Um acordo pecaminoso – Lisa Keyplas | Resenha

Lady Pandora Ravenel é muito diferente das debutantes de sua idade. Enquanto a maioria delas não perde uma festa da temporada londrina e sonha encontrar um marido, Pandora prefere ficar em casa idealizando jogos de tabuleiro e planejando se tornar uma mulher independente.Mas certa noite, num baile deslumbrante, ela é flagrada numa situação muito comprometedora com um malicioso e lindo estranho.Gabriel, o lorde St. Vincent, passou anos conseguindo evitar o casamento, até ser conquistado por uma garota rebelde que não quer nada com ele. Só que ele acha Pandora irresistível e fará o que for preciso para possuí-la.Para alcançar seus objetivos, os dois fazem um acordo curioso, e entram em uma batalha de vontades divertida e sensual, como só Lisa Kleypas é capaz de criar.

Romance de época | 304 páginas | Editora Arqueiro
Lady Pandora Ravenel sempre foi uma garota diferente das outras. Vivendo reclusa sua vida toda com sua irmã gêmea Cassandra, ela sempre fora a mais travessa das duas, além de ser um espírito livre e bem humorada. 
Agora ambas estão em seu primeiro debut em Londres e para Pandora o pior que poderia acontecer seria arranjar um marido, principalmente porque a garota desenvolveu um jogo de tabuleiro e está pretendendo fabricá-lo. Ver se casada acabaria por passar toda a gestão de seu pequeno sonho para as mãos do marido, coisa que ela abominaria. 
Mas o inevitável acontece quando Pandora se mete em uma confusão em um baile e é socorrida por lorde Gabriel St. Vicent, que acaba tornando tudo pior quando ambos são surpreendidos por um dos anfitriões. Gabriel apesar de nunca ter imaginado que teria que se casar assim, acaba sendo um cavalheiro e pede a mão de Pandora que ela prontamente recusa. O homem fica chocado! Como uma moça consideraria recusar um dos melhores partidos para se casar de toda Londres?
Antes de tomar qualquer decisão, Gabriel convida Pandora e todos os Ravenels para passarem um tempo em Heron’s Point para se conhecerem melhor. Nesse meio tempo, as primeiras impressões que ambos tem um do outro acabam caindo por terra e dão lugar a uma irresistível sedução.
Um acordo pecaminoso é o terceiro volume da série Os Ravenels e consegue fazer a mesma mágica que os outros. Lisa continua entregando personagens encantadores e uma narrativa maravilhosa. Desde o primeiro instante eu gostei muito de Pandora pois sua personalidade era notável e irreverente, e eu adorei isso nela. Logicamente a garota é uma mulher bem a frente do seu tempo que não entende o porque das mulheres terem os direitos tão inferiorizados em comparação com os homens. Seus questionamentos são bem interessantes, o que deixam Gabriel chocado e ao mesmo tempo surpreso com toda sua vivacidade.
Gabriel é filho de Sebastian St. Vicent, protagonista de Pecados no inverno, outro série da Lisa. Não acho que precisamos ler a outra série para conhecê-lo nessa, mas é sempre bom ler tudo na ordem. Assim como o pai, Gabriel é um jovem encantador que consegue cativar todos à sua volta. Ele tem sobre os ombos todas as responsabilidades de um futuro ducado por isso a escolha de sua esposa deveria ser condizente com sua posição social. Mas ao contrário disso, ele encontra Pandora, uma garota totalmente indomável e divertida, e desde o primeiro instante ele já se sente arrebatado.
O romance é construído ao longos das páginas e fica impossível não torcer pelo casal, ainda mais quando ambos são tão diferentes mas se complementam tanto. Eu amei essa dupla e seus momentos juntos que foram tão divertidos e cheios de sensualidade.
A autora já entrega um pouco do que vai acontecer no próximo volume da série e eu já não vejo a hora de conhecer mais sobre a Dra. Garret Gibson, a primeira médica mulher de toda a Inglaterra. Lisa Keyplas tem uma narrativa sarcástica  e instigante e isso não se perde aqui. Amo todos os seus livros mas acredito que Os Ravenels é uma das melhores séries que ela criou e eu espero que venham muito mais!
POSTADO POR MIRIÃ MIKAELY
Posts criados 1379

18 comentários em “Um acordo pecaminoso – Lisa Keyplas | Resenha

  1. Oi, Denise
    O legal dessas autoras é são parecidas, mas com suas particularidades, o que dá pra gostar de cada uma mesmo com suas diferenças. Eu adoro a Lisa, pra mim ela é uma das melhores e espero que você goste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Procura algo? Digite aqui e clicle em enter para pesquisar. e ESC para sair

5 livros com CEO que não são babacas 8 livros para chorar 5 lugares para ler Prateleiras criativas O que é sick-lit?