estiver de bobeira e quiser assistir algo mais nesse estilo, o filme está disponível na Netflix.
Posts criados 1379

22 comentários em “Filme: O plano imperfeito

  1. Oi oi querida!!
    Eu adoro qualquer filme que tiver a Zoey, porque além de fã da autora eu sei que nunca vão desperdiçar o talento dela em qualquer filme. Eu já tinha visto o trailer desse filme no canal da Netflix (eles sempre informan as novidades). Não vejo a hora de ver esse filme, porque além de sua opinião eu já vi outros comentários positivos sobre o filme ♥

    Beijoss, Enjoy Books

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

Compre agora o novo Kindle Paperwhite! Músicas para quem ama o universo de League of Legends Spoiler: 3º ato de Arcane Músicas com representatividade LGBTQ+ Bully Romance: o que é + indicações